14 casos de discriminação racial e sexismo que mulheres já sofreram no trabalho

"Eles perguntam até mesmo se a empresa me contratou para atender aos requisitos de diversidade."

Perguntamos às mulheres não brancas do BuzzFeed Community como elas lidam com a discriminação racial e o sexismo no trabalho.

Estudos sugerem que a discriminação racial e o sexismo afetam a saúde mental e física e que eles estão associados à hipertensão, ansiedade e depressão. E, embora as mulheres não brancas possam sofrer discriminação ou sexismo separadamente, não é raro que as duas coisas ocorram ao mesmo tempo.

Então, com o intuito de mostrar o quantos esses comportamentos estão disseminados em diferentes ambientes de trabalho, aqui estão algumas histórias, assim como as estratégias que algumas mulheres usam para lidar com isso.

1. "Meu gerente usou o termo 'puta atrás de dinheiro' ao tentar me convencer a ficar no cargo."

Uberimages / Getty Images

Sou uma mulher criativa, de mentalidade progressista, em uma área relacionada à ciência e dominada pelos homens. Uma vez, me ofereceram outro cargo, mas dentro da mesma empresa, e meu gerente usou o termo 'puta atrás de dinheiro' ao tentar me convencer a ficar no cargo em que eu estava — ele estava me oferecendo mais dinheiro, que ele sabia que eu precisava desesperadamente. Mesmo assim, aceitei o outro cargo por menos dinheiro e, pouco menos de um ano depois, me ofereceram outro cargo na mesma empresa, com um salário bem maior do que o anterior.

— Anônima

Publicidade

2. "Minha equipe pareceu surpresa ao saber que eu existia, e as pessoas não esconderam o espanto."

Todas as minhas experiências com discriminação e sexismo são diferentes; cada conversa acrescenta uma nova camada. Sou psicóloga escolar e já morei nos EUA inteiro, mas constantemente me deparo com a ignorância em Utah, onde acho que ser uma mulher não branca com graduação e experiência profissional é exótico. Minha equipe pareceu surpresa ao saber que eu existia ao me encontrar pela primeira vez, e as pessoas não esconderam o espanto. Sempre desconfiam de mim, até eu começar a citar a lei e todos os lugares em que trabalhei. Tento não pensar nisso o tempo todo, mas algumas pessoas ficam muito abaladas com minha presença e por eu me sentir confortável sendo quem sou.

— Casey D., Facebook

3. "Uma vez, entreguei um café para um homem branco, e ele olhou para o logotipo e disse: 'Hum, parece com você', em voz baixa."

Sou meio branca e meio polinésia (samoana e havaiana) e trabalho na Starbucks. Uma vez, entreguei um café para um homem branco, e ele olhou para o logotipo e disse: "Hum, parece com você", em voz baixa. Eu ri de medo e constrangimento. Ele pegou o copo da minha mão de maneira agressiva, derramando café em mim e disse: "Não é um elogio". Depois ele foi embora.

emmamhorses

Publicidade

4. "Algumas colegas de trabalho e eu estávamos animadas para ver 'Pantera Negra', e minha supervisora ficou MUITO incomodada."

Marvel / Via giphy.com

Desde minha supervisora presumindo que sou preguiçosa até ela me chamando pelo nome de outra mulher negra, lido com microagressões todos os dias. Apenas mantenho a cabeça erguida e tento superar essas bobagens. Algumas colegas de trabalho e eu estávamos animadas para ver "Pantera Negra", e minha supervisora ficou MUITO incomodada porque achava que estávamos discutindo o movimento. Vou rir por último quando eu sair daqui para um lugar melhor.

c424302046

5. "O cara me ignorou e fez perguntas sobre o MEU projeto para os meus funcionários o tempo todo."

Uma vez, fui a uma conferência com meus dois funcionários homens. Lá, eles me apresentaram a outro homem de outra organização para que eu pudesse falar sobre algumas iniciativas que estava conduzindo. O cara me ignorou e fez perguntas sobre o MEU projeto para os meus funcionários o tempo todo. Quando eu falava alguma coisa, ele ignorava.

v45be1af10

Publicidade

6. "Atualmente, estou ganhando cerca de US$ 13.000 por ano a menos do que um colega de trabalho homem no mesmo cargo."

Atualmente, estou ganhando cerca de US$ 13.000 por ano a menos do que um colega de trabalho homem no mesmo cargo, com as mesmas credenciais e a mesma experiência que eu. Tratamos isso coletivamente, mostrando ao nosso empregador que estamos cientes da situação e não a toleramos. Fomos ao nosso sindicato com as informações e eles vão tentar negociar a igualdade salarial a partir de março. Se eles não conseguirem mudar nada, continuaremos mostrando uma frente unificada tomando o caminho legal.

— Anônima

7. "Eles perguntam até mesmo se a empresa me contratou para atender aos requisitos de diversidade."

