Prestes a estrear em novelas, Gaby Amarantos lança novo disco e fala sobre Amazônia: 'Tenho que lutar por esse lugar'

Primeiro álbum da cantora em nove anos e destaca o poder cultural do Norte.

BuzzShe

Uma semana imersa rio adentro, comendo peixe assado, tomando cachaça de jambu e se divertindo no rio. Foi assim que Gaby Amarantos criou seu novo álbum, "Purakê", ao lado de Jaloo, produtor, e Lucas Estrela.

Gaby Amarantos
Gaby Amarantos

Divulgação

Segundo a artista, o ambiente trouxe refresco para a sonoridade, principalmente em relação a água, que é o elemento que rege o disco. A Amazônia, ou melhor, o umidificador do mundo, como gosta de frisar, trouxe toda a inspiração para essa obra, a primeira desde "Treme" (2012) .

Para compensar esse hiato de álbuns, ela apostou em parcerias incríveis.

Gaby Amarantos e Leona Vingativa
Gaby Amarantos e Leona Vingativa

Reprodução/Instagram

Alcione, Elza Soares e Dona Odete estão na potente "Última Lágrima", que abre o projeto. Na energética "Sangrando", Potyguara Bardo foi escolhida por sua energia e talento vocal. Ícone da internet, Leona Vingativa deu voz no tecnobrega "Arreda". S

obre o processo de escolha, Gaby fez um cara-crachá de personalidades. "Essa música tem a ver com quem? Quem realmente personifica? Por isso está tão lindo", conta a cantora ao Buzzfeed Brasil.

O processo criativo com esses artistas permitiu criação de novos timbres, como em "Opará", dueto com Luedji Luna. "A gente ficou pensando o que é isso? Que estilo é esse? A gente queria propor novas sonoridades, traduzir toda essa grande mistura que não é sobre a Gaby, mas sobra a região norte como um todo, como essa região é rica e diversa", explicou.  

Publicidade

Com tantos anos sem entregar um álbum, Gaby escolheu a dedo a equipe que faria parte de sua equipe para maior enriquecimento da obra. Majoritariamente composta de artistas do norte, ela montou um elenco avant-garde para traduzir todo o conceito.

Divulgação/ Rodolfo Magalhães

Para as composições Arthur Espíndola, Renato Rosas, Lucas Estrela e Jaloo trazem suas inspirações. Labo Young empresa seu talento de artista visual e stylist e Fabrício Neves compôs o figurino da capa e do clipe "Vênus em Escorpião", que conta com participações de Ney Matogrosso e Urias.

O lado bem humorado do disco está na canção "Rolha", um trocadilho com o famoso bordão meio LGBTQIA+ "eu quero é rola", que fala sobre ser livre e curtir a vida sem julgamentos.

"Eu sou uma colecionadora, acho que todas [as rolhas da música] estão ali presentes. Não dá pra escolher só uma, a gente tem que ter várias diferentes, tem que provar todas. Eu amo vinho, sou apaixonada por vinho. Gosto muito de colecionar", brinca Gaby, ao falar sobre sua rolha preferida.

Publicidade

Sobre a Amazônia ser a inspiração da obra, Gaby conta que é imprescindível que se fale sobre ela e o descaso que ocorre com a região. "É um processo de tanta coisa acontecendo, ninguém consegue parar para lembrar do que se passa na Amazônia".

Divulgação

Citando “A luta pela Mãe Terra é a mãe de todas as lutas”, frase que Sonia Guajajara discursou na ONU, Gaby abre portas para a conexão com o local e convida para conhecer esse mundo. "O 'Purakê' é uma oportunidade das pessoas se conectarem com uma Amazônia que elas não fazem ideia que existe. É tão futurista, tem uma identidade de pensar numa Amazônia daqui 50 anos. Você só vai lutar por um lugar quando entender: 'nossa, esse lugar além de importante, é lindo. eu tenho que lutar por esse lugar'. A gente quer trazer um pouco dessa beleza, dessa potência, para essas pessoas entenderem da importância de defender essa floresta. E é o que desejo, para que as pessoas abram os olhos e que se faça entender que a Amazônia precisa ficar em pé".

Essa inquietude não se limita somente à música. Gaby atualmente é jurada do "The Voice Kids", uma das integrantes do "Saia Justa" e em breve dará o ar na teledramaturgia, fazendo sua estreia como atriz em uma novela da Globo. 

Publicidade

Sobre o reality global, a cantora afirma se colocar muito no lugar de mãe, incentivando as crianças e fortalecendo seus talentos.

Divulgação / TV Globo

"Essas crianças chegam e mostram quem são, isso me fortalece muito como artista. Eu falo 'é isso aí, eu vou continuar fazendo a minha música diferente e a gente precisa muito de gente autêntica e verdadeira, isso é super importante.'"

Sem dar muitos detalhes, ela falou sobre sua próxima jornada. Ela dará expediente nas tramas globais, mais especificamente na próxima novela das seis, “Além da Ilusão”, de Alessandra Poggi, com direção de Luiz Henrique Rios, que marca também a estreia de Larissa Manoela na Globo.

Divulgação / Rodolfo Magalhães

Na história, ela interpretará uma faxineira que mora numa vila operária e sonha se tornar cantora de rádio.

Relembrando seu passado como atriz em Belém (PA), ela promete trazer sua personalidade ao papel. "Agora chegou a hora, estou levando muito a sério, estudando muito e quero trazer muito meu jeito colorido de ser para esse novo projeto", diz Gaby.

É artista completa que chama, né?

Publicidade

Purakê já está disponível em todas as plataformas digitais.

Veja também