19 dicas para curtir o carnaval de rua de SP sem passar perrengue

Uma palavra: desapego.

1. Pratique o desapego.

Reprodução

Como em qualquer grande aglomerações o essencial é apenas chave, dinheiro vivo, um documento e por garantia, um cartão.

Publicidade

2. E vale pro seu celular também.

Ok, é legal tirar umas fotos. Ok, é ótimo combinar de encontrar amigos, mas sinceramente? É carnaval! Aproveita a folia e deixa o coitado do aparelho descansar, assim não corre o risco de perder ou ser furtado.

3. Ok, você não abre mão do celular? Então compre uma doleira.

Item conhecido dos viajantes, a doleira é super baratinha e você ainda pode usar para ir em shows e grandes eventos depois. Você pode encontrar aqui.

Publicidade

4. Aposte no isopor pobrinho.

As sacolas térmicas e aqueles isopores caros são ótimos para levar bebidas, porém se tornam insuportáveis de carregar no meio do bloco. Compre um desses baratinhos e jogue fora sem dó quando acabar o gelo. Se tiver dó de gastar, recolha uns trocados dos amigos que sai batissismo.

5. Não esquece a água.

Pode parecer que ninguém vai beber, mas no fim do dia vai ter gente se estapeando por uma garrafinha.

Publicidade

6. Uma canga serve pra tudo.

Dá pra enrolar o isopor, pra cobrir do sol, pra sentar um pouquinho e ainda por cima, pode amarrar em qualquer lugar. Vale até canga do Romero Britto, afinal é carnaval.

7. Não esqueça o saquinho.

lofilolo/lofilolo

A rua é pública mas seu lixo não, então leve um saquinho e recolha o que você usar.

Publicidade

8. Combine de encontrar a galera antes.

Marca na casa de alguém pra já ir fazendo aquele esquenta que a folia já começa em casa, não tem erro!

9. Se você se perder, abrace a liberdade.

Ou pega alguém, ou faz amigo, ou curte sozinho. Nada mais chato do que passar duas horas procurando alguém e ficar frustrado por não encontrar.

Publicidade

10. Nunca compre chapelão.

Ás vezes você se empolga, compra um chapelão, fantasia elaborada mas vai dar 10 minutos de bloco e você vai simplesmente se odiar. Além de serem pesado eles esquentam a sua cabeça.

11. Dica para as mulheres: aprenda com Vivi e use shortinhos pra não assar as coxas.

Basta duas quadras de bloco pra começar a pegar as coxas, então use e abuse dos shortinhos, inclusive por baixo da roupa.

Publicidade

12. Gente, é um bloco de rua! Tá calor, então pelo amor de deus não usa sapato fechado.

No máximo um tênis muito confortável para o caso de você ter um pouco de nojinho de pé sujo.

13. Escolha blocos perto do metrô.

Carro é algo que não combina com carnaval e mesmo o táxi pode ser um perrengue porque as ruas fecham e o barato de ir em um bloco de rua pode sair bem caro.

Publicidade

14. Assim que chegar no bloco procure por bares e postos de gasolina.

Isso vai ser essencial na hora de reabastecer e claro, ir ao banheiro.

15. Chegue na hora.

Raramente um bloco vai começar no horário, porém é legal você ver a coisa sendo organizada, além de poder botar o papo em dia e ir curtindo o dia.

Publicidade

16. Escolha o lugar que seu coração manda.

Se gosta de fervo, fique bem perto da banda ou trio. Se você é mais tranquilão, procure um lugar mais distante que não seja passagem e curta tranquilo. Outra ideia é ir andando a frente do bloco, parar, esperar ele passar e depois acompanhar mais de longe, dessa forma você tem um momento de fervo sem se estressar.

17. Se chover, dance.

Como é verão sempre acaba chovendo, então aceita que doí menos e tome um belo banho de chuva pra sair com a alma lavada.

Publicidade

18. Pergunte quem vai!

Tá em dúvida do que vai rolar no bloco? Pergunta no Facebook, procura no Twitter, sempre tem alguém que sabe a vibe e vai te indicar qual o bloco mais legal para você.

19. Confira a lista de blocos.

Além do G1, a Veja São Paulo conta com listas dos blocos!

Publicidade

Veja também