Leia isto se você não quer ser racista com seu amigo negro

Você não acha que falar de racismo é mimimi, mas mesmo assim se sente inseguro em dar uma bola fora com seu amigo negro? Leia este pequeno manual e melhore suas relações.

Eu sou uma pessoa otimista e acredito que existem pessoas brancas dispostas a ser anti-racistas, mas que ainda não sabem muito bem como se comportar com amigos e colegas negros.

Tudo bem, hoje é seu dia de sorte e eu vou tentar fazer um manual a partir das minhas próprias experiências.

Não há verdade absoluta por aqui e, com certeza, deve ter alguma pessoa negra que discorde de mim. E acho que podemos todos estar bem com isso, né?

Este post não existiria caso você sempre se lembrasse que seu amigo negro é apenas uma pessoa como você. Mas eu sei e você sabe: o mundo é racista, você cresceu neste mundo racista e sabe que pode ser racista mesmo quando acha que está ajudando.

Publicidade

O racista não é apenas aquele tio que fala sem nenhuma vergonha que odeia negros, o racista também pode ser você.

Sabe por quê? O racismo também se revela nas micro-relações e, na maior parte das vezes, nós, negros, nos calamos ou nos afastamos porque achamos que não vão nos entender.

Por que iríamos reclamar dos micro-problemas sendo que as pessoas não se compadecem nem dos grandes problemas que a comunidade negra enfrenta?

Publicidade

Publicidade

Não encha o saco do seu amigo negro com TODA e QUALQUER notícia sobre racismo que você ver.

Às vezes ele só quer um pouquinho de paz e esquecer dessas notícias, pois ele não precisa delas para lembrar que o racismo existe, já que ele pode ir na esquina e passar por uma situação racista. Vá com calma e procure conversar com grupos e pessoas que estejam na mesma que você.

E não converse com seu amigo apenas sobre assuntos relacionados à raça.

Você gostaria que alguém só conversasse com você para falar que você é branco e perguntar como é ser branco? Provavelmente não, né? Então não faça isso com os negros. Somos pessoas complexas como você.

Publicidade

Mas isso não significa fugir do assunto.

Não basta não ser racista, você precisa ser anti-racista. Então estude por conta própria, assista documentários sobre o tema, ouça cantores negros, leia livros de autores negros e demonstre que você se importa com a cultura negra tanto quanto com o racismo. Se você fizer isso voluntariamente, o assunto vai poder ser conversado de forma mais natural e a relação com amigos negros será mais leve e gostosa para os dois lados.

Não tente provar a todo momento que você não é racista.

É chato e exaustivo. Mude a si primeiro, não precisa anunciar para o mundo inteiro.

Publicidade

Não diga que racistas são apenas os outros.

Quando você não se vê como parte do problema e já pressupõe que está acima de qualquer erro, você limita até onde essa relação com seu amigo negro pode ir. Se você age assim, provavelmente todos os negros vão acenar com a cabeça e mudar de assunto.

Não tente ensinar para um negro o que é racismo apenas porque você ouviu uma opinião diferente de outra pessoa negra.

Nós, negros, somos bem diferentes uns dos outros, por mais que as pessoas não se lembrem disso. E, por esse mesmo motivo, discordamos uns dos outros toda hora. Se você ouviu uma opinião diferente de alguém, não a utilize para desautorizar seu amigo negro.

Publicidade

Esteja lá quando ele passar por uma situação de racismo, mesmo que ele não fale nada.

Racismo acontece o tempo todo, e se você percebeu que o seu amigo passou por algo do tipo, não espere que ele diga que precisa de apoio para apoiá-lo. Faça isso mesmo sem que ele peça. Infelizmente, temos a tendência de normalizar algumas situações racistas para sobreviver a elas, mesmo que elas nos atinjam. Ter um ombro amigo nessas situações é maravilhoso.

Quando perceber que alguém está falando algo racista, não espere seu amigo negro se posicionar: você mesmo pode fazer isso.

O racismo é um problema de todos nós e se só os negros se pronunciarem sobre, a gente não vai conseguir solucionar esse problema. O seu posicionamento pode ser até mais eficaz porque algumas pessoas brancas só ouvem e dão atenção quando outras pessoas brancas falam. É horrível dizer isso, mas o mundo é assim.

Publicidade

Leve em consideração os sentimentos do seu amigo negro ao manter uma amizade com uma pessoa abertamente racista.

Eu não estou dizendo que você deve se afastar de todas as pessoas que já fizeram algo racista em suas vidas. Mas se alguém é abertamente racista, demonstra não estar disposto a mudar de posicionamento e mesmo assim você não vê problemas em ser amigo dessa pessoa, você está comunicando para o seu amigo negro que não se importa com a vida dele e nem com os problemas que ele enfrenta. Se você faz isso, não estranhe se ele se afastar de você.

Não use o seu amigo negro como selo de anti-racismo.

Ter um amigo negro não evita que ninguém seja racista. E é bem chato perceber que alguém que você confia está te usando para dizer por aí que não é racista. Sério, não faça isso. É horrível a sensação de que você só está sendo usado.

Publicidade

Veja também:

Publicidade

Publicidade

Veja também