16 atores e atrizes que interpretaram personagens LGBTQIA+ antes de assumirem publicamente

"Interpretar uma personagem que se aceitava tão bem foi uma inspiração pra mim."

Há 6 dias

1. Mae Whitman

Mae Whitman
Mae Whitman
Amity from The Owl House
Amity from The Owl House

Amy Sussman / Getty Images for Los Angeles Confidential Magazine, Disney

Mae Whitman, que dubla Amity, personagem lésbica de "A Casa Coruja", se assumiu pansexual em agosto. "Gostaria de dizer que estou MUITO orgulhosa de fazer parte de uma série como 'A Casa Coruja', mesmo que com um papel pequeno", publicou a atriz no Twitter. "Por eu ser uma pessoa pansexual, queria ter tido personagens incríveis como Amity e Luz na minha infância. Representação LGBTQIA+ é muito muito muito importante. :,) Continue assim, mundo!".

2. Adamo Ruggiero

Adamo Ruggiero in 2011
Adamo Ruggiero in 2011
Marco comes out on Degrassi
Marco comes out on Degrassi

Arthur Mola / Getty Images, CTV

Adamo Ruggiero, que é gay, interpretou Marco Del Rossi em "Degrassi: A Próxima Geração", o primeiro protagonista homossexual da franquia. "Eu também me assumi através do Marco, então, nós crescemos juntos e nos descobrimos juntos", afirmou o ator em uma entrevista em 2021. "Foi incrível a série conseguir abrir esse tipo de conversa naquela época, e muitas vezes vejo o personagem dando início a esse tipo de discussão".

Publicidade

3. Kaylee Bryant

Kaylee Bryant interpreta Josie Saltzman, uma personagem pansexual em "Legados", e se assumiu queer em 2021 através de um post do Instagram. "Senti muita pressão quando consegui o papel, pois ainda estava descobrindo quem eu era e qual era a minha marca. Interpretar Josie, uma personagem que se aceitava tão bem, foi uma inspiração para mim e acho que é para muitas pessoas que assistem à série", explicou em uma entrevista para o BuzzFeed. "Pessoas me dizem que a Josie as fez se sentirem mais confortáveis com quem são. É incrível termos a mesma experiência e como a representatividade pode nos ajudar".

4. Humberly González

Humberly González as Sophie in Ginny & Georgia
Humberly González as Sophie in Ginny & Georgia

Netflix

Humberly González já interpretou personagens LGBTQIA+ em "Utopia Falls", "Ginny e Georgia" e "O Legado de Júpiter". Ela falou sobre sua identidade no podcast "Girl on Girl", em 2021, e publicou no Twitter: "Esse é um grande momento para mim. É a primeira vez que estou falando abertamente sobre ser LGBT. Foi uma longa jornada até me tornar quem sou hoje".

Publicidade

5. Sara Ramirez

Ramirez in 2019
Ramirez in 2019
Callie on Grey's Anatomy
Callie on Grey's Anatomy

Nicholas Hunt / Getty Images, ABC / Courtesy Everett Collection

Sara Ramirez, muito conhecida por interpretar Callie Torres, personagem bissexual de "Grey's Anatomy", se afirmou bissexual publicamente em 2016, durante um seminário sobre a juventude LGBT sem teto. Em 2020, anunciou que se identifica como não-binária e usa os pronomes "ela"/"elu". Mais tarde, interpretou a personagem bissexual e não-binária Kat Sandoval em "Madam Secretary".

6. Jake Borelli

Levi kisses Nico on Grey's Anatomy
Levi kisses Nico on Grey's Anatomy

Richard Cartwright / ABC via Getty Images

Jake Borelli, que interpreta Levi Schmitt em "Grey's Anatomy", se assumiu gay antes do seu personagem na série. O ator falou sobre a sua sexualidade e a importância da representatividade em um post do Instagram em 2018: "Por eu ser um cara gay, o episódio de hoje foi especial para mim. É exatamente esse tipo de história que eu precisava quando era mais novo e é incrível poder dar vida ao Dr. Levi Schmitt enquanto ele começa a desbravar a própria sexualidade nessa temporada de 'Grey's Anatomy'. A vulnerabilidade e a coragem dele me inspiram todos os dias, e eu espero que faça o mesmo para vocês".

