As pessoas estão protestando contra os crimes de ódio direcionados a asiáticos nos Estados Unidos

Participantes dos protestos carregaram velas e cartazes em homenagens às vítimas dos tiroteios nos spas em Atlanta, que resultaram em oito mortes, incluindo seis mulheres asiáticas.

Pessoas se juntaram no final de semana nos Estados Unidos em protesto aos crimes de ódio contra asiático-americanos depois dos tiroteios em três spas na região de Atlanta.

Megan Varner / Getty Images

Os ataques de terça-feira resultaram em oito mortes, incluindo seis mulheres asiáticas. Os tiroteios aconteceram durante um aumento de crimes de ódio contra asiáticos no país, e trouxeram debates sobre a hipersexualização da mulher asiática; o suspeito alegou ter sido cliente de dois dos spas e falou à polícia que tem "vício em sexo".

Apesar de os crimes trazerem sentimentos como medo e raiva, as pessoas também responderam com ações. Protestos em várias cidades pediram por um fim ao racismo e clamaram por solidariedade às comunidades asiáticas e ilhéus. Vigílias honraram as vítimas, que foram lembradas pelo seu trabalho e compaixão, e o amor que tinham às suas famílias.

Publicidade

Várias manifestações e passeatas aconteceram durante o final de semana em diversas cidades dos Estados Unidos:

Atlanta

Megan Varner / Getty Images

Publicidade

Megan Varner / Getty Images

Megan Varner / Getty Images

"Não sou sua minoria modelo."

Publicidade

Ben Gray / AP

"Fim ao ódio anti-asiático."
"Ame meu povo como ama a nossa cultura."

Ben Gray / AP

"Um ataque às mulheres asiáticas é um ataque a todas as mulheres."
"Somos daqui."

Publicidade

Ben Gray / AP

Washington, DC

Alex Wong / Getty Images

"Fim ao ódio anti-asiático."

Publicidade

Alex Wong / Getty Images

"Fim ao racismo."

Alex Wong / Getty Images

Publicidade

Cidade de Nova York

Ed Jones / AFP / Getty Images

"Não sou seu fetiche."

Ed Jones / AFP / Getty Images

Publicidade

Michael Nagle/Xinhua via Getty Images

"Protejam as crianças asiáticas."
"Não sou sua minoria modelo."

Columbus, no estado de Ohio

Stephen Zenner / SOPA Images / LightRocket via Getty Images

Publicidade

Chicago

Nam Y. Huh / AP

"Todos nós contra. Cancele o racismo."

Nam Y. Huh / AP

"Eu faço cocô no racismo."

Publicidade

Alhambra, no estado da California

Damian Dovarganes / AP

"E se fosse a sua mãe?"

Damian Dovarganes / AP

"Região de Los Angeles junta contra o ódio."

Publicidade

Esse post foi traduzido do inglês.

Publicidade