Um despacho brasileiro virou caso de polícia na Itália

Mais uma etapa do processo de internacionalização do Brasil.

Há 4 anos

No último dia 15, o site italiano MilanoToday noticiou: "Mistério em Paderno Dugnano: altar encontrado na rua com frangos abatidos, velas e flores". Era sobre um despacho encontrado numa estrada de Paderno, perto de Milão.

      

"Um ritual mágico" e "algo macabro" foi a descrição do pequeno despacho. A história oficialmente foi publicada por outro site italiano, o ilnotiziario.net, com o alarmante título: "Galinhas degoladas, velas e cálices de vinho com marimbondos. Ritual religioso em Paderno: mistério".

Dentro da reportagem ficamos sabendo inclusive que o despacho virou caso de polícia.

Reprodução / Via milanotoday.it

Publicidade

Nos comentários, italianos especulavam sobre a origem do ritual.

"Isso não tem nada a ver com imigrantes (já chega de uma vez por todas), são rituais pagãos praticados na cultura centro-americana".

Apareceu um metaleiro para dar uma ironizada.

"Esses satanistas! Vamos mandar eles de volta pra casa com sua música do diabo".

Publicidade

Sobrou até pro Marilyn Manson.

"O Marilyn Manson deve ter dado uma parada por lá".

Teve até quem brincasse dizendo que isso foi algo feito por torcedores de futebol.

"Pela cor das toalhinhas são torcedores do Milan esperando ganhar o campeonato".

Publicidade

Mas teve gente que parecia familiarizada com o que realmente era o "ritual".

"Ah para, é só uma macumba, um rito muito antigo, parem de fazer interpretações idiotas se não sabem o que é e nem o que significa. 'Axé' e 'saravá'!"

E houve quem dissesse que essas oferendas nem eram novidade na Itália.

"Na zona Baggio e arredores isso se vê há mais de trinta anos! Nada preocupante, é uma religião mais pacífica do que a cristã".

Publicidade

Enquanto isso, os brasileiros estavam rachando o bico.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Veja também:

Publicidade

Veja também