Veja os vídeos da repressão da PM com bombas ao protesto anti-Temer

Enquanto Dilma depunha no Senado, ato contra Temer detonou protesto, bloqueio de ruas e repressão violenta no coração da São Paulo

Há 5 anos

Enquanto Dilma Rousseff depunha no Senado Federal, São Paulo viveu cenas de batalha campal.

Publicidade

Um grupo de manifestantes iniciou um protesto em frente ao Masp, na avenida Paulista.

Publicidade

A tropa-de-choque da PM interveio. Primeiro, formou um cordão de isolamento nas duas pistas da Paulista e disparou bombas de gás lacrimogênio para dispersar os manifestantes.

Publicidade

O cheiro de gás tomou conta da avenida e houve correria.

Publicidade

À medida que recuavam, os estudantes improvisavam barricadas, com sacos de lixo, logo incendiados.

Publicidade

A PM avançava com mais bombas e jatos d'água. Balas de borracha foram atiradas na esquina da Paulista com a Consolação.

Publicidade

Neste vídeo, na rua da Consolação, o choque avança enquanto um dos PMs aponta a escopeta e atira uma bala de borracha.

Publicidade

Enquanto uma parte da multidão seguia sendo perseguida no curso da avenida Consolação, outro grupo retornou à Paulista e fez novas barricadas. O choque da PM voltou ao local.

Publicidade