Cole Sprouse disse que as alegações de agressão sexual contra ele e colegas de elenco de "Riverdale" são falsas

"Essa parece ser a última alegação de uma série de incidentes na tentativa sem fundamentos de cancelar a mim e a meus colegas de elenco."

Joshua Blanchard / Getty Images

Cole Sprouse

O ator Cole Sprouse negou as alegações de que ele abusou sexualmente de uma mulher em uma festa em 2013 depois que acusações semelhantes foram feitas contra três de seus colegas de "Riverdale" no último domingo (21/06).

Em um comunicado publicado no Twitter, Sprouse, que já estrelou a série do Disney Channel "Zack & Cody: Gêmeos em Ação" com seu irmão gêmeo, disse que todas as alegações eram falsas — e prejudiciais para as vítimas de agressão sexual.

"Acusações falsas são extremamente prejudiciais para as vítimas reais de agressões. Além disso, eu jamais tentaria silenciar ninguém. Encorajo as pessoas a analisarem as acusações em si, pois os eventos detalhados são mentirosos", disse o ator.

Ele acrescentou que as acusações anônimas parecem uma tentativa de "cancelar" a ele e aos outros astros da famosa série.

"Essa parece ser a última alegação de uma série de incidentes na tentativa sem fundamentos de cancelar a mim e a meus colegas de elenco", afirmou.

No início do dia, uma nova conta criada no Twitter com a alcunha @Victori66680029 acusou Sprouse, por meio de uma série de tweets, de "acariciar" seus seios em uma festa.

Publicidade

Fãs do ator de "Riverdale" logo saíram em sua defesa, dizendo que as alegações eram falsas e apontando similaridades com outras contas acusando seus colegas Vanessa Morgan, Lili Reinhart e KJ Apa de agressão e assédio sexual.

Morgan retuitou os comentários de Sprouse, e Reinhart, em sua própria thread no Twitter, disse que os atores estavam pensando em tomar medidas legais.

"Eu sempre levei acusações de agressão sexual a sério", disse Reinhart. "Mas ficou comprovado que essa conta foi criada especificamente para inventar histórias falsas sobre mim e meu colegas. Não consigo pensar em algo mais doentio do que mentir a respeito de agressão sexual."

Publicidade

Kevin Winter / Getty Images

KJ Apa, Lili Reinhart e Cole Sprouse falam na Comic-Con, em San Diego, em 21 de julho de 2019

Ela acrescentou que esperava que o incidente não desencorajasse sobreviventes reais de se pronunciarem sobre suas experiências.

"Estamos pensando em tomar medidas legais. Esse tipo de comportamento doentio só prejudica os verdadeiros sobreviventes", ela disse. "Isso foi assustador e um enorme gatilho para mim, porque eu sempre apoiei e acreditei nos sobreviventes."

Algumas pessoas também se mostraram céticas a respeito das acusações, uma vez que todas foram feitas por volta do mesmo horário contra quatro membros do elenco de uma única série.

As pessoas também salientaram que as contas do Twitter por trás das alegações têm alcunhas que seguem o mesmo formato: o nome de uma mulher seguido por vários números.

Mais tarde, a conta que fez as acusações contra Reinhart publicou um tweet dizendo: "Estão vendo como é fácil mentir e vocês acreditarem? Vanessa Morgan e KJ Apa não fizeram nada. Vocês acreditam em qualquer coisa", de acordo com as capturas de tela do tweet.

Os fãs também criticaram os tweets, dizendo que fazer piada e falsas acusações com agressão sexual prejudica as vítimas de tais agressões e dificulta a manifestação delas.

Publicidade

Os tweets foram publicados dois dias depois de uma mulher chamada Gabby alegar em um post viral do Twitter que o ator Ansel Elgort a agrediu sexualmente em 2014 quando ela tinha 17 anos. Elgort disse que eles tiveram uma relação consensual e negou as acusações.

Este post foi traduzido do inglês.

Publicidade

Leia mais

Porque assédio NÃO é só o que acontece depois do “não”

Escrito por Flora Paul • há 4 anos

Vítima de assédio na ginástica artística, Petrix agora é acusado de assédio no BBB

Escrito por Tatiana Farah • há 2 anos

Quem as celebridades contratam quando são acusadas de assédio sexual

Escrito por Michael Blackmon • há 3 anos


Publicidade

Veja também