13 diferenças entre o livro "Agora e Para Sempre, Lara Jean" e o filme "Para Todos Os Garotos: Agora e Para Sempre"

Você também chorou no filme?

Finalmente chegou o último filme da grande série da Netflix. "Para Todos os Garotos: Agora e Para Sempre" é baseado no livro de 2017 "Agora e Para Sempre, Lara Jean", escrito por Jenny Han. Como esperado, tiveram algumas diferenças entre o livro e a adaptação, mas a história continua linda.

Simon and Schuster, Netflix

Saiba que aqui tem spoilers do livro e do filme.

Publicidade

1. A viagem à Coreia é no começo do filme.

,

Essa é uma diferença grande. No livro, as irmãs Song-Covey são surpreendidas com uma viagem à Coreia como presente de formatura de Lara Jean. É uma viagem que dura um mês com a avó materna das meninas, e causa um problema entre Peter e LJ porque eles não vão conseguir ficar juntos no seu último verão. Mas no filme, a família inteira está viajando junta na semana do saco cheio. Até Trina, a namorada o Sr. Covey, está lá.

A montagem da viagem tem "Gee" da Girls'Generation como trilha sonora e é narrada com a carta que Lara Jean manda a Peter. Essa viagem coloca a herança da família no plano principal e é uma abertura perfeita para o filme.

2. A ida a Nova York traz uma mudança drástica.

Netflix

Nos filmes, a cidade que nunca dorme leva Lara Jean a uma catarse sobre sua decisão de ir para uma faculdade longe de Peter. Durante sua viagem de formatura, Lara Jean descobre por que Nova York é uma cidade especial. Ela toma a decisão quando vai a uma festa da NYU e percebe que é muito mais legal que qualquer festa de faculdade que ela já viu. Lara Jean tem uma ~daquelas noites em Nova York que acaba com ela ajudando um grupo de garotas que ela não conhece a colocar um sofá rosa no metrô.

Nos livros, que acontecem na costa leste ao invés da oeste, Nova York é um futuro tanto para Peter quanto para Lara Jean. Ele imagina os dois morando naqueles apartamentos com pé direito alto com uma academia, e ela imagina eles morando num bairro mais ~descolado, perto de livrarias. Mas a cidade que Lara Jean se imagina morando é Chapel Hill, da Universidade da Carolina do Norte.

Publicidade

3. O pedido do baile de Peter é literalmente mais doce no filme.

Netflix

As cenas de Peter e Lara Jean na lanchonete são icônicas. É onde eles conversaram de verdade pela primeira vez, e agora é onde ele a convida para o baile.

Nos livros, é bem diferente. Peter tenta muito viver o romance dos filmes que sua namorada tanto ama. Na viagem para Nova York, ele tenta refazer a cena do urso de pelúcia de "Sintonia de Amor". Mas dá errado quando um segurança do Empire State confisca o urso. Pelo visto, Peter não tinha entendido a política de segurança da cidade.

4. Não nos despedimos de Stormy.

Netflix

Stormy foi uma das personagens mais queridas em "P.S. Ainda Amo Você", mas ela nem aparece tanto no filme. Nos livros, Stormy dá um conselho a Lara Jean: "Nunca diga não quando você quer dizer sim". Lara Jean é o tipo de personagem que coloca os outros na frente de si, então Stormy a ajuda a seguir seus sonhos e mudar os planos para a faculdade.

SPOILER: Nos livros, Stormy morre enquanto está dormindo. Em um momento, Lara Jean comenta que sua mentora queria que LJ a colocasse na sua dedicatória.

Publicidade

5. O sorriso encantador de John Ambrose McClaren só está nos livros.

Netflix

Com o filme durando menos de duas horas, seria muito a adicionar na história de John Ambrose. Mas, para o terror de Peter, ele também considerava ir para a mesma escola que Lara Jean.

