O "Tá no Ar" fez um vídeo tentando convencer o Trump a apoiar o Brasil

"Vocês têm os vazamentos da Hillary, nós temos os de Mariana. Vocês têm John Mayer, nós temos José Mayer".

Um vídeo do "Tá No Ar", da Globo, sugere que se os EUA vêm em primeiro lugar, o Brasil tem que ser o segundo.

"America First, Brazil Second" foi publicado sábado na página do programa no Facebook, e até a publicação deste post tem mais de 11 mil compartilhamentos e 600 mil visualizações.

Ele começa como um vídeo institucional do Brasil para o Trump.

Reprodução Tá No Ar

"O país mais tropical do mundo inteiro".

Publicidade

Aos poucos ele faz várias comparações para convencer Trump de que o Brasil é muito parecido com os EUA.

Reprodução Tá No Ar

Só com o "melhor" do país. A começar por dois animais símbolos das nações: a águia e o Aedes aegypti.

Reprodução Tá No Ar

"Você vai amá-lo. Ele mata mais que as armas na América", assim o vídeo apresenta o mosquito.

Publicidade

Então, ele compara Trump com o atual presidente do Brasil.

Reprodução Tá No Ar

"Ele inclusive tomou o lugar de uma mulher".

Lembra do prefeito de São Paulo, João Doria, que também foi apresentador do programa "O Aprendiz" e adora muros.

Reprodução Tá No Ar

Publicidade

Os EUA têm os vazamentos da Hillary e aqui temos os de Mariana.

Reprodução Tá No Ar

Se eles têm John Mayer, nós temos José Mayer.

Reprodução Tá No Ar

Publicidade

E a depilação estilo brasileiro foi criada aqui mesmo e exportada pra fora.

Reprodução Tá No Ar

"Como você pode ver, nós pegamos as americanas pela vagina", lembra o vídeo.

Depois desses e outros tantos argumentos, vem a proposta: "podemos dizer Brasil em segundo?".

Reprodução Tá No Ar

Publicidade

O vídeo é uma brincadeira em resposta ao que Trump disse em seu discurso de posse, de que seu objetivo vai ser colocar a América em primeiro lugar. Este site reúne vários vídeos de países tentando este lugar ao sol.

Será que temos chance???

Molly Riley / AFP / Getty Images

Publicidade

Veja também:

Publicidade

Veja também