Marieta Severo e Faustão debatem política durante Arquivo Confidencial

Apresentador disse que "para muitos, este é o país da desesperança" e atriz rebateu dizendo que "o país caminhou muito nos últimos anos".

Marieta Severo foi ao "Domingão do Faustão" neste domingo (28) para participar do quadro Arquivo Confidencial.

Antes de começar o quadro, Faustão pede a opinião de Marieta sobre a situação política do Brasil e pergunta o que ela pensa. "Cada um fica com uma preocupação cada vez maior e vira o país da desesperança", diz Faustão.

Faustão diz que "aqui na verdade a única coisa que é organizada no Brasil é o crime. Falta estrutura para tudo, falta seriedade, então começa essa coisa do Brasil o quê, o país da corrupção, o país da crise, o país do desemprego".

Publicidade

Marieta responde dizendo que ela é sempre otimista. "Não acho que nós sejamos o país da desesperança. Acho que o país caminhou muito nos últimos anos."

Marieta diz ainda que "estamos numa crise sim, acho que temos que prestar atenção sim. Já estivemos em outras, estamos em uma que precisamos de bastante atenção para sair dela."

E faz uma observação sobre um ponto que ela acha fundamental. "Para mim, Faustão, tem uma coisa que é muito importante: a chamada inclusão social. A chamada luta contra desigualdade."

Marieta Severo completa dizendo que sabe que tem crise e que "a gente tem que estar com uma economia equilibrada para isso tudo continuar acontecendo, mas a gente teve muito isso [inclusão social] nos últimos anos, então isso para mim particularmente, isso fala a minha alma."

Publicidade

Veja aqui o vídeo da conversa dos dois: