67 coisas que você talvez não saiba sobre Freddie Mercury

Ele era carente, inseguro, com uma forte personalidade, fã de ópera, mitologia e astrologia.

Publicado por Davi Rocha e Isadora Manzaro

Há 3 anos

1. Seus pais eram persas e se chamavam Bomi e Jer Bulsara.

2. Antes da fama ele trabalhou com bagagens no aeroporto de Londres.

3. Ele era assumidamente bissexual.

4. O cantor tinha casas nos EUA, na Alemanha e na Inglaterra.

5. Na casa dele em Londres ele vivia com nove gatos. Os nomes deles eram: Tom, Jerry, Oscar, Tiffany, Dalila, Golias, Miko, Romeo e Lily.

Steve Wood / Getty Images

Freddie Mercury cortando o bigode em 1982.

Publicidade

6. O nome da certidão de nascimento de Freddie Mercury era Farrokh Bulsara. Ele mudou legalmente para Freddie Mercury em 1970.

7. O nome foi um apelido que ele ganhou no colégio.

8. Ele tinha 1,77m, 11 centímetros mais baixo que o colega de banda Brian May. Ele era o integrante mais baixo do Queen.

9. Freddie nasceu dia 5 de setembro de 1946 na cidade de Pedra, em Zanzibar, país da África (que mudou de nome e atualmente se chama para Tanzânia). Ele viveu entre lá e a Índia até se mudar para a Inglaterra.

10. Ele era pianista, compositor e cantor.

Hulton Archive / Getty Images

Freddie ao lado de Elton John e Peter Straker no dia 31 de outubro de 1977.

Publicidade

11. O músico favorito dele era o John Lennon, a cantora favorita a Aretha Franklin e a banda era a "The Jacksons".

12. O tipo de comida favorita dele era a indiana.

13. Ele gostava de usar o shampoo Johnson e Johnson baby.

14. Seu filme preferido era "Quanto Mais Quente Melhor", as atrizes favoritas eram Marilyn Monroe e Liza Minnelli e o ator era Timothy Dalton

15. De acordo com o livro "Freddie Mercury: A biografia definitiva" ele era carente, inseguro, com uma forte personalidade, fã de ópera, mitologia e astrologia.

Keystone / Getty Images

O Queen em foto tirada no dia 8 de setembro de 1976. Da esquerda para a direita: John Deacon, Freddie Mercury, Roger Taylor e Brian May.

Publicidade

16. O primeiro disco do Queen foi lançado em uma sexta-feira 13, em julho de 1973.

17. Nove das dez letras do disco foram escritas pelo vocalista Freddie Mercury e pelo guitarrista Brian May. As músicas eram de rock progressivo, metal e algumas falavam sobre a história de Jesus e folclore.

18. Os clássicos "We Will Rock You" e "We Are The Champions" foram lançados no mesmo disco, o "News of the World", lançado em 1977.

19. A banda só lançou a música "Another One Bites The Dust" como um single depois que o cantor Michael Jackson sugeriu.

Publicidade

20. Todos os membros originais da banda concluíram o ensino superior. Freddie era design gráfico, Brian May é PhD em astrofísica, John Deacon é engenheiro elétrico e Roger Taylor é biólogo.

21. Como era formado em design gráfico, ele criou o logo da banda Queen baseado nos signos dos integrantes.

22. John e Roger eram de leão, por isso os dois leões; Brian May era de câncer e as duas fadas representam o signo de virgem, de Freddie. O "Q" e a cora representam o nome da banda e a fênix simboliza proteção.

23. O Queen lançou 15 discos. Segue o nome de todos eles para você lembrar e/ou procurar por aí: Queen (1973), Queen II (1974), Sheer Heart Attack (1974), A Night at the Opera (1975), A Day at the Races (1976), News of the World (1977), Jazz (1978), The Game (1980), Flash Gordon (1980), Hot Space (1982), The Works (1984), A Kind of Magic (1986), The Miracle (1989), Innuendo (1991) e Made in Heaven (1995).

24. Entre as músicas mais conhecidas do Queen estão as canções "Somebody to Love", "Crazy Little Thing Called Love", "Under Pressure", "I Want to Break Free", "Don't Stop Me Now", "Bohemian Rapshody", entre outras.

Fox Photos / Getty Images

Freddie Mercury durante um show na Inglaterra no dia 5 de junho de 1982.

Publicidade

25. Várias canções refletem experiências pessoais de Freddie. "Body Language", lançada em 1982 é sobre a experiência gay dele na cidade de Nova York.

26. Em "My Malancholy Blues" ele fala sobre seus momentos de solidão e tristeza.

27. A música "Love of My Life" foi feita por Freddie em homenagem à sua namorada Mary Austin. Eles se mantiveram próximos mesmo após o fim de seu relacionamento.

28. Já "We Are The Champions" era para retratar o sucesso da própria banda Queen.

Publicidade

29. A música "Bohemian Rhapsody" foi lançada no dia 31 de outubro de 1975.

30. De acordo com um amigo próximo de Freddie, o cantor demorou mais de dez anos para finalizar a música.

31. O clipe da música é considerado um dos primeiros da história. A ideia não era fazer um clipe como conhecemos hoje, eles fizeram um vídeo para ser exibido no programa "Top of the Pops", exibido na BBC naquela época.

