Aqui estão algumas fotos que provam que um homem gordo pode ser sexy

Com muita criatividade o engenheiro Ricardo Sfeir mostrou isso.

Antes de mais nada, precisamos esclarecer a diferença entre gordofobia e pressão estética:

MTV / Via giphy.com

Gordofobia e pressão estética são coisas diferentes.

Uma pessoa magra pode ter problemas com a sua imagem e se sentir obrigado a atingir um padrão tóxico de beleza. Isso é pressão estética.

Quando uma pessoa é negada direitos básicos por causa do seu tamanho e peso, como assentos em transporte público e atendimento de saúde adequados, ou é rejeitada para vagas de emprego mesmo quando se é completamente capacitado: isso é gordofobia!

Então porque não as vemos em anúncios de moda com a mesma frequência que vemos pessoas magras?

Até onde eu sei, pessoas gordas usam roupas de todos os estilos, tamanhos e formas.

Publicidade

Foi por isso que o engenheiro Ricardo Sfeir, de 27 anos, resolveu tomar controle dessa narrativa.

Ricardo recriou poses de anúncios famosos, mostrando que a sensualidade não pode ser limitada por um número em uma etiqueta.

Ele se inspirou na imagem da Jari Jones comemorando o seu outdoor para a Calvin Klein:

Ricardo conta quando decidiu fazer as fotos:

"Foi logo quando eu vi a foto da Jari Jones comemorando em frente ao seu outdoor. Naquela hora, eu não sabia que eu ia recriar as fotos da CK mas acho que foi a primeira vez que eu realmente imaginei uma possibilidade em eu também ser representado."

Para quem não sabe, este foi um momento histórico onde uma mulher trans negra e gorda ocupou seu espaço em uma campanha onde antes só se viam rostos brancos, cisgênero e extremamente magros.

Jari Jones / Via instagram.com

Publicidade

E as reações positivas surpreenderam!

Ricardo diz que o sentimento foi extremamente gratificante. "Eu fiquei impressionado com a reação e logo na primeira hora já tinha mais de 30 compartilhamentos nos Stories de outras pessoas que me seguiam. As mensagens de apoio ganharam um coro gigantesco e logo minhas fotos foram ganhando espaço no feed de outras páginas no instagram e em seguida, sites de notícia."

Porque a verdade é que pessoas gordas existem!

Muitas delas se exercitam e comem bem, como a Lizzo nos mostrou uma vez. Ser gordo é parte da vida de uma pessoa, não uma forma de "promover" obesidade. Somente um profissional pode dizer se ela tem saúde ou não. ;)

Publicidade

Todos nós devemos fazer o mesmo exercício que o Ricardo fez.

Ao tomar controle da nossa imagem, da nossa narrativa, somos capazes de inspirar outros, de ser um exemplo positivo de que a beleza não se restringe em números ou modelagens. A beleza vem em diferentes formas, a beleza faz parte de todo mundo.

Publicidade