19 fatos sobre o novo "Rei Leão" que farão você gostar ainda mais do filme

Os movimentos corporais da Nala foram inspirados na coreografia da própria Beyoncé!

1. O diretor Jon Favreau teve a inspiração para refilmar O Rei Leão durante a gravação do filme em live-action de Mogli, o Menino Lobo. Ele percebeu que tinha a tecnologia para criar um Rei Leão em "estilo documentário" e apresentou esse conceito à Disney.

Disney

2. Tudo no filme foi gerado por computador, com a utilização da tecnologia dos jogos no design dos ambientes.

Disney

Publicidade

3. Favreau utilizou tecnologia de realidade virtual para caminhar pelo set virtual e conceber as tomadas, tratando-o como uma locação real.

Christopher Jue / Getty Images

4. Quando começou a desenvolver o filme, Favreau fez uma lista com todos os momentos importantes do filme original que conseguia lembrar de cabeça, o que serviu de lembrete para quais cenas ele deveria manter-se mais fiel.

Disney

Publicidade

5. Mas apesar de querer manter-se fiel ao filme original, Favreau também inspirou-se no musical da Broadway, principalmente para expandir o papel de Nala.

Disney

6. Apesar de haver várias belas tomadas no filme, Favreau optou por ser mais comedido para certificar-se de que nem toda tomada fosse perfeita ou deslumbrante de um modo forçado.

Disney

Publicidade

7. Em vez de cada ator gravar individualmente apenas sua parte, Favreau fez com que eles também atuassem juntos, e os animadores utilizaram suas performances como inspiração para os personagens.

Jesse Grant / Getty Images

8. Para Nala, eles também inspiraram-se na impactante presença de palco de Beyoncé durante o design dos movimentos da personagem.

Disney

Publicidade

9. Os cineastas decidiram que adicionar expressões humanas aos rostos dos animais ficaria "estranho", por isso tentaram transmitir as emoções através de linguagem corporal.

Disney

10. Eles também utilizaram contraluz e iluminação lateral nos principais momentos do filme para que as cenas parecessem mais reais.

Publicidade

11. Foram necessários 130 animadores de 30 países diferentes para a criação dos designs dos personagens para o filme.

Disney

12. No total, há 86 espécies diferentes retratadas no filme.

Disney

Publicidade

13. Ed e Banzai foram substituídos por novos personagens, Azizi e Kamari, enquanto o papel de Shenzi ficou mais impactante e mais sério. Favreau achava que a comédia rasgada das hienas originais não combinava com o fotorrealismo de sua visão.

Disney

14. Esta não foi a primeira vez em que Florence Kasumba interpretou Shenzi – ela também deu vida à personagem na versão alemã da peça de teatro.

Disney

Publicidade

15. James Earl Jones reprisou seu papel de Mufasa no novo filme, mas não foi a única pessoa que trabalhou no original a retornar – Hans Zimmer, Elton John e Tim Rice, que criaram as músicas em 1994, também trabalharam no remake.

Disney

16. Pharrell Williams produziu muitas das músicas da nova trilha sonora e também trabalhou como coach vocal de Seth Rogen (Pumba). O ator afirmou que cantava tão mal que fez Pharrell bater com a cabeça na parede de frustração.

Gareth Cattermole / Getty Images

Publicidade

17. Timão e Pumba são, provavelmente, os dois personagens com mais falas novas no remake, e a maioria delas se deve à improvisação de Billy Eichner e Seth Rogen.

Disney

18. Apesar de O Rei Leão ser parcialmente inspirado em Hamlet, Chiwetel Ejiofor disse que resolveu personificar Macbeth – e o modo como o desejo de ser rei destrói a mente do personagem – em sua interpretação de Scar.

Disney

Publicidade

19. Beyoncé disse que participar de O Rei Leão foi importante por ter crescido assistindo ao original – que inclusive foi o primeiro filme da Disney que a fez chorar.

Gareth Cattermole / Getty Images

Este post foi traduzido do inglês.

Publicidade