Publicidade

7. Keiynan Lonsdale

Keiynan Lonsdale
Keiynan Lonsdale
Bram in Love Simon
Bram in Love Simon

Alberto E. Rodriguez / Getty Images, 20th Century Fox

Keiynan Lonsdale, que interpretou Bram (par romântico de Simon) em "Com Amor, Simon", se identifica como queer. Em 2018, ele falou sobre como o filme o inspirou a ser mais aberto em relação à própria sexualidade. "Durante as gravações, senti que havia uma contradição com o que estávamos defendendo", afirmou. "Não me assumi por causa disso, mas destacou [o que eu sentia] e me fez olhar no espelho, pensar e perceber que eu não tenho medo de nada e que estava pronto para dar esse passo. Acho que trabalhar num set amoroso, com um diretor gay, e interpretar o personagem me fizeram perceber que nada podia me segurar, só eu mesmo. Fiquei super inspirado".

8. Demi Lovato

Demi
Demi
Demi on Glee with Naya Rivera
Demi on Glee with Naya Rivera

Emma McIntyre / Getty Images for iHeartMedia, Michael Becker / Fox / Courtesy Everett Collection

Demi Lovato fez uma participação especial em "Glee" como a namorada de Santana em 2013. Desde então, se assumiu queer, pansexual e não-binária. Em 2020, Lovato falou sobre como a personagem de Naya Rivera (Santana) lhe ajudou a descobrir a sua identidade em uma homenagem à atriz no Instagram: "A personagem que você interpretou foi revolucionária para muitas meninas enrustidas como eu (na época). Sua ambição e conquistas foram inspiradoras para mulheres latinas do mundo inteiro".

Publicidade

9. Sean Hayes

Sean
Sean
Sean as Jack on Will & Grace
Sean as Jack on Will & Grace

Michael Tullberg / Getty Images, NBC / Courtesy Everett Collection

Sean Hayes se assumiu para o público em 2010, anos depois de interpretar Jack, um personagem abertamente gay, em "Will e Grace". Sobre os motivos por não ter confirmado sua sexualidade durante a primeira exibição da série, apesar da pressão da comunidade LGBTQIA+, o ator afirmou que se sentia sobrecarregado: "Não queria essa responsabilidade. Não sabia como lidar com a responsabilidade de falar em nome da comunidade gay. Sempre senti como se devesse um grande pedido de desculpas por me assumir tarde demais".

10. Tyler Posey

Tyler Posey
Tyler Posey
Tyler in Jane the Virgin
Tyler in Jane the Virgin

Kevin Winter / Getty Images, Scott Everett White / The CW Network / Courtesy Everett Collection

Tyler Posey interpretou um personagem bissexual em "Jane, a Virgem" em 2017, e um personagem gay em "Now Apocalypse" em 2019. Sobre aceitar dois papéis queer, o ator afirmou: "Sempre quis promover e fazer parte desse mundo, mas nunca tive a oportunidade de fazer isso. Quando finalmente tive, foram ótimos projetos dos quais pude me orgulhar muito". Em 2021, no OnlyFans, ele revelou que tem sexualidade fluida. "Fui honesto, ninguém tinha me perguntado a respeito disso antes", afirmou o ator, afirmando que foi uma "decisão repentina".

Publicidade

11. Joshua Rush

Cyrus
Cyrus
Joshua
Joshua

Disney Channel, Frederic J. Brown / AFP via Getty Images

Cyrus, o personagem que Joshua Rush interpretou em "Andi Mack", do Disney Channel, se assumiu na série em 2017. Isso foi revolucionário, pois foi o primeiro personagem do canal a dizer: "Sou gay". Mais tarde, em 2018, o ator se assumiu bissexual no Twitter.

