10 coisas legais para testar em fevereiro

Mimos e compras que nós amamos esse mês.

Coisas que testamos
Coisas que testamos

BuzzFeed Brasil

Fruittella sabor Framboesa e Creme.

Caixinha de balas Frutella branca e rosa com o logotipo da marca.
Caixinha de balas Frutella branca e rosa com o logotipo da marca.
Caixinha de balas Frutella branca e rosa com o logotipo da marca.
Caixinha de balas Frutella branca e rosa com o logotipo da marca.

Matheus Saad/BuzzFeed Brasil, Matheus Saad/BuzzFeed Brasil

Quem acompanha o Testamos todo mês já sabe que eu sou especialista no assunto balas e chicletes. É por isso que estou aqui mais uma vez para falar de um lançamento que adorei: a nova Fruittella Framboesa e Creme. Aquele gostinho de fruta da versão tradicional está bem presente nessa novidade, mas por ser de framboesa (e não morango) achei um pouquinho mais azedo. Isso não é uma crítica, até porque o azedinho combina muito bem com a parte que tem sabor de creme (essa é igual à versão original e dá aquela sensação de que a bala derrete na boca). Falando nisso, a textura também é igual à da Fruittella tradicional, bem dura, mas que aos poucos vai se desfazendo. Super recomendo! O preço sugerido é de R$2,10 e você pode encontrar a nova Fruittella Framboesa e Creme em mercados, padarias, empórios, farmácias ou em qualquer lugar que venda balas e chicletes.

- Matheus Saad

Publicidade

Mochila Moove Pop TV do BBB 21.

Imagem da mochila especial do BBB21.
Imagem da mochila especial do BBB21.

Ketyanne Silva/BuzzFeed Brasil, Ketyanne Silva/BuzzFeed Brasil

A GoCase Brasil lançou uma linha de mochilas para celebrar o BBB 21 e se inspirou nas cores das televisões para criar a estampa. O resultado é bem criativo, nostálgico e alegre ao mesmo tempo, longe do tradicional preto-cinza das mochilas para carregar notebook. A coisa que mais amei são as alças reforçadas, que permitem carregar ela nas mãos de forma confortável — perfeito pra quem pega transporte público e tem a consciência de não carregar a mochila nas costas. As alças são largas e grandes, bem resistentes. A mochila tem um bolso frontal com quatro repartições para guardar pertences bem organizados e separados, o que facilita na hora de encontrar chaves, celulares e afins. Por dentro tem uma repartição para carregar notebook, que é acolchoada, e outra para documentos e miudezas. Não é impermeável mas o material aguenta uma chuvinha sem molhar por dentro. Mesmo se você não for fã de BBB vale o investimento, pois a mochila é linda e bem resistente. A linha toda, que inclui malas de mão e nécessaires, está no site da marca.

- Ketyanne Silva

PlayStation 5.

Console de Play Station 5, branco azul e preto, recém tirado da embalagem.
Console de Play Station 5, branco azul e preto, recém tirado da embalagem.

Luiz Guiherme Moura/BuzzFeed Brasil, Luiz Guiherme Moura/BuzzFeed Brasil

Uma das coisas que me manteve são durante 2020 com certeza foi o meu PlayStation 4. Poder escapar da realidade por algumas horas e me concentrar em diferentes narrativas e me conectar com amigos virtualmente me ajudou a manter a cabeça minimamente em ordem e enfrentar o período de isolamento. Não é à toa que recentemente a Sony lançou a retrospectiva 2020 e pude constatar que acumulei nada menos do que 1238 horas jogadas ao longo do ano! (Se você tem o console e jogou no ano passado, dá para conferir o seu histórico aqui neste link).

Dito isso, tive a oportunidade de testar o novo console PlayStation 5 nestes últimos dias e fiquei assim: 👁👄👁 . A primeira impressão ao tirá-lo da caixa é de que ele é ENORME e com um formato bem incomum. Mesmo tendo visto fotos e vídeos antes, o console tem um impacto meio doido quando visto pessoalmente e com certeza chama atenção... fiquei até meio intrigado nos primeiros dias (de um jeito bom)!

