13 razões pelas quais você não deve nem pensar em ir ao Pará

Impossível alguém ficar realmente admirado com a natureza de lá.

1. Impossível alguém ficar admirado com a natureza de lá.

Susana Cristalli, Alexandre Vasquez / Instagram / Via Instagram: @alexandrevasquez

Afinal, a Floresta Nacional do Tapajós é somente um dos maiores patrimônios ecológicos do Brasil e do mundo.

2. Pôr do sol na Amazônia, grande coisa.

, Flickr / pyd / Via creativecommons.org

Afinal, seu queixo poderia cair no chão e não levantar mais.

Publicidade

3. Praias desertas são uma chatice, vai.

Susana Cristalli, Brunno Constante / Instagram / Via Instagram: @brunnno

A cada canto do Pará parece ter uma prainha deserta, frequentada só pelos locais.

4. E são praias de rio, isso deve ser esquisito.

Fernanda Kochi / Instagram, Susana Cristalli

Essa água transparente e essas praias de areia branca estão bem no meio do Tapajós.

Publicidade

5. E em Belém do Pará não tem absolutamente nada para ver.

Renato Ribeiro / Via creativecommons.org, Ronald Woan / Flickr / Via Instagram: @brunnno

A não ser, claro, lugares pitorescos para conhecer e fotografar, e experiências legais para fazer.

6. O que pode ter de tão interessante no mercado Ver-o-Peso? É só um mercado!

Carolina Duarte / Instagram / Via instagram.com, Tamara Limberte / Instagram / Via instagram.com

Além da arquitetura do lugar, lá você pode experimentar quitutes típicos como a unha de caranguejo, uma espécie de coxinha paraense.

Publicidade

7. Festa de aparelhagem não deve ter graça nenhuma.

Henrik Moltke / Flickr / Via creativecommons.org, vincerosenblatt / Instagram / Via instagram.com

Você vai ficar bem louco com a música – tecnobrega, tecnomelody e outros cruzamentos de ritmos dançantes para caramba – bombando enquanto milhares de pessoas dançam ao seu redor.

8. Cachaça de jambu é igual a qualquer outra.

diegoperes0001 / Instagram / Via instagram.com, diegoperes0001 / Instagram / Via instagram.com

O sabor é único, e a bebida ainda dá um efeito muito doido de adormecer temporariamente a língua.

Publicidade

9. Sério, não dá imaginar o que pode ter para comer em um lugar assim.

Susana Cristalli, Carlos Vilela / Flickr / Via creativecommons.org

Peixes como tucunaré ou pirarucu, bem frescos e assados na brasa, ou o famoso tacacá, são só alguns dos pratos regionais, geralmente servidos em porções bem generosas.

10. E os doces então? Como você vai fazer doces com aquelas frutas esquisitas?

ryoliveira / Instagram / Via instagram.com, Sorvetes Cairu / Instagram

Bombons recheados com doce de cupuaçu são bem raros de encontrar fora do Pará, e os sorvetes de taperebá ou de castanha vão te deixar querendo mais.

Publicidade

11. Quanto ao açaí de lá, melhor nem chegar perto.

marcelocjr13 / Instagram / Via instagram.com, jordaniama / Instagram / Via instagram.com

Ele é muito mais saboroso e é servido para acompanhar peixe frito e camarão. E se você provar e viciar? Um perigo.

12. Imagina que chatice comer na praia e dormir na rede.

Susana Cristalli, soulkitchenbr / Instagram / Via instagram.com

Basicamente, você vai fazer muitas coisas ao ar livre no meio da natureza.

Publicidade

13. Esse Círio de Nazaré é só uma procissão, né?

Celso de Abreu / Flickr / Via creativecommons.org, Alan Pantoja / Flickr / Via creativecommons.org

Ela acontece em outubro e é uma das festas populares mais espetaculares do Brasil: atrai milhares de pessoas que tomam as ruas de Belém do Pará, tem decorações e comidas típicas.

Veja também:

Publicidade

Publicidade

Veja também