11 personagens em um triângulo amoroso que escolheram a pessoa certa e 11 que fizeram besteira

Confie em mim: três é muita gente.

Serei honesta: sou viciada por um bom triângulo amoroso. Quem não é? Quando os filmes terminam com o casal ideal junto, você pode me encontrar comemorando dançando pela minha sala de estar.

Sony Pictures

Mas alguns triângulos amorosos me deixam decepcionada e simplesmente me perguntando... por quê?! Então, vamos voltar e descobrir quais triângulos amorosos terminaram perfeitamente e quais terminaram totalmente errados.

Archie Comics

Publicidade

1. Vamos começar com um fácil: Edward era claramente a escolha certa para Bella em "Crepúsculo".

Summit Entertainment

Jacob nem se comparava com Edward. Nosso amado Sr. Cullen esperou quase um século para encontrar o amor de sua vida eterna, e ele estava determinado em garantir a felicidade e a proteção dela. Ele era atencioso, romântico e um pai maravilhoso para Renesmee. Ele até escreveu para Bella sua própria canção de ninar! O que mais uma garota poderia querer?

2. Mas Rony terminar com Hermione na série "Harry Potter" foi uma decepção completa, e eu não serei convencida do contrário.

Warner Bros. Pictures

Não vamos fingir que Rony tenha até mesmo chegado perto de merecer Hermione. Quando Viktor Krum a convidou para o Baile de Inverno, ele ficou todo enciumado, e isso continuaria sendo um tema constante no relacionamento deles. Seria bobagem supor que Viktor era o homem perfeito, já que não o conhecíamos bem, mas eu preferiria ele ao Rony. Droga, eu preferiria QUALQUER UM ao Rony. Até mesmo J. K. Rowling disse que se arrependeu de uni-los e que Hermione deveria ter terminado com Harry.

Publicidade

3. Noah e Allie estavam destinados um ao outro em "Diário de uma Paixão".

New Line Cinema

O coração de Noah pertencia a Allie desde o momento em que ele a viu nos carrinhos de bate-bate. Mesmo depois de um ano de cartas de amor não respondidas (já que a horrível mãe dela interceptou os envelopes), ele construiu a casa dos sonhos de Allie, com tinta branca e persianas azuis. Ele nunca desistiu dela, nem mesmo quando ela teve demência na velhice. Eu queria que Allie não tivesse traído Lon, que era um cara decente, mas estou feliz que ela tenha escutado seu coração em vez de seus pais.

4. Mas Katniss estragou tudo escolhendo Peeta em vez de Gale em "Jogos Vorazes".

Lionsgate

Gale era o fodão. Ele sempre esteve ao lado de Katniss e Prim enquanto cresciam juntos. Os Jogos forçaram Katniss a estabelecer um relacionamento de fachada com Peeta, mas isso foi apenas pela sobrevivência. Ela poderia ter escolhido Peeta no final, mas isso foi depois de se confortar na ilusão. Gale foi fundamental na revolução, e sua paixão por um futuro melhor era absolutamente sensual. Além disso, Gale era interpretado por Liam Hemsworth. Tipo, fala sério!

Publicidade

5. Bridget e Mark, de "O Diário de Bridget Jones", foram o exemplo clássico de um triângulo amoroso que termina com o casal certo.

Studio Canal

Essa comédia romântica, uma reinterpretação de "Orgulho e Preconceito", foi tão boa porque os três personagens principais obviamente tinham seus defeitos. Assim que Daniel felizmente saiu de cena, Bridget e Mark escolheram um ao outro — não porque achavam que o outro era perfeito, mas porque se apaixonaram um pelo outro, apesar de suas imperfeições. Apesar das travessuras grotescas ao longo do filme, esse foi um retrato realista de como o amor realmente funciona.

6. Mas Juliet beijar Mark no final de "Simplesmente Amor" quase arruinou o filme inteiro para mim.

Universal Pictures

Após aquela famosa cena de Mark compartilhando seus sentimentos através de cartazes, Juliet correu para a rua e o beijou. NA BOCA. Após o beijo, ela correu de volta para dentro para o seu marido. As coisas não vão ficar estranhas quando vocês três saírem agora? Uma coisa era ela achar que Mark a faria mais feliz, mas ela não tinha intenção de deixar o marido. A cena toda não fazia sentido.

Publicidade

7. Jack foi a melhor coisa que aconteceu com a Rose em "Titanic", e todo mundo sabe disso.

Paramount Pictures, 20th Century Fox

Ah, "Titantic". A história de amor de uma geração. Jack Dawson surgiu e nos arrebatou: era artístico, apaixonado e acreditava em fazer cada dia valer a pena. Jack salvou Rose de um relacionamento sem amor com seu noivo idiota, e até se sacrificou para que ela pudesse sobreviver (embora ela definitivamente pudesse ter dado espaço para ele naquela porta). Ainda sinto que Rose faleceu enquanto dormia, assim como ela prometeu, para se encontrar com Jack na morte.

