6 provas de que o pão de queijo pode ser tão bom quanto a coxinha

Harmonização, acompanhamentos, versão gourmet e muito mais.

Analisamos seis tópicos que comprovam que estes dois grandes mitos da cozinha brasileira são igualmente maravilhosos.

AlbertoChagas/AlbertoChagas, Paul_Brighton/Paul_Brighton

1. Harmonização:

Publicidade

Enquanto a coxinha é ótima com cerveja e refrigerante o pão de queijo harmoniza bem com café e chocolate quente.

jantroyka/jantroyka, AlbertoChagas/AlbertoChagas

2. Complementos:

Publicidade

Os complementos também são um caso a parte! O catupiry na coxinha ganha um concorrente de peso quando o pão de queijo é recheado com cheddar ou requeijão.

3. Espaços dedicados:

Publicidade

Enquanto a coxinha tem um festival exclusivo na Padaria Brasileira, que existe desde 1953, na Grande São Paulo, o pão de queijo tem uma franquia destinada aos seus quitutes desde 1966.

4. Versão gigante:

Publicidade

A Panetteria ZN que ficou famosa pela coxinha gigante acertou em cheio em estender a grandeza também ao pão de queijo.

Divulgação, Divulgação

5. Versão gourmet:

Publicidade

Tanto pão de queijo quanto a coxinha também entraram na onda gourmet. O primeiro, produzido pela Formaggio Mineiro, é vendido em um pacote de dois quilos a R$ 52. Já as coxinhas entraram até no cardápio do chiquérrimo restaurante Fasano, em São Paulo.

vitrinepublicitaria.net, Paulinho de Jesus / ttp://vejasp.abril.com.br

Publicidade

6. Versão doce:

Recentemente os dois pratos salgados ganharam versão doce: o pão de queijo passou a ser produzido com polvilho doce , ou simplesmente sendo recheado com chocolate ou doce de leite. A coxinha ganhou essência de baunilha e recheio de brigadeiro

Publicidade

Ainda ficou na dúvida? Então só nos resta tentar fazer a receita de coxinha de pão de queijo e saber se ao unir essas duas entidades brasileiras teremos sucesso.

Polafernandez/Polafernandez / gshow.globo.com

Veja também