Agora o que realmente interessa: como é jogar no PS5? Notei dois pontos de destaque no início. O primeiro é o controle: os botões e sensores foram atualizados e agora é possível sentir o jogo de uma forma diferente, com variações de vibração e toque, e os novos gatilhos adaptáveis (os botões que ficam mais na parte de trás do controle agora podem oferecer uma resistência física ao serem acionados, dependendo do uso dentro do jogo), que abrem um mar de possibilidades para os jogos futuros criarem experiências diferentes, o que me deixa muito ansioso para acompanhar os lançamentos dos próximos anos, quando as funcionalidades já estiverem incorporadas na jogabilidade (vale apontar que estas novidades não necessariamente funcionam nos jogos já lançados).

O outro ponto é a performance que, como esperado, é bem superior ao console anterior. Jogos como "The Last of Us II" ficaram ainda mais bonitos visualmente e rodaram de forma mais suave (esta imagem usada aqui é uma captura de tela que fiz direto no jogo); "Genshin Impact", que dá umas engasgadas no PS4 vez ou outra (principalmente quando tem muita coisa acontecendo ao mesmo tempo na tela), parece até outro jogo no PS5. Joguei com mais três amigos online ao mesmo tempo e não rolou nenhuma travadinha. Tudo de bom!

Em resumo, o console tem muito potencial a ser explorado no futuro, mas já dá para aproveitar melhor os jogos atuais se você é uma pessoa que joga muito e está pensando em fazer este investimento (que não é baixo, sabemos bem). Os estoques das lojas estão sendo repostos aos poucos, então é preciso ficar de olho quando o console estiver disponível na sua loja de preferência.

- Luiz Guilherme Moura.

Publicidade

Nova linha de lanches com calabresa, do Bullguer.

Luiz Guilherme Moura/BuzzFeed Brasil, Luiz Guilherme Moura/BuzzFeed Brasil, Luiz Guilherme Moura/BuzzFeed Brasil

O Bullguer, rede de hamburguerias especializada em smashburguer, lançou recentemente duas novidades: o Bullguer Calabresa e o Hot Dog Calabresa, uma parceria da marca com a atriz Dani Calabresa (melhor escolha de ~garota propaganda~!).

Pessoalmente, eu gosto muito do Bullguer e frequento desde que abriram as primeiras unidades aqui em SP, então não foi nenhuma surpresa para mim descobrir que os lanches novos são gostosos DEMAIS. O sanduíche, que custa R$ 29, vem com linguiça calabresa bem temperada, hambúrguer de 100g de carne Angus, queijo prato e cheam cheese Catupiry, cebola, honey mustard, rúcula e tomate, tudo isso dentro de um pão de brioche super macio e saboroso. É de comer chorando de alegria.

Já o cachorro-quente (R$ 24) é feito com salsicha húngara de carne suína temperada, calabresa fatiada, cream cheese Catupiry, cebola, rúcula, tomate e honey mustard. Fazia um tempo que eu não comia cachorro-quente e eu comi já pensando em quando ia pedir de novo no delivery. A combinação dos ingredientes orna muito bem e fica bem equilibrada, sem pesar muito no estômago.

Os lançamentos já estão disponíveis nas quase 30 unidades da rede, espalhadas pelos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Brasília.

- Luiz Guilherme Moura.

Vinhos rosé Clichê.

Vou começar contando duas coisas sobre mim. Primeiro: eu amo e consumo muito vinho. Segundo: eu nunca gostei de vinho rosé. Dito isso, aceitei quando o pessoal da Clichê me escreveu oferecendo o envio de garrafas dos rosês da marca para provar. Aceitei porque eu não sou boba, e também porque estava muito calor e a ideia de um vinho leve e sem frescura pra melhorar os dias veio em ótima hora. A ideia da Clichê é dar uma desmistificada no consumo de vinho, que é visto por muita gente como uma coisa de gente esnobe, ou para consumir em situações tipo jantar de adultos, ou como produto inacessível. Tudo isso que não poderia estar mais longe da verdade, visto o mundo do vinho é uma coisa realmente muito diversa e que aquela coisa de "vinho bom é vinho caro" é super do tempo dos meus avós. Além disso, por estarmos na América do Sul temos acesso a excelentes vinhos uruguaios, chilenos e argentinos, com ótimos preços. Na loja online da Clichê você encontra vinhos a partir de R$45 (todos rosé!), além de combos com desconto, sacolas para carregar com charme e um clube de assinatura. Ah, sim: eu botei vinhos rosé na minha lista de compras. Obrigada!