8. Mas nada me deixa mais desanimada do que Laurie terminar com Amy em "Adoráveis Mulheres".

Sony Pictures

Eu vi algumas versões de "Adoráveis Mulheres" ao longo dos anos, e toda vez espero que Jo e Laurie terminem juntos. Eu entendo que é exatamente o oposto do que a autora Louisa May Alcott queria, mas isso ainda não significa que Amy deveria ter se casado com Laurie! É verdade que as mulheres nessa época não desfrutavam de independência financeira ou livre arbítrio necessário para se casar por amor. Mas foi bem questionável Laurie trocar as irmãs assim, e estou totalmente convencida disso.

Publicidade

9. Kate escolher Scott, em detrimento do cara popular típico, fez de "Todas Contra John" algo especial aos meus olhos.

20th Century Fox

Kate compartilhava uma química séria (com trocadilhos) com Scott. Eu estava preocupada que ela na verdade se apaixonasse por John, já que ele exibia uma vulnerabilidade atraente com ela que não compartilhava com as outras garotas. Mas Kate superou isso e decidiu permanecer apenas amiga de John, a fim de buscar um relacionamento mais autêntico com Scott, que era claramente mais adequado para ela.

10. Mas Massimo era a maior fofura do mundo, e Mary o ignorou completamente em "O Casamento dos Meus Sonhos".

Columbia Pictures

Massimo era um pouco idiota, mas ele era muito amável. A cena em que ele fez o pedido de casamente com a casa de boneca e prometeu ser verdadeiro e fiel é um alento eterno para o meu coração. E ela o largou no altar! Eu não tenho ideia do motivo de Mary ter escolhido um traidor em vez desse fofinho. Provavelmente porque ele era interpretado por Matthew McConaughey.

Publicidade

11. Aragorn nos abençoou com o final mais feliz quando se juntou a Arwen em "O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei".

New Line Cinema

Aragorn era um espadachim hábil, durão e bonito. Não me admira que Arwen tenha desistido da imortalidade por uma chance de uma vida juntos. É claro que Éowyn também teria sido uma ótima companheira — você pode se lembrar dela da cena foda "Não sou um homem". Mas Arwen e Aragorn usaram sua esperança para um futuro juntos como inspiração para continuarem, mesmo quando toda a Terra Média parecia sombria. O amor deles continua sendo um símbolo de luz para os fãs em todo o mundo.

12. Mas Rachel escolher Harvey ao invés de Bruce em "Batman: O Cavaleiro das Trevas" é uma besteira da qual nunca vou me recuperar.

Warner Bros. Pictures

Eu entendo que Rachel precisava que Bruce guardasse o traje do Batman antes que ela pudesse ficar com ele. Também entendo que ela não podia esperar para sempre, e Harvey Dent parecia a opção mais fácil e menos dolorosa. Mas ela havia amado Bruce a vida toda! Isso partiu meu coração porque ela simplesmente desistiu dele. E ela ainda não sabia disso, é claro, porque foi a morte dela que começou a espiral de Harvey, mas ele se tornou o Duas-Caras! Caramba. Pelo menos Bruce estava sempre determinado a fazer a coisa certa.

Publicidade

13. Mel fez meu coração explodir quando ela correu para o Jake na praia durante a tempestade em "Doce Lar".

Buena Vista Pictures

Andrew era um cara legal, e não doeu ele ter sido interpretado por Patrick Dempsey. Mas eu estava torcendo por Jake e Mel desde o momento em que percebi que eles eram as crianças na cena de abertura. Não foi legal Mel ter prendido Andrew por tanto tempo, a ponto de ele ser abandonado em seu próprio casamento, mas a cena em que ela correu para o Jake usando seu vestido branco me emociona sempre.

14. Mas Andie me magoou escolhendo Blane em vez de Duckie em "A Garota de Rosa-Shocking".

Paramount Pictures

Você sabia que o roteiro original do filme terminava com Andie e Duckie juntos?! Esse é o filme que eu quero ver! Infelizmente, as exibições-teste desaprovaram o casal, então os produtores mudaram apressadamente para um final em que Andie ficava com o cara bonito e popular. Boo. Eu queria que eles tivessem permanecido fiéis ao espírito e mensagem originais. Duckie tinha muito mais caráter e carisma do que o garoto rico e superficial.

Publicidade

15. Mary me deixou orgulhosa quando se colocou em primeiro lugar e escolheu o Ray em "Hancock".

Columbia Pictures

Mary e Hancock foram amantes frustrados por milhares de anos. Eu tinha certeza de que ela terminaria com ele, pois eles pareciam destinados um ao outro. Mas Mary não queria morrer nos braços de seu amante. Ela queria viver uma vida longa e feliz. Respeito qualquer mulher que escolha a si própria ao invés de um homem. Além disso, Ray era um personagem muito fofo, então estou feliz que ele também tenha tido um final feliz.

