8 livros infantis com protagonistas negros

Em um país onde o racismo é estrutural, precisamos quebrar essa estrutura já na infância.

Existe a necessidade de educar crianças a reconhecer as características de pessoas negras como belas e normais. Se você diz próximo ao seu filho ou filha que tal pessoa tem "cabelo duro", "cabelo de bombril", "cabelo de homem das cavernas" ou qualquer coisa do tipo, essa criança vai crescer associando o cabelo afro e outras características de pessoas negras a algo negativo. Além disso, ela vai reproduzir essa fala que afeta diretamente a autoestima de crianças negras.

Desde que minha filha é bebê eu leio para ela livros com personagens que são parecidos com ela. Essa é uma forma que encontrei de reforçar sua autoestima para que, quando ela chegasse na fase da escolinha, ela se visse como uma criança bonita. Mas também seria de grande ajuda se professores e pais de crianças brancas começassem a apresentar leituras mais diversas para seus alunos e filhos, mostrando que não existe só o branco e que também há beleza nos negros, amarelos, indígenas...

Publicidade

Para começar a quebrar essa estrutura racista, fizemos esta lista com 8 livros infantis que apresentam protagonistas negros. Que tal incluir todos na biblioteca da sua casa?

1. "Betina" - por Nilma Lino Gomes e ilustrações de Denise Nascimento.

Reprodução

Esta é uma história que retrata os valores do cuidado e do afeto por meio de penteados de cabelos. Betina era penteada pela avó, e quando cresceu quis espalhar esse afeto para o mundo. Disponível aqui.

Publicidade

2. "Meu Avô Africano" - por Carmen Lucia Campos

Reprodução

Esta obra faz parte da coleção "Imigrantes do Brasil" e conta a história de Vitor, um garoto de nove anos que aprende com seu avô Zinho a história da chegada dos povos pretos ao Brasil. Disponível aqui.

3. "Baby, a Maravilha Mirim" - por Régis Rocha e Daniela Aguiar

Reprodução

Baby é uma super-heroína, mas nem por isso ela deixa de ter alguns medos. Ao fazer uma nova amizade, ela conhece alguns símbolos antigos chamados adinkras, que trazem sabedorias antigas para ajudá-la a vencer seus obstáculos. Disponível aqui.

Publicidade

4. "Amoras" - por Emicida e ilustrações de Aldo Fabrini

Reprodução

Com rima e delicadeza, o rapper Emicida traz a beleza da cor negra em versos. Disponível aqui.

5. "Sulwe" - por Lupita Nyong'o

Reprodução

Para a criança de pele retinta existe um desafio maior em se sentir bonita e aceita. Nesta obra escrita por Lupita Nyong'o você conhece a história de Sulwe, uma pequena garota que tem a pele da cor da meia-noite. Disponível aqui.

Publicidade

6. "Lukenya e seu Poder Poderoso" - por Odara Dèlé e ilustrações de Amanda Daphne

Reprodução

Existe um orgulho em falar a língua de antepassados italianos e ingleses, mas o povo negro que foi sequestrado de suas terras pouco sabe sobre suas próprias línguas e dialetos. Nesta obra, Odara Dèlés traz um conto em português e em kimbundu, uma língua africana originada em Angola. A história fala sobre Lukenya e as descobertas que ela faz sobre seus cabelos poderosos. Disponível aqui.

7. "O Cabelo de Lelê" - por Valéria Belém e ilustrações de Adriana Mendonça

Reprodução

Como toda menina negra, Lelê tenta controlar os cachinhos de seu cabelo afro e decide buscar ajuda em um livro. Com ele, a pequena acaba aprendendo muito sobre a África, sobre seus cabelos e sobre sua beleza. Disponível aqui.

Publicidade

8. "Princesa Violeta" - por Veralinda Menezes e ilustrações de Rogério M. Cardoso

Reprodução

Crescemos com contos de fadas dos irmãos Grimm e da Disney, e crianças negras nunca se viram representadas nessas obras de forma positiva. Neste livro, escrito por Veralinda Menezes, a autora nos presenteia com um conto de fadas em que crianças negras são os personagens principais.

Se você conhece mais algum livro infantil com protagonistas negros, conta pra gente nos comentários!

Publicidade