Por que a melhor jogadora do mundo vai para as Olimpíadas sem patrocínio?

Enquanto a desigualdade de gênero persistir, Marta não irá ceder.

BuzzShe

Estamos a poucos dias das Olimpíadas e é triste pensar que Marta, a maior artilheira da história das Copas do Mundo (entre homens e mulheres), irá jogar sem patrocínio.

Quality Sport Images/Getty Images

Mas como isso é possível? Não estamos falando de qualquer atleta. Marta foi eleita seis vezes a melhor jogadora do mundo pela Fifa. Só Leonel Messi conseguiu o mesmo feito.

Publicidade

A atacante está sem nenhum patrocinador desde julho de 2018. No ano seguinte, durante a Copa do Mundo, ela foi para a disputa com uma chuteira preta sem logomarcas. No lugar, havia o símbolo da "Go Equal", uma causa pela equidade de gênero. O recado estava dado.

Isso não quer dizer que possíveis patrocinadores não tenham entrado em contato com ela. Pelo contrário. Marta recusou todas as propostas que foram feitas pois nenhuma empresa esportiva esteve disposta a pagar o valor que ela acredita ser condizente com sua carreira e legado.

Quality Sport Images/Getty Images

Publicidade

"Não é só pelo dinheiro em si. É toda uma história. Mas, muitas vezes, os contratantes da patrocinadora não enxergam por esse lado. É um conjunto de coisas para a minha decisão. E posso ver que, por outro lado, isso ajudou outras atletas", disse em entrevista ao Globo Esporte recentemente.

Publicidade

E, em campo, ela segue fazendo seu protesto. "Estou usando a mesma chuteira. Com o mesmo símbolo, o 'Go equal'. E continua sendo uma opção minha", disse na mesma entrevista ao Globo Esporte.

A força de Marta é admirável. Ao mesmo tempo, é triste e desanimador que atletas mulheres ainda sofram um tratamento diferente. Onde estão as marcas que se posicionam e que gostam de surfar todas as ondas da diversidade e da igualdade? Esse posicionamento precisa existir o tempo todo. Não só em datas comemorativas.

Publicidade

Veja também