16. Mas Jean Grey me irritou quando beijou Wolverine em "X-Men 2".

20th Century Fox

Jean e Scott eram um casal muito fofo! Eles cresceram juntos e formavam uma equipe incrível. Então eu não gostei quando Logan colocou Jean em uma situação de merda ao confrontá-la com os sentimentos dele novamente. Ela lembrou a Logan que amava Scott, mas eles compartilharam um beijo apaixonado. Claro, ela acabou se afastando, mas primeiro ela o beijou de volta por 10 segundos inteiros. Não foi legal.

Publicidade

17. Quando Will e April se beijaram no final de "Três Vezes Amor", eu realmente sorri do meu sofá.

Universal Studios

Para ser sincera, Emily, Summer e April eram todas mulheres maravilhosas e inteligentes, e Will seria sortudo terminando com qualquer uma delas. Mas eu gostei mais da personalidade de espírito livre da April, então fiquei contente ao ver que, embora Emily fosse a mãe, April era o verdadeiro interesse amoroso. Pontos extras ao fato de Maya ser tão solidária com seu pai namorando a April.

18. Mas Sarah deixar o Peter pelo Aldous foi um erro total em "Ressaca de Amor".

Universal Pictures

Sim, Peter começou o filme como um preguiçoso desmotivado. Mas isso não é justificativa para o caso de um ano de Sarah com Aldous. Ela fez pouco caso de Peter e, quando ele finalmente começou a seguir em frente com Rachel, ela ficou com ciúmes e começou a usar Aldous, que revelou seu próprio caso. Acho que Sarah acabou se arrependendo de sua infidelidade. Problema da Sarah, mas estou feliz que Rachel e Peter tenham encontrado o amor um pelo outro no fim.

Publicidade

19. No fundo, Niobe sempre soube que Morfeu deveria ficar ao lado dela em "Matrix".

Warner Bros. Pictures

Morfeu e Lock eram opostos filosóficos: Morfeu era romântico e espiritual, enquanto Lock era um defensor pragmático das regras. Mas Lock também era possessivo com Niobe de uma maneira que eu não achava que a personagem dela toleraria, mesmo que temporariamente. Graças a Deus ela pareceu ter recuperado os sentidos: eu adorei a cena meiga no final de "Matrix Revolutions", em que Neo se sacrificou, e Niobe e Morfeu se abraçaram carinhosamente em gratidão surreal.

20. Mas a história de "Romeu e Julieta" não foi tão romântica quanto nos ensinaram a acreditar (desculpe, Shakespeare).

20th Century Fox

Em "Romeu + Julieta", ela começou a dançar com Paris enquanto procurava Romeu pelo salão. Ela nunca deu uma chance a Paris! E daí que ele era rico, bonito e querido pela família dela? Isso não era exatamente um empecilho. Além disso, Paris era interpretado por um jovem Paul Rudd! Julieta simplesmente ficou apaixonada por Romeu e honestamente morreu sem motivo. Apesar do que meus professores de literatura do ensino médio pensavam, Romeu e Julieta era uma história de obsessão adolescente.

Publicidade

21. Charlie exibindo um autorretrato para sua tese em "Those People" foi a maneira perfeita de terminar o triângulo amoroso.

Wolfe Video

Se você ainda não viu "Those People", altamente recomendo essa história de amadurecimento LGBTQ+. Eu não conseguia entender o apelo de Sebastian, o melhor amigo egoísta de Charlie. Tim, por outro lado, amava Charlie de todo coração e oferecia o entendimento sábio de um homem mais velho. Eu estava torcendo por Tim até Charlie acabar escolhendo a si mesmo em vez de qualquer interesse amoroso. Esse tipo de crescimento e autoentendimento do personagem foi uma doce surpresa e exatamente o final certo.

22. Mas Daisy ficar com o marido traidor em "O Grande Gatsby" me confunde sempre.

Warner Bros. Pictures

Os motivos de Daisy sempre foram suspeitos, mas, em sua essência, ela apenas parecia perdida e confusa. De um lado, ela tinha o Gatsby, um ex-amante obsessivo que construiu uma fortuna só para ela. Do outro, estava seu marido Tom, uma pessoa terrível que queria controlá-la. Nenhum dos dois era perfeito: Tom a traía constantemente, e Gatsby era apaixonado pela ideia dela mais do que por ela como pessoa. Ainda assim, não consigo entender sua decisão de deixar Nova Iorque com Tom, e provavelmente nunca entenderei.

Publicidade

Deixei de fora algum dos seus triângulos amorosos de filme favoritos? Deixe sua mensagem nos comentários abaixo!

Este post foi traduzido do inglês.

Publicidade

Veja também