Ana Flávia não tem medo de arriscar quando o assunto é moda: "Eu amo isso!"

Com mais de 600 mil seguidores nas redes sociais, influenciadora cria conteúdos sobre o universo fashion.

BuzzShe

Divulgação

A influenciadora Ana Flávia acumula aproximadamente 600 mil seguidores nas redes sociais, onde fala sobre o que mais gosta: moda. A carioca também compartilha com suas seguidoras dicas de beleza, viagens, detalhes da rotina diária, além de tratar de assuntos importantes, como o empoderamento da mulher negra.


Ana conta que a paixão pela moda veio desde cedo. A influenciadora lembra que as inspirações vinham de clipes de músicas internacionais: “Minha relação com a moda surgiu há muito tempo. Desde pequena eu sempre gostei de me vestir diferente das outras meninas. O meu corpo não era parecido com os das minhas amigas e nem tudo que ficava bom nelas eu achava legal. Eu gostava de ser diferente e eu já acompanhava a moda gringa porque eu assistia muito clipe, eu era muito ligada na música estrangeira”.

A influenciadora Ana Flávia acumula aproximadamente 600 mil seguidores nas redes sociais, onde fala sobre o que mais gosta: moda. A carioca também compartilha com suas seguidoras dicas de beleza, viagens, detalhes da rotina diária, além de tratar de assuntos importantes, como o empoderamento da mulher negra.


Ana conta que a paixão pela moda veio desde cedo. A influenciadora lembra que as inspirações vinham de clipes de músicas internacionais: “Minha relação com a moda surgiu há muito tempo. Desde pequena eu sempre gostei de me vestir diferente das outras meninas. O meu corpo não era parecido com os das minhas amigas e nem tudo que ficava bom nelas eu achava legal. Eu gostava de ser diferente e eu já acompanhava a moda gringa porque eu assistia muito clipe, eu era muito ligada na música estrangeira”.

Publicidade

Ana Flávia posa na frente de um painel florido, em tecido de chita. Ela veste roupa preta, trabalhada com fitas coloridas.
Ana Flávia posa na frente de um painel florido, em tecido de chita. Ela veste roupa preta, trabalhada com fitas coloridas.

Divulgação

Como as roupas que a influenciadora queria não se adequavam ao seu corpo, Ana decidiu se arriscar e começou a customizar as próprias peças. 


Minha mãe ficava maluca porque ela comprava uma roupa e uma semana depois eu tava cortando, pintando. Eu lembro que uma vez eu comprei um casaco de moletom preto e pintei a mão com letras rosas “don’t worry be yonce”, porque eu gostava da ideia de ter algo que ninguém mais tinha, só eu! E ficou incrível! Eu imprimi as letras, fiz um molde de todas elas e pintei direitinho, certinho. Sem contar que nem tudo que tava em alta eu podia comprar, então eu dava um jeito de ir atrás dos materiais e fazer a minha própria versão das roupas. Já colei spikes em uma Melissa caríssima que minha mãe tinha me dado de presente, ela surtou!” , lembra.


Publicidade

Ana Flávia posa em fundo branco. Ela veste um macacão, com detalhe transparente e luvas na cor azul
Ana Flávia posa em fundo branco. Ela veste um macacão, com detalhe transparente e luvas na cor azul


Divulgação

Estar na moda não significa necessariamente seguir uma moda. A influenciadora, que já teve fotos suas compartilhadas no perfil oficial da coleção de roupas de Beyoncé, sempre teve estilo próprio e não se incomoda em “quebrar regras”.


“Sempre tive meu próprio senso de estilo e não me importava muito com o que as pessoas diziam. Afinal, apesar de ter um monte de regras a moda é ilimitada e quebrar essas regras também é moda, também é arte!! Moda é arte de se expressar através das roupas e eu amo isso!”

Publicidade

Veja também