- Gaía Passarelli

Publicidade

Coisas que compramos
Coisas que compramos

BuzzFeed Brasil

Hidratante "Cuide-se Bem, Boa Noite" do Boticário.

Embalagem de loção hidratante da linha Cuide-se Bem Boa Noite, de Boticário.
Embalagem de loção hidratante da linha Cuide-se Bem Boa Noite, de Boticário.

Ketyanne Silva/BuzzFeed Brasil

Nesses tempos estou enfrentando dificuldades para dormir, um problema com o qual muitas pessoas estão tendo que lidar, então criei uma rotina para melhorar essa situação. Além de abandonar o celular, ler, tomar um chá de ervas, eu incluí cuidados com a pele nessa rotina. Eu tenho dermatite atópica e nem todo produto funciona pra mim. Resolvi testar a linha Cuide-se Bem da Boticário que é vegana e tem uma fórmula que promete cinco vezes mais camomila, planta com propriedades calmantes. Para a minha pele, que está quase sempre irritada, essa é uma ótima alternativa pós-banho e antes de dormir, porque o cheiro dá sensação de conforto e calma. Pessoalmente, achei a textura muito grossa, mas por outro lado fiquei com a pele bem hidratada até acordar. Estou amando acordar cheirosinha e como a própria marca diz: "cuide-se bem, faça isso por você". Você pode conhecer a linha toda aqui.

- Ketyanne Silva

Publicidade

Shampoo vegano Ever Curl Hydracharge.

Embalagem do shampoo Ever Curl
Embalagem do shampoo Ever Curl

Camila Sá/BuzzFeed Brasil

Comprei esse shampoo numa promoção de farmácia durante a Black Friday pra testar. Tô usando ele desde o final de outubro e AMANDO sempre que preciso lavar o cabelo. Esse momento pra mim costuma envolver bastante preguiça por ter cabelo cacheado e cheio, mas com esse produto tenho sentido mais facilidade durante o processo porque ele parece realmente ser mais hidratante ao invés de deixar os fios ásperos e ainda mais embaraçados. O segredo pra render muito shampoo, eu já contei em outro Testamos mas segue novamente: esse tipo de produto você só aplica na raiz do cabelo! Saio do banho com o cabelo limpinho, macio e super gostoso. Ele é um pouco mais caro (cerca de R$67) mas rende bastante.

- Camila Sá

Linha skincare da Océane.

Chris Dierkes/BuzzFeed Brasil

Antes eu seguia uma rotina de skincare certinha, mas daí veio a pandemia e tirou a minha vontade de fazer qualquer coisa. Uma das minhas metas de 2021 é retomar essa rotina, para recuperar o estrago do tempo que eu fiquei sem fazer e também porque ter um ritualzinho diário de autocuidado está me ajudando a colocar minha vida de volta nos eixos.

Ouvi falar da linha de cuidados com a pele que a Océane que é desenvolvida na Coreia do Sul e que recebeu boas avaliações, então decidi testar. Achei uma boa opção já que a maioria dos produtos que eu usava antes eram coreanos, mas com a alta do dólar e dificuldade de importar coisas por causa da pandemia inviabilizaram com que eu continuasse usando esses produtos.

Comprei os produtos de uma rotina básica completa: gel de limpeza, tônico, sérum, hidratante facial e hidratante para área dos olhos. Também comprei um massageador facial de Jade, que não é essencial para a rotina, mas eu queria experimentar porque ajuda a diminuir o inchaço e ajuda os produtos a penetrarem mais fácil na pele.