Novos colegas de trabalho e clientes automaticamente presumem que sou uma estagiária ou uma assistente em meio período, em vez de um funcionária assalariada com pós-graduação. Quer eu esteja no escritório ou na estrada, surgem perguntas do tipo: "Então, você é um estagiária?" ou "Quando você termina a escola?". Eles perguntam até mesmo se a empresa me contratou para atender aos requisitos de diversidade. Fiquei tão cansada de responder a essas suposições ignorantes que comecei a responder com simpatia: "O que faz você pensar isso?" Nesse momento, geralmente as pessoas começam a se atrapalhar — acho que isso faz elas perceberem seu preconceito.

lyndzee

Publicidade

8. "Minhas amigas e eu temos um grupo secreto de mensagens para extravasar nossa raiva."

Bravo / Via giphy.com

É o único lugar em que podemos ser REALMENTE sinceras.

j4db768e6e


"Eu só... Estou tão cansada. Estou muito cansada."

9. "A autossegregação e cuidar uns dos outros era uma questão de sobrevivência mental."

Eu trabalhava em uma diocese católica. Havia tão poucos negros lá que, nos sete andares, havia menos de 40 de nós. Nos mantínhamos próximos uns dos outros; visitando as mesas uns dos outros, sentando juntos durante o trabalho. A autossegregação e cuidar uns dos outros diariamente era uma questão de sobrevivência mental. Houve momentos em que tive que sair da minha mesa chorando de raiva por causa de coisas que colegas de trabalho brancos haviam falado. Felizmente, não estou mais lá. Recomendo que mulheres negras tentem procurar empregos em ambientes onde vejam outras mulheres parecidas com elas.

— Lauron Thomas, Facebook

Publicidade

10. "Um dos empregados veio me dizer que eles tinham câmeras na loja."

Trabalhei em uma rede há alguns anos, e parte do nosso treinamento era visitar outras lojas para ver quão prontamente os clientes eram atendidos. Fui em uma loja e andei por cerca de oito minutos antes de um dos empregados vir me dizer que eles tinham câmeras na loja.

— Anônima

11. "Ele ficou extremamente ofendido e disse: 'Como você acha que me sinto sabendo que a garota mais atraente deste bar não gosta de homens?'"

Minha namorada havia acabado de começar um novo emprego. Ela é bartender, e um cara esquisito e mais velho não parava de dar em cima dela. Quando ela finalmente disse a ele que era lésbica e que tinha namorada, ele ficou extremamente ofendido e disse: "Como você acha que me sinto sabendo que a garota mais atraente deste bar não gosta de homens?"

— Kristen Ciambella, Facebook

Publicidade

12. "Depois de me dizer como seu trabalho era muito mais difícil do que o meu, ele comentou sobre meu cabelo."

Fox Searchlight Pictures / Via giphy.com

Após usar meu cabelo de forma natural pela primeira vez no meu emprego novo, um dos meus colegas de trabalho entrou no meu escritório e, depois de me dizer como seu trabalho era muito mais difícil do que o meu, comentou sobre meu cabelo. "O que você está fazendo, cultivando dreadlocks ou algo do tipo?", perguntou.

"Me desculpe, o quê?", respondi.

"Você está cultivando dreadlocks? Decidiu não lavar o cabelo? Está um pouco despenteado ou bagunçado, não acha?"

Durante toda a conversa, eu tinha sido ignorada, mas, neste momento, virei minha cabeça rapidamente. "Não sei por que você acha que é apropriado fazer um comentário tão descaradamente racista para a única pessoa negra que trabalha nesta empresa", disse a ele. "Então acho que você deveria se desculpar por um comentário tão racista e insensível."

Ele se desculpou, constrangido, e nunca mais voltou ao meu escritório desde então.

— Nina G. Salvaggio, Facebook


"O que você acabou de dizer para mim?"

13. "Minha altura faz todos os homens pensarem que não consigo fazer as coisas sozinha."

Sou garçonete. Minha altura (1,60m) faz todos os homens pensarem que não consigo fazer as coisas sozinha. Como se fosse um absurdo eu conseguir levantar uma bandeja com tantos pratos. Então, quando estou tentando pegar alguma coisa ou levantando muitos pratos com uma mão sobre minha cabeça, eu rio. Das pessoas que acreditam que as mulheres não conseguem fazer o que os homens fazem com facilidade. Das pessoas que me dizem "cuidado para não quebrar a unha." Das pessoas que claramente não fazem ideia de que sou uma mulher forte e independente e que dou conta do recado.

haileyh458b3014d

Publicidade

14. "Sempre que um homem fica bravo com algo que fiz, pergunto se ele está de TPM e ofereço um pouco de chocolate."

Oxygen / Via media.giphy.com

Sempre que um homem fica bravo com algo que fiz, principalmente se fez algum comentário sexista, pergunto se ele está de TPM e ofereço um pouco de chocolate.

d409bcb2f8

As respostas foram editadas por questões de espaço e/ou clareza.

Publicidade

Veja também:

Publicidade

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil no seu celular? Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.

Este post foi traduzido do inglês.

Publicidade

Veja também