Gente, a Netflix lançou uma comédia romântica que é boa de verdade

"O Plano Imperfeito" é um filme bom BOM, não "ruinzinho, mas legal".

Chrissy Teigen e eu temos exatamente uma (1) coisa em comum: nós sentimos falta de boas comédias românticas.

"onde estão todas as comédias românticas? estão faltando comédias românticas e, portanto, faltando felicidade em minha vida."

Eu cresci na era de ouro das comédias românticas: um período em que Julia Roberts, Sandra Bullock, Drew Barrymore e Reese Witherspoon batiam recordes de bilheteria.

ABC

"Eu amo comédias românticas! Amo!"

Publicidade

E então... não teve mais nada.

Quer dizer... Teve até alguns filmes que foram, sei lá, legais (e alguns até muito bons!), mas, com a queda nas bilheterias, o gênero foi declarado morto.

Columbia

Publicidade

Então, nos últimos tempos, apareceram séries de TV tentando suprir a demanda de comédias românticas, e algumas até fizeram algumas coisas interessantes.

Netflix

"Mas eu meio que, hum... me apaixonei por alguém, mas ela vai casar."

(Nota: se você ainda não assistiu a "Lovesick" na Netflix, VÁ ASSISTIR AGORA MESMO. É incrível.)

Pode me chamar de velha, mas eu adoro um filminho (ou 10) sobre duas pessoas bonitas que se apaixonam e têm um final feliz garantido – com um beijo de ficar nas nuvens – entregue para mim em um pacotinho de 90 minutos de duração.

Touchstone

"Eu quero o conto de fadas."

Publicidade

Motivo pelo qual eu fiquei bem feliz (bem feliz mesmo) quando a Netflix começou a produzir comédias românticas. Eu ando assistindo a TODAS. "A Barraca do Beijo". "Quando nos conhecemos". E até mesmo "Ibiza: tudo pelo DJ". Ah, e também "O Príncipe do Natal", umas 18 vezes.

Netflix

Elas variam de "tão ruim que chega até a ser bom", até "OK".

Eu me decepcionei, de fato, mas não perdi a esperança.

Eu estou contando com o fato de que a existência e a popularidade dessas produções podem levar à mais (e melhores) comédias românticas.

E talvez eu esteja delirando por estar vendo QUALQUER comédia romântica que aparece na minha frente, mas devo dizer que o dia tão esperado chegou. Eles conseguiram. "O Plano Imperfeito", que estreou na Netflix é, muito, mas muito bom.

Netflix

Publicidade

Aqui está um resumo: Harper (Zoey Deutch) e Charlie (Glen Powell) são dois assistentes sobrecarregados que tentam armar um encontro para os seus chefes (interpretados por Lucy Liu e Taye Diggs), na esperança de que isso faça com que os dois não peguem tanto no pé deles no trabalho.

Netflix

Naturalmente, os dois passam um tempo juntos e descobrem que, embora o primeiro encontro não tenha sido dos melhores, eles até que se dão muito bem.

O filme dá certo, em boa parte, porque os protagonistas são muito bons. Deutch é cativante e engraçada, enquanto Powell é encantador e muito atraente (e, como quem não quer nada, joga AQUELE olhar™). Mas, mais importante do que tudo isso, os dois têm muita química na tela.

Netflix

Publicidade

E há muitos momentos fofos. MUITOS.

Netflix

Eu me peguei sorrindo em 95% do filme, o que é um grande feito em 2018, vamos combinar.

Graças à maneira com que Harper e Charlie planejam um romance entre os chefes e também às referências sobre as comédias românticas que tanto conhecemos e amamos.

Netflix

A forma com a qual o filme se inclina em direção a eles e, às vezes, os subverte, é incrível. (Sem revelar nada, a reviravolta no momento clichê de corrida até o aeroporto é uma das minhas partes favoritas.)

Publicidade

Os coadjuvantes também são fantásticos. Lucy Liu e Taye Diggs parecem se divertir muito ao interpretar chefes tiranos.

Netflix

(Embora valha a pena mencionar que o comportamento do personagem de Diggs, em particular, chega a ser um pouco abusivo às vezes.)

Enquanto isso, Pete Davidson e Meredith Hagner são ótimos como os melhores amigos/colegas de quarto de Charlie e Harper, respectivamente.

Netflix,

Hagner brilha, mesmo com um papel pequeno. Sinceramente, ela deveria protagonizar pelo menos umas cinco comédias românticas, de tão charmosa que é.

Publicidade

Tem até uma pequena, porém memorável, participação de Tituss Burgess como "Creepy Tim", o cara da manutenção que ajuda Charlie e Harper a armarem para os chefes.

Netflix

No geral, o filme segue um bom ritmo, é divertido e é uma ótima opção para aquela sexta à noite em casa.

Netflix

E eu gostaria que a Netflix fizesse mais uns dez desse, obrigada, de nada.

Publicidade

Veja também:

Publicidade

Publicidade

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil no seu celular? Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.

Publicidade

A tradução deste post (original em inglês) foi editada por Luísa Pessoa.