Estou seguindo todos os passos na ordem certa, duas vezes por dia, há uma semana, e já senti algumas melhorias. Minha pele está mais uniforme, os poros estão mais fechadinhos e a hidratação está belíssima. A longo prazo acredito que notarei mais efeitos positivos. Os produtos tem um cheiro gostoso e também rendem bastante. O massageador facial vem em um estojo ótimo que o protege de eventuais acidentes.

Dois pontos negativos que destaco dos produtos que usei é que o sérum é um pouco difícil de espalhar uniformemente na pele, e o gel de limpeza é muito líquido e fica vazando da embalagem, então eu preciso guardar com o bocal para cima. Também tenho que tomar cuidado ao colocar o produto na mão para não vir uma quantidade muito grande, já que um pouquinho basta para lavar o rosto.

Linha de Skincare da Océane:

Gel de limpeza facial - R$56,00

Tônico facial - R$59,00

Gel hidratante facial - R$52,00

Creme para área dos olhos - R$39,00

Kit hidrata tonifica e desincha R$176,38

- Chris Dierkes

Publicidade

Desodorante natural da Olea.

Embalagem do desodorante natural Olea, que é um vidro transparente com tampa preta.
Embalagem do desodorante natural Olea, que é um vidro transparente com tampa preta.

Debora Lopes/BuzzFeed Brasil.

Se você, assim como eu, se preocupa com os produtos que usa até mesmo no seu lindo sovaco (palavra de grafia estranhíssima ao meu ver), vale experimentar esse desodorante natural. Talvez você não saiba, mas vou te contar: desodorantes e antitranspirantes têm funções diferentes. O primeiro apenas ajuda a amenizar o fedorzinho típico que temos na região e o segundo inibe o suor. A grande questão é que, para inibir o suor, são utilizados sais de alumínios, e estudos recentes apontam que eles não fazem muito bem para o nosso organismo. Este desodorante da Olea, que é uma saboaria natural, é vegano e feito com leite de magnésia, água, vodca (sim, vodca!) e óleos essenciais de lavanda, alecrim e manjericão. É super cheirosinho e refrescante. Você precisa agitar antes de usar e duas espirradas vão segurar bem o cheirinho de suor pelas próximas horas. Mas vale ressaltar que é um produto natural, com uma duração diferente de um desodorante industrializado que você compra na farmácia. Se estiver muito calor, é preciso dar mais umas borrifadas ao longo do dia. Quando comprei, achei que não ia gostar tanto e que ia ficar fedida, mas ele me surpreendeu. Valeu muito a pena. O desodorante custa, em média, R$ 35, e pode ser comprado pelo Instagram da Olea ou pelo WhatsApp da marca.

- Débora Lopes

Jogo High Heels!

Imagem do jogo High Heels!
Imagem do jogo High Heels!

Matheus Saad/BuzzFeed Brasil, Matheus Saad/BuzzFeed Brasil

Sim, esse é aquele jogo que você provavelmente já cansou de ver nas propagandas do Instagram e de outros apps. Foi exatamente por isso que eu resolvi baixar e ver qual é a vibe, e olha, eu me surpreendi! Começando pelo lado ruim, o jogo é cheio de propagandas e entre uma fase e outra você precisa ficar escolhendo entre assistir anúncios maiores ou menores. Para se livrar deles é preciso pagar uma taxa de R$ 16, mas como ninguém aqui é herdeiro eu resolvi jogar a versão grátis mesmo. A jogabilidade é bem simples, você só precisa mover o personagem pra direita ou pra esquerda evitando os obstáculos. O objetivo é chegar no final do trajeto ainda calçando seus belíssimos sapatos de salto alto. É um esquema bem viciante, e no segundo dia jogando eu já estava no nível 50. Com os diamantes que você coleciona dá pra comprar sapatos novos, destravar outros personagens e até mudar de look. Ótima opção pra quem curte um joguinho besta pra passar o tempo, tipo eu. O "High Heels!" está disponível para iOS e Android.

- Matheus Saad

Publicidade

Veja tudo que indicamos em outros meses!

Veja também