6. Lara Jean não mente.

Netflix

Lara Jean não consegue mentir para o namorado. Mas ela entra e pânico, e acaba mandando uma mensagem errada, criando um mal-entendido com Peter. Sendo o rei dos grandes gestos, ele aparece na porta da casa da LJ com as roupas de Stanford, tocando uma música na sua caixinha de som. Ainda em pânico, Lara Jean espera para falar com Peter quando estão na sua viagem de Nova York.

7. A história de Margot foi encurtada.

Netflix

Como nos livros, Margot está na Escócia, estudando na faculdade. De todas as irmãs, ela é a que mais queria viajar o mundo e viver aventuras. Mas quando ela está em casa, ela quer que tudo continue igual. Essa energia também está no filme, mas quando ela encontra com Trina, a futura madrasta, é muito mais tenso nos livros. Por ser a mais velha, e com mais memórias da mãe, Margot tem dificuldade em aceitar as mudanças em sua casa. Trina do livro não gosta de comida coreana temperada, o que é um problema gigante para Margot, que é mais ligada às suas origens coreanas. Mas conforme passa o tempo, elas vão percebendo que têm coisas em comum.

Margot até leva para casa seu novo namorado, Ravi, cuja história nem aparece no filme. No livro, Ravi é um estudante indiano-britânico que visita a família e se dá bem com Lara Jean e Peter. A presença de Ravi também leva a uma discussão sobre sexo seguro no livro!

8. Enquanto isso, Kitty descobre os garotos.

Netflix

Kitty, que só tem 12 anos nos livros, conhece um menino bonitinho em Seoul, e eles continuam se falando até discordarem sobre seus livros favoritos. Todas já passamos por isso, Kitty.

9. O noivado de Dr. Covey é muito mais íntimo.

Netflix

O Dr. Covey fica noivo! No filme, é um pedido de noivado íntimo e fofo. Nos livros, ele pede ajuda das filhas. Por serem uma família que curte mais o ar livre nos livros, eles vão em uma longa caminhada. Trina engasga com uma bala e envolve uma manobra de Heimlich. Nos dois, ela aceita!

10. O pai de Peter é muito mais bonzinho no filme.

Netflix

Peter sempre teve um relacionamento difícil com o pai. Nos livros, ele faz um esforço meia-boca e nem aparece no dia da formatura. A versão do pai no filme ainda tenta se aproximar, mesmo errando o nome de Lara.

11. Não tem boliche nos livros.

Netflix

Antes do pai de Peter trombar com os dois, eles estão tendo um encontro incrível, que é basicamente uma recriação cena a cena de "O Grande Lebowski", que faz muito sentido ser um dos filmes favoritos de Peter.

12. A caixa de memórias de Lara Jean era um livro de colagem.

Netflix, Netflix

Lara Jean, minha filha. Tudo bem, todos já passaram por isso de tentar terminar o relacionamento antes que ele acabe com todo o resto. Em uma tentativa de um gesto fofo, Lara Jean junta as memórias dela com Peter. No livro, é um scrapbook. No filme, é uma caixinha. O motivo nos dois é o mesmo, "uma lembrança deles dois". Lara Jean está tentando proteger seu coração, e é sua forma de completar sua história de amor. Não tem sexo no livro, mas Lara Jean aproveita essa chance no filme. Peter ainda não está pronto para terminar, e acabam se magoando.

13. O filme adiciona um epílogo lindo que não tem nos livros.

Netflix

Em "Agora e Para Sempre, Lara Jean", o livro termina com Peter e LJ fazendo um contrato na noite antes de irem para a faculdade. Em "Para Todos os Garotos: Agora e Para Sempre", podemos dar uma olhadinha no futuro. Não é um spoiler falar que os dois se resolvem. Eles são o "felizes para sempre". São a história de amor que sobreviveu namoro falso, amores passados, fofoca, escândalos, drama familiar, e tudo mais. Nada que a distância vá separar.

É difícil dizer adeus aos personagens que Lana Condor e Noah Centineo trouxeram à vida. "Agora e Para Sempre" foi um final fofo para a meta de casais de comédias românticas. Como Lara Jean diz nos livros, "tudo começou com uma carta de amor."

Esse post foi traduzido do inglês.