12. Victor Garber

Victor
Victor
Victor as Liberace
Victor as Liberace

Thos Robinson / Getty Images, CBS / Courtesy Everett Collection

Victor Garber interpretou o músico gay no filme "Liberace: Behind the Music", e disse que teve dificuldades para encontrar outros trabalhos por anos depois disso. O ator afirmou que o colega Ian McKellen o encorajou a se assumir publicamente naquele mesmo ano, em 1998, mas que "não teve coragem de fazer isso até ficar mais velho". Mais tarde, interpretou personagens gays menores e confirmou oficialmente a sexualidade e o casamento com o marido em 2013.

Publicidade

13. Tyler Blackburn

Tyler
Tyler
Tyler as Alex
Tyler as Alex

Presley Ann / FilmMagic via Getty Images,

Depois de alguns meses interpretando o veterano de guerra gay Alex Manes em "Roswell, New Mexico", Tyler Blackburn revelou que se identifica como bissexual desde a adolescência, mas que havia reprimido a atração por homens por muito tempo. Ele disse que começou a se permitir a "experienciar o aspecto emocional do que é ser bissexual" no final de "Pretty Little Liars". O ator disse que o papel de Alex veio na hora certa, pois ele entendia muito bem o personagem.

14. Zachary Quinto

Zachary
Zachary
Zachary in So NoTORIous
Zachary in So NoTORIous

Weiss Eubanks / NBCUniversal / NBCU Photo Bank via Getty Images, VH1

Aviso: Menciona temas como suicídio e bullying.


Zachary Quinto interpretou o personagem bissexual Sasan em "So Notorious" anos antes de se assumir. Ele anunciou que era gay no seu website, em 2011, depois que o adolescente Jamey Rodemeyer se suicidou por ser ridicularizado pela sexualidade. "Com a morte de Jamey, ficou claro para mim que viver uma vida gay sem assumir publicamente não é o suficiente para contribuir de maneira significativa para o trabalho gigantesco que ainda é necessário em prol da total equidade", escreveu o ator.

Publicidade

15. Maulik Pancholy

Maulik
Maulik
Sanay on Weeds
Sanay on Weeds

Bruce Glikas / WireImage via Getty Images, Cliff Lipson / Showtime / Courtesy Everett Collection

Em 2016, Maulik Pancholy revelou em uma entrevista que era gay e que tinha um parceiro há 9 anos. Ele interpretou Jonathan em "Um Maluco na TV", personagem que era bastante, mas implicitamente, gay. Também interpretou Sanjay, em "Weeds", outro personagem gay.

16. E, por último, Janet Varney

Janet
Janet
Korra touching her hair
Korra touching her hair

Amy Sussman / Getty Images,

Janet Varney, que dublou a personagem Korra na animação "A Lenda de Korra", se assumiu no Instagram em 2018. Pode não ter ficado claro na série, que terminou em 2014, mas os criadores confirmaram que as personagens Korra e Asami eram bissexuais e tinham um relacionamento estabelecido. Sobre Korrasami, a atriz (que sempre compartilha fan art das duas no Instagram) enfatizou em entrevista que o papel dessa relação era normalizar os romances LGBTQIA+ em séries de animação. "Todos dissemos que a coisa mais incrível seria que jovens vissem isso pela primeira vez e pensassem: 'Peraí, Korrasami era polêmica?'. E isso já está acontecendo, tem pessoas que falam: 'Nossa, nem me dei conta de que isso levantaria alguma polêmica'".

Publicidade

Você pode recorrer ao Centro de Valorização da Vida, ligando gratuitamente a qualquer dia ou hora para o 188, à Rede de Atenção Psicossocial e aos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) da rede pública. Não deixe de buscar ajuda!

Este post foi traduzido do inglês.

Publicidade

Veja também