32. O vídeo foi gravado em 4 horas, sem ensaio e custou três mil e quinhentas libras.

Publicidade

33. Ela foi escrita pelo próprio Freddie Mercury em vários pedaços de papeis que ele usava para fazer anotações.

34. A banda demorou mais de três semanas e 180 sessões de gravação para que ela ficasse como eles queriam.

35. A música foi parar no rádio por acaso. De acordo com Brian May o DJ britânico Kenny Everett roubou a fita da sessão de gravação da banda e tocou sem avisar ninguém.

36. Além de "Bohemian Rhapsody", outros clipes do Queen foram icônicos e tocaram sem parar na programação de TVs da MTV nos anos 1980 e 1990. Um dos mais conhecidos é "I Want To Break Free", em que Freddie Mercury aparece como uma dona de casa.

Publicidade

37. A banda fez duas turnês no Brasil com sua formação original: em 1981 no estádio do Morumbi, em São Paulo, e em 1985 na primeira edição do festival Rock in Rio.

38. Em 1981 eles também queriam tocar no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, mas o governador do estado proibiu a banda de fazer a apresentação.

39. De acordo com os organizadores da turnê de 1981 tudo foi um grande caos e policiais brasileiros queriam propina para fazer absolutamente tudo.

40. Mas a turnê, que também passou pela Argentina, deu lucro de mais de três milhões de dólares.

Publicidade

41. Já os dois shows no Rock in Rio de 1985 foi inesquecível para muita gente. A começar que foi o show principal do primeiro grande festival de música realizado no Brasil.

42. Quem viu o show ficou muito emocionado e quem estava nos bastidores do evento ficou um pouco desesperado quando Freddie Mercury deu um belo de um chilique.

43. Uma das exigências do cantor foi que todos os corredores por onde ele iria passar estivessem sempre vazios.

44. Elba Ramalho, Erasmos Carlos e Ney Matogrosso, atrações daquela edição do festival queriam conhecê-lo pessoalmente, mas ele não quis atendê-los.

45. De acordo com os produtores do evento, quando ele passou pelo corredor a caminho do palco, os brasileiros começaram a gritar "bicha! bicha! bicha!". Ele queria saber o que eles estavam falando e tiveram de mentir para ele que estavam o elogiando.

46. Ele também teve um caso com um motorista da banda e o casal foi ao restaurante italiano La Mole.

Publicidade

47. O filme "Bohemian Rhapsody" conta a história da banda de sua criação até o show que eles fizeram no festival Live Aid.

48. Ele é interpretado pelo ator Rami Malek, que ficou famoso após participar da série "Mr. Robot".

49. O ator levou embora do set de filmagens a dentadura que ele usou nas gravações. Ele resolveu banhá-la a ouro antes de guardar em casa.

50. Originalmente o papel seria de Sacha Baron Cohen, mas ele brigou com os integrantes da banda vivos e foi substituído.

Colin Davey / Getty Images

Freddie Mercury numa aula de balé em Londres no dia 3 de outubro de 1979.

Publicidade

51. A última vez que Freddie apareceu em público foi no Brit Awards em fevereiro de 1990. Ele ganhou um prêmio especial pelo conjunto da obra.

52. Toda a banda subiu com ele no palco para receber o prêmio. Brian May agradeceu a toda a indústria da música pelo reconhecimento do trabalho do Queen e Freddie disse apenas duas coisinhas: "obrigado"e "boa noite".

53. O agente de Freedie anunciou publicamente que ele tinha AIDS um dia antes de morrer.

54. Freddie descobriu a doença em 1987, mas queria que as pessoas ouvissem sua música sem saber que ele tinha a doença.

Publicidade

55. Em outubro de 1989 os médicos que o tratavam disseram a todas as pessoas próximas que ele talvez não chegasse ao Natal, mas ele ainda ficou vivo por quase dois anos.

56. Nos últimos dias de vida se alimentava por meio de um catéter em sua casa para não precisar ir ao hospital.

57. Ele morreu no ano seguinte, no dia 22 de novembro de 1991, de uma pneumonia em decorrência de complicações da AIDS.

58. O guitarrista Brian May contou que ele chegou a perder um pé antes de morrer.

59. Ele foi cremado e suas cinzas estão em um lugar nunca revelado publicamente, embora fãs desconfiem que elas estão em um cemitério em Londres.

Steve Wood / Getty Images

Freddie Mercury fazendo sua barba no dia 12 de abril de 1984.

Publicidade

60. Pesquisadores da Áustria, República Tcheca e Suécia descobriram através de um estudo que o cantor tinha uma voz especial e suas cordas vocais se moviam mais rápido que a de um homem comum.

61. Ele já foi personagem do game Angry Birds por um dia.

62. A empresa aérea norueguesa Norwegian fez um avião estilizado com o rosto dele.

63. No Google a busca por Freddie Mercury mostra 69.700.000 de resultados.

Publicidade

64. Em 1996 foi inaugurada uma estátua em homenagem a ele na cidade de Montreaux, na Suíça.

65. Um asteroide recebeu o nome Freddiemercury no ano que seria comemorado os 70 anos de aniversário do cantor.

66. Em 2015 a música "Don't Stop Me Now" foi escolhida como a melhor música para se ouvir quando quer se sentir bem.

67. Um vídeo no YouTube foi editado com essa música em uma versão de dez horas. Você pode ouvi-lo abaixo.

Publicidade

Veja também:

36 coisas que você talvez não saiba sobre a Glória Maria

28 coisas que você talvez não saiba sobre "Choque de Cultura"

23 coisas que você provavelmente não sabia sobre o filme "A Lagoa Azul”

Veja também