Motoristas de aplicativos contam o que realmente conta na hora de avaliar os passageiros

Sua opinião política não é tão importante assim.

Conversamos com alguns motoristas que trabalham com aplicativos de transporte privado – Uber, 99 e Lady Driver – em São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro, e eles contaram o que faz eles tirarem, ou não, uma estrela, ou mais de uma, da avaliação do passageiro.

1. Não estar no local de chamada e demorar para aparecer depois que o carro já chegou.

Isso é algo que todos os entrevistados mencionaram, e é uma das atitudes que mais incomodam. Pior ainda se o local for ruim para estacionar ou encostar o carro. A menos que o passageiro seja uma pessoa idosa ou com problemas de locomoção, deixar esperando é dose. Além do risco de levar uma multa, tempo é dinheiro para os motoristas.

Publicidade

2. Pedir para levar mais de quatro passageiros no carro.

MC Loma e as Gêmeas Lacração / Via youtube.com

Gente, não pode mesmo e eles odeiam com todas as forças. Se houver uma blitz quem vai pagar a multa e muito provavelmente perder o carro é o motorista, e não vai receber auxílio da empresa. O mesmo vale se acontecer um acidente, todo o ônus vai ser de quem estava dirigindo.

3. Entrar no carro sujos (de areia, de glitter, de lama).

Aqui também, quem vai pagar pela limpeza é o motorista, que ainda periga levar nota baixa do próximo cliente por conta do carro sujo. Quando o estrago é muito grande – por exemplo se VOMITAREM no carro – o motorista pode notificar o aplicativo e pedir para que a limpeza seja cobrada do passageiro.

Publicidade

4. Começar a beber ou comer no carro, principalmente comidas com cheiro forte (ex. cachorro quente).

Já deu para sacar: quem sai do carro deixando ele pior do que quando entrou vai perder estrelas. No caso as comidas, além de poder manchar os assentos, deixam o cheiro impregnado naquele ambiente fechado. Às vezes vale para comidas que nem estão sendo consumidas, mas apenas levadas.

5. Insistir em indicar o caminho depois que o motorista disse que já conhece.

Globo / Reprodução / Via Twitter: @borgespc

Para todos os entrevistados, o ideal é mesmo seguir o Waze. Se o passageiro der pitaco no caminho com educação, está tudo bem. Se chegar no ponto de "vira aqui, vira ali", é possível que incomode sim. Se reclamar sugerindo que o motorista é trambiqueiro, é menos estrelas na certa.

Ah! E o motorista do aplicativo não lucra ficando preso no trânsito. Para ele o ideal é chegar logo e poder pegar outra corrida.

Publicidade

6. Grosseria e atitude arrogante em geral.

Disney / Reprodução / Via villains.wikia.com

A primeira impressão é bem importante: a forma de cumprimentar e a atitude ao entrar no carro contam. E se houver conversa e interação durante o caminho, é sempre bom quando o passageiro ajuda a tornar esse tempinho mais agradável para todo mundo,

7. Gritar, fica "zoando" dentro do carro como se estivesse em ônibus escolar.

Pois é gente, os caras estão trabalhando. Passageiro simpático é sempre bem vindo, mas é só manter aquele limite da noção.

Publicidade

8. Fazer qualquer coisa ilegal.

Netflix / Reprodução

Parece óbvio, mas um motorista relatou que duas passageiras começaram a cheirar cocaína no carro, e outro passageiro "avisou" que estava armado, assim como se fosse normal.

Outras coisas que eles disseram:

Publicidade

9. O fato do passageiro ter cinco estrelas não é bom, aliás geralmente isso faz ele ser recusado.

Isso porque todo passageiro que abre uma nova conta começa com cinco estrelas, e vai perdendo pontos ao longo do tempo. É praticamente impossível alguém continuar com todas as cinco a menos que use muito pouco o aplicativo, e isso geralmente indica que a pessoa não manja muito das regras básicas de convivência no transporte privado. O combo "cinco estrelas cheias e pagamento em dinheiro" desperta ainda mais desconfiança, pois pode parecer que a pessoa acabou de criar a conta, e o motorista fica com medo de ser golpe ou assalto.

Publicidade

11. Mas ninguém, nunca, gosta que o passageiro tente impor sua opinião sobre qualquer assunto. Não importam "lados".

Claro que se motorista e passageiro concordarem, é tudo lindo. Mas uma opinião contrária não vai fazer ninguém perder uma estrela A MENOS QUE vire falta de respeito. Aí o motivo não é a opinião e sim a postura da pessoa.

12. Eles recusam passageiro por causa de nota, sim.

Globo / Reprodução / Via Twitter: @gerard_quadros

Abaixo de 4.5, só se estiverem precisando muito. E de acordo com o que falaram, geralmente se arrependem.

Publicidade

Veja também:

Publicidade

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil no seu celular? Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.

Publicidade