Se você estava vivo em 2011, presenciou o ano mais gay na história da música

Ai Gabi... Só quem viveu sabe.

Muitas pessoas não sabem, mas 2011 foi na verdade um dos maiores anos da história da música pop.

Whatever gay made this

Primeiro de tudo, Rihanna lançou 472 músicas em 2011.

Na verdade, foram, tipo, 7 ou 8, mas mesmo assim. Aqui estamos em 2020 implorando pela Rihanna, quando ela estava por toda parte em 2011.

Publicidade

Teve "You Da One".

Versão normal de "S&M".

Publicidade

Versão de "S&M" com a Britney (com uma voz mega resfriada).

Lendária e JAMAIS esquecida: "Man Down".

Publicidade

Esta música que pegou uma amostra de músicas da Avril, "Cheers (Drink To That)".

O hino, "California King Bed".

Publicidade

E simplesmente, tipo, uma das melhores músicas de todos os tempos (!!!!), "We Found Love".

Também o seu melhor videoclipe.

Rihanna também participou de "All Of The Lights", de Kanye.

Fergie também geme na música, o que não é lá tão relevante.

Publicidade

Britney Spears lançou 4 músicas em 2011, incluindo o criminalmente subestimado e metaforicamente RICO, "Hold It Against Me"...

...a próxima música em sua lista de sucesso, "Till The World Ends"...

Publicidade

..."Criminal", inspirada claramente inspirada na Era Medieval...

...e sua última #1 nas rádios, "I Wanna Go".

Publicidade

Este pequeno remix/dueto também aconteceu em 2011.

Katy Perry estava no meio de sua era mais relevante, "Teenage Dream", em 2011. Ela lançou a tal música com o saxofone, "Last Friday Night"...

Publicidade

..." The One That Got Away"...

...e "E.T." foi, tipo, a maior música do ano.

Publicidade

A música que literalmente todo gay vai dizer que é uma das "melhores músicas de todos os tempos", "Teenage Dream", ainda estava sendo tocada em 2011, mesmo sendo lançada em 2010.

A artista de "pop alternativo", Avril Lavigne, lançou duas músicas em 2011, incluindo o subestimado hit "What The Hell?".

Publicidade

Apenas os gays com o gosto mais refinado (e alguns héteros) conhecem a outra música dela lançada naquele ano, "Wish You Were Here".

A melhor música de Nicki Minaj foi lançada em 2011, "Super Bass".

Publicidade

Assim como "Fly", com a Rihanna.

Adele teve, possivelmente, seu maior sucesso em 2011: "Rolling In The Deep".

Ela foi lançada em 2010, mas foi uma das 5 melhores músicas de 2011.

Publicidade

A música mais deprimente dos anos 2010, "Someone Like You", também foi lançada em 2011.

Robyn, sim, a santa padroeira da homossexualidade, lançou "Call Your Girlfriend" em 2011.

Publicidade

Lady Gaga lançou 5 músicas em 2011, incluindo o hino "Born This Way"...

...a oportunidade perdida de um videoclipe "Edge Of Glory"...

O comercial do Google deveria ter sido o videoclipe.

Publicidade

...sua mais icônica balada de piano (além de "Gypsy") "You & I"...

...o hit da traição de Jesus "Judas"...

Publicidade

...e aquele vídeo onde ela é coberta por cereal, "Marry The Night".

Honestamente, justiça seja feita para "Marry The Night".

Fergie teve um pequeno momento com o Black Eyed Peas em "Just Can't Get Enough".

Publicidade

Jennifer Lopez nos ensinou geografia em "On The Floor".

A rainha Pink lançou esta música que é basicamente "Don't Let Me Get Me", "Fuckin' Perfect".

Publicidade

Taylor Swift estava começando a se envolver com o pop, mas em 2011 ela estava em sua era "Speak Now", lançando a bonitinha "Mean".

"Back To December" também foi um grande sucesso nesse ano.

E a carreira de Ellie Goulding começou em 2011 com "Lights".

"Halcyon" é um dos melhores álbuns dos anos 2010!!

Publicidade

Selena Gomez ainda estava com a pouco expressiva banda "The Scene", e lançou sem dúvida sua melhor música, "Love You Like A Love Song".

Ela também lançou o hino da autoajuda "Who Says?".

Beyoncé lançou 5 músicas em 2011, incluindo "Love On Top"...

Publicidade

... "Who Run The World? (Girls)"...

...e também "Best I Ever Had", "Party" e "Countdown".

Ela gravou "Countdown" gravidíssima e ninguém reparou!

Publicidade

Já que estamos falando de Beyoncé, deve-se observar que Keri Hilson também lançou "Pretty Girl Rock" em 2011.

Kesha também estava lançando músicas em 2011.

Publicidade

"We R Who We R" (foi lançada em 2010, mas ficou popular em 2011) e também "Blow".

A rainha Jessie J. lançou "Domino" e "Price Tag" em 2011.

Publicidade

Demi teve seu hit de sucesso "Skyscraper".

Alexandra Stan lançou aquela música "Mr. Saxobeat".

Eu não sei, mas sinto que ela era uma ode aos gays. Ela falava comigo, sabe?

Publicidade

Teve até mesmo Shakira em 2011. Sua música "Rabiosa" foi lançada nesse ano.

Os gays do Tumblr entre 15 e 20 anos encontraram sua musa salvadora Lana Del Rey em 2011. "Video Games" e "Born To Die" foram lançadas nesse ano.

Publicidade

Kelly Clarkson lançou seu álbum "Stronger" em 2011. A música principal era "Mr. Know It All".

O sexo anal foi trazido para o primeiro plano das discussões quando Kelly Clarkson incluiu o hino "Dark Side" em seu álbum.

"Will you stay

Even if it hurts

Even if I try to push you out."

[Você vai ficar

Mesmo que doa

Mesmo que eu tente te tirar de mim]

Publicidade

E por último, mas sem dúvida o mais importante, uma lenda canadense chamada Carly Rae lançou "Call Me Maybe" em 2011.

Interscope Records

Concluindo, basicamente todas as grandes divas do pop lançaram músicas em 2011, e nenhum outro ano nesta década chegou nem perto.

Publicidade

E aqui está a playlist para você curtir:

E assim, pessoal dos comentários, eu entendo que vocês não são esse tipo de gay... mas alguns de nós orgulhosamente somos. Deixe-me desfrutar da minha música pop em paz, e vocês podem ir ouvir os Beatles ou essas coisas.

Publicidade

Este post foi traduzido do inglês.

Leia mais

15 provas de que 2010 foi há 1 milhão de anos

Escrito por Luisa Oguime • há 2 anos

Chegou a hora de decidir qual é o melhor GIF da Gretchen da década

Escrito por Luiz Guilherme Moura • há 2 anos

Esses são dez dos melhores produtos da década

Escrito por Gaia Passarelli • há 2 anos

Os 13 maiores barracos de "A Fazenda" que rolaram nesta década

Escrito por Matheus Saad • há 2 anos

Publicidade

Veja também