Respondemos 15 perguntas daquelas que vêm na sua cabeça às 3h da manhã

"Helicóptero tem buzina?"

Tem um pessoal do Twitter que jura que vai dormir cedo, daí dá três horas da manhã e é isso que acontece:

Juliana Kataoka / BuzzFeed Brasil

A gente separou algumas das perguntas mais curiosas feitas pelo pessoal e decidimos respondê-las.

1. "Qual a diferença entre menta e hortelã?"

Segundo a Mundo Estranho, menta e hortelã são nomes populares usados para designar espécies do gênero Mentha. No Brasil, é comum chamar de hortelã a mentha piperita e de menta a mentha spicata. A primeira tem sabor mais suave e é aquela usada como tempero e a segunda tem sabor mais ardido e é usada em pastas de dente.

Publicidade

2. "Qual a diferença entre manteiga e margarina?"

Segundo a Revista Recreio, enquanto a manteiga é de origem animal, resultado da nata do leite batida, a margarina é de origem vegetal, um tipo de óleo que passa por diversos processos químicos, como a hidrogenação - acréscimo de hidrogênio ao óleo vegetal, até virar a gordura que resulta na margarina.

3. "Emagrece mais banho frio ou quente?"

Segundo esta matéria da Veja, existem pesquisas que sugerem que temperaturas baixas podem ativar a gordura marrom, um tipo de gordura responsável pelo aumento da queima calórica. Em um pequeno estudo realizado em 2014, homens expostos a um ambiente frio apresentaram um aumento na quantidade de gordura marrom presente no corpo e atividade metabólica correspondente. Apesar disso, é importante ressaltar que ainda não existe nenhuma pesquisa afirmando ou sugerindo que um banho frio pode contribuir para a perda de peso.

Publicidade

4. "Quem inventou o bolo de cenoura?"

Não existe uma cozinheira ou cozinheiro a quem a gente possa dar os créditos por ter inventado o bolo de cenoura. Acredita-se que essa história de usar cenoura no bolo tenha começado na Idade Média, já que açúcar não era a coisa mais fácil do mundo de conseguir. O irmão mais velho do bolo de cenoura provavelmente é o "carrot pudding" americano. Mas o bolo de cenoura como conhecemos nasceu mesmo no Brasil e nem faz tanto tempo assim, segundo esta matéria do iG, faz só 30 aninhos.

5. "Surdo mudo pensa em que língua?"

Paula Pfeifer, que escreve o blog Crônicas da Surdez, conta que surdo-mudo é um termo usado erroneamente para designar surdos que se comunicam através de língua de sinais. Hoje, a maioria dos surdos são reabilitados através da tecnologia para que possam ouvir e falar normalmente.

A gente não se lembra muito bem como pensávamos quando ainda não sabíamos falar, certo? Com uma pessoa que não desenvolveu uma linguagem funciona mais ou menos do mesmo jeito. Ela vai responder a estímulos de maneira instintiva. Mas, por exemplo, se uma pessoa se comunica por sinais, quando ela pensar, o que ela vai "escutar" - no caso, visualizar - será ela mesma se comunicando por meio de sinais.

Publicidade

6. "Se eu comprar caminhão pela internet, ele vem dentro de um caminhão?"

Mesmo fazendo uma compra pela internet, você provavelmente vai ter que buscar o caminhão na concessionária ou com o dono do caminhão usado. Mas os caminhões são transportados, sim, por caminhões. Segundo esta matéria, os "cavalinhos", os caminhões sem a carroceria, são transportados por outros caminhões com a ajuda de um engate do tipo prancha.

7. "Helicóptero tem buzina?"

Segundo Wagner Garbelini, diretor da escola de aviação Aerocurso, a buzina que tem não é como a dos carros e sim um dispositivo sonoro que serve para informar ao comandante que algo está errado com a aeronave. Há casos que aviões e helicópteros colocam buzinas para chamar atenção em voos promocionais.

Publicidade

8. "Pode comer o papel do Trident?"

Não pode, não. Segundo resposta da própria Trident aqui, ele não é comestível. Ele tem como função separar as gomas umas das outras e evitar que elas grudem.

9. "Quem abre a porta pro motorista entrar no ônibus?"

Qualquer pessoa que já desceu no ponto final de um ônibus sabe que eles deixam a janela aberta, sobem na roda e apertam o botão pra abrir a porta. Mas caso a janela esteja fechada, existe uma válvula na frente do ônibus que abre a porta.

Publicidade

10. "Existe plástica para pés?"

Sim e várias delas. Segundo esta matéria do G1, tem uma que retira joanetes, a que injeta gordura para ficar mais fácil andar de salto e até a que aumenta e diminui dedos e altera a distância entre eles.

11. "Como descobriram a pipoca?"

Segundo essa matéria da Mundo Estranho, o milho é consumido como pipoca há mais de mil anos. No início, os índios faziam pipoca colocando o milho inteiro no fogo e só mais pra frente passaram a usar só os grãos.

Publicidade

12. "Por que o Katinguelê acabou?"

Na verdade, o Katinguelê continua existindo e você pode acompanhar a agenda na fanpage do grupo. Mas, em entrevista pra Rede TV, Salgadinho afirma que o cansaço e falta de estrutura para lidar com a fama foram as razões que o levaram a deixar o grupo em 2001 sem grandes explicações. Ele até voltou ao grupo em 2008, mas, pouco tempo depois, ao descobrir que os companheiros estavam gravando com um novo vocalista, ele deixou o grupo novamente.

13. "Matar grilo dá azar?"

Segundo o Guia dos Curiosos, a cultura popular diz que achar grilo em casa é sinônimo de dinheiro chegando. No mínimo, se você matar o grilo, não desfrutará desta boa sorte. Dá pra considerar uma espécie de azar, né?

Publicidade

14. "As formigas peidam?"

Não se sabe ao certo. Na lista alimentada por cientistas de animais que peidam, não consta a formiga. Murakami Takashiro, especialista em formigas em Fukushima, Japão, diz que nunca viu em lugar nenhum referência a peidos de formigas. Mas é sabido que os cupins peidam e muito! Um quinto de todo o gás metano no mundo provém da atividade de cupins!

15. "Por que no shampoo a tampa é pra cima e no condicionador é pra baixo?"

É uma questão de usabilidade! Como a consistência do shampoo é mais líquida, faz sentido que a tampa seja para cima para que o produto não vaze ou saia em excesso. Em contrapartida, uma vez que a consistência do condicionador é mais densa, é melhor que a tampa seja para baixo, assim você consegue retirar o produto com mais facilidade.

Publicidade

Veja também:

Publicidade

Publicidade

Veja também