O jornal mais importante da França chamou Eike Batista de "Steve Jobs brasileiro"

E não é a primeira vez que essa comparação aparece por aí.

O título em português ficou: "Fim da linha para Eike Batista, o 'Steve Jobs do Brasil', acusado de corrupção".

BuzzFeed Brasil / WSJ / Lifehack

Publicidade

Publicidade

Dentro da matéria, o trecho que cita essa comparação explica que Eike era apresentado para as pessoas desta forma.

"Há quatro anos, ele era rico, famoso, adorado pelos poderosos e apresentado como o 'Steve Jobs do Brasil': conquistador, sedutor e talentoso'".

Publicidade

Aparentemente, quem começou a fazer esta comparação em 2012 foi Sérgio Cabral, na época, governador do Rio de Janeiro, atualmente, também preso.

Ocasião relembrada na última sexta-feira (27) pela coluna Painel da Folha de S. Paulo.

Leia mais:

Publicidade

Publicidade

Veja também