17 personagens negros icônicos que marcaram nossa infância

Onde nós estaríamos sem ícones como Penny, Will e Kel?

1. Will, de "Um Maluco no Pedaço".

NBC

Provavelmente haveria menos risadas se Will Smith não tivesse abençoado nossas telas nos anos 90. Will nos ensinou os melhores passos de dança, as maneiras perfeitas de conquistar alguém e como dar as melhores tiradas da forma mais engraçada possível.

2. Hilary, de "Um Maluco no Pedaço".

NBC

Alguns podem considerar Hilary a mais superficial dos irmãos Banks, mas ela também era a mais inspiradora. Além de ser um ícone da moda, ela provou que mesmo as pessoas que desistem da faculdade podem realizar seus sonhos e metas. Inspiradora!

Publicidade

3. Penny, de "A Família Radical".

Disney Channel

Como alguém pode não amar Penny — ela era fofa, espalhafatosa e orgulhosa! Todos nós poderíamos nos identificar com Penny — desde os encontros constrangedores na adolescência até a sobrevivência à vergonha causada pelos pais. Ela era realista e divertida.

4. Dijonay, de "A Família Radical".

Disney Channel

Dijonay realmente foi uma heroína subestimada. Ela pode não ter sido a mais adorável, mas era confiante, ambiciosa e sempre tinha as melhores respostas. E, além de ser a personagem mais destemida, ela nos ensinou a importância de assumir riscos na moda — dá uma olhada nesse rabo de cavalo.

Publicidade

5. Michael, de "Eu, a Patroa e as Crianças".

ABC

Michael era um pai muito rigoroso, mas ele equilibrava isso com suas piadas características e respostas espirituosas. Ele sempre tinha as impressões mais precisas e seu famoso "ah... não" é uma das frases mais repetidas de todos os tempos.

6. Gerald, de "Ei Arnold!"

Nickelodeon

Olha esse black power — dá para ser mais icônico?! Além de ser muito legal, Gerald também era o mais leal dos amigos de Arnold, e suas histórias lendárias nos deixavam espertos.

Publicidade

7. Alex, de "Três Espiãs Demais".

TF1

Alex era uma espiã muito durona que, sem dúvida, era a mais adorável do trio. Certo, ela era tipo a Karen Smith do grupo, mas o fato de ela ser avoada tornava ainda mais fácil se identificar com ela. Além disso, seu macacão é a prova de que o amarelo foi feito para garotas negras.

8. Chris, de "Todo Mundo Odeia o Chris".

UPN

Não houve nenhum episódio de "Todo Mundo Odeia o Chris" que não desse para a gente se identificar. Desde os irmãos irritantes, até as regras malucas e as tarefas sem fim — éramos todos Chris.

Publicidade

9. Julius, de "Todo Mundo Odeia o Chris".

UPN

Julius nos ensinou tudo o que precisávamos saber sobre economizar, gastar e economizar mais um pouco. Alguns poderiam chamá-lo de pão-duro, mas Julius era o exemplo perfeito de pai ponderado e dedicado. Se você estiver com um orçamento apertado, lembre do Julius para te ajudar a sobreviver.

10. Número 5, de "KND: A Turma do Bairro".

Cartoon Network

Abby, codinome Número 5, era completa. Ela era, sem dúvida, a criança mais inteligente e a mais estilosa. Sua lealdade, raciocínio rápido e inteligência fizeram dela a Líder Suprema mais merecedora e icônica.

Publicidade

11. Denise, de "The Cosby Show".

NBC

Denise é outra fashionista, e ela era basicamente a Zoey Johnson de sua época. Além de usar visuais impecáveis um atrás do outro, Denise nos ensinou que devemos ser espíritos livres que seguem seus sonhos. Realmente icônica.

12. Tempestade, de "X-Men".

Fox Kids

Tempestade é, inegavelmente, a mais icônica de todos os X-Men. Mesmo sendo uma deusa extremamente poderosa, ela sempre mantinha a calma — que outro mutante é tão pé no chão?

Publicidade

13. Raven, de "As Visões da Raven".

Disney Channel

Raven realmente era completa — tinha o humor espirituoso, tinha o que parecia ser um orçamento de moda ilimitado E a capacidade de ver o futuro. Ela era a adolescente que todos queríamos ser.

14. Susie, de "Rugrats: Os Anjinhos".

Nickelodeon

Susie era um dos poucos "Anjinhos" que usava seu bom senso e tinha a paciência de uma santa. Nunca entenderemos por que ela era amiga da Angélica, mas ela aturou todas as suas bobagens como uma rainha.

Publicidade

15. Jodie, de "Daria".

MTV

Jodie era a voz da razão em "Daria". Ela era brutalmente sincera e dizia tudo o que estávamos pensando. Ela comentava sobre a sociedade de um jeito divertido e inteligente, o que nunca é fácil.

16. Kenan, de "Kenan e Kel: Dois Caras Muito Doidos".

Nickelodeon

Ele pode ter sido a metade menos amada da dupla icônica, mas ninguém pode negar que Kenan aturava muita coisa. Ele passava a maior parte do tempo limpando a bagunça de Kel e, embora não tivesse um bordão famoso, ele realmente era um herói na resolução dos problemas.

Publicidade

17. Kel de "Kenan e Kel: Dois Caras Muito Doidos".

Paramount Pictures

Kel provavelmente seria uma pessoa muito frustrante de se ter como amigo, mas tudo o que ele fazia na comédia era genial. Seus contratempos ridículos e bordões cafonas tiveram um impacto duradouro — toda vez que você bebe refrigerante de laranja provavelmente pensa no Kel. Icônico.

Este post foi traduzido do inglês.

Publicidade

Veja mais

6 lugares pra você conhecer melhor a história dos negros em São Paulo.

Escrito por Milo Araujo • há 2 anos

A cena de "Amor de Mãe" mostrou como é difícil viver com a pressão de ser forte o tempo todo

Escrito por Priscila Mendes • há 2 anos

10 reis e rainhas coroados pelo BuzzFeed Vozes

Escrito por Guilherme Lucio da Rocha • há 2 anos

10 mulheres negras brasileiras que você deveria conhecer

Escrito por Carinne Sandes • há 2 anos

Veja também