Quantas destas nojeirinhas você já enfrentou quando estava menstruada?

Nada supera a mistura de cocô e sangue que se forma no papel higiênico.

BuzzShe

Crystal Ro / BuzzFeed

Assinale tudo aquilo que você já passou menstruada:

Continuou usando a calcinha mesmo tendo sujado ela de sangue de menstruação.

Ficou com preguiça de trocar o lençol quando escorreu um pouquinho de sangue durante a noite.

Vestiu uma calcinha com uma super mancha de menstruação que você não conseguiu remover completamente.

Aliás, você já acumulou uma quantidade considerável de calcinhas manchadas.

E as divide entre calcinhas "para sair" e "para menstruar".

Examinou a quantidade de coágulos que se formaram em um absorvente ensanguentado.

Esqueceu que estava menstruada, coçou lá embaixo e ficou com as unhas cheias de sangue.

Foi se enxugar depois do banho e sujou a toalha com sangue de menstruação.

E continuou usando a mesma toalha, já que poderia sujar ainda mais.

No caminho entre a privada e o box, deixou um rastro de sangue no chão.

Cagou menstruada e ficou observando a mistura de coco e sangue que se formou no papel higiênico.

Pior, ficou com diarreia e fez a mesma coisa.

Gastou quase um rolo de papel higiênico inteiro para se limpar porque parecia que o sangue não tinha fim.

Peidou menstruada e sentiu o sangue se espalhar pela sua bunda.

Quando acordou, percebeu que a menstruação vazou e sujou sua calcinha, sua roupa, o lençol e o colchão.

Ficou com um absorvente por muitas horas porque ninguém tinha um para emprestar.

Ou usou um bolo de papel higiênico para dar uma segurada até conseguir um absorvente.

Fez o número 2 e sentiu a cordinha do OB passar pela área proibida.

Ficou conectada pela menstruação à aguinha da privada.

Teve que guardar a panelinha que você usa para ferver o coletor no seu guarda-roupas porque já confundiram com uma panela comum.

Sentiu que o absorvente ficou enfiado na bunda e teve que meter a mão para tirar.

Sentou no vaso e deixou o assento sujo de sangue.

Foi trocar o absorvente, sujou a mão, a parede e a própria roupa.

Sentou numa cadeira e quando levantou percebeu uma mancha enorme de sangue nela.

Já deixou acumular manchas de sangue no seu colchão.

Já jogou uma calcinha no lixo porque não teve coragem de lavar de tanto sangue que tinha.

Saiu do banho e, enquanto se secava, sentiu o sangue escorrer pela sua perna.

Vazou a menstruação e você seguiu a vida mesmo com a roupa manchada.

Trocou o absorvente num banheiro químico enquanto tentava desviar de toda a merda que estava ali.

Ficou muito tempo sem trocar o absorvente e percebeu que a menstruação secou nos seus pelos pubianos.

Aproveitou a umidade da menstruação e se masturbou usando as mãos.

Pediu para o boy, ou girl, fazer sexo oral em você e depois continuaram se beijando normalmente.

Usou o sangue da menstruação para regar as suas plantas.

Cheirou o absorvente cheio de sangue para saber se aquele cheiro estava vindo de você.

Colocou o absorvente ao contrário e sentiu a cola puxando seus pelos.

Emendou um absorvente no outro e mesmo assim vazou menstruação enquanto você dormia.

Peidou e sentiu que o cheiro ficou preso no seu absorvente.

Colocou uma toalha na cama para transar menstruada.

Desenhou um quadro com o sangue da menstruação para quebrar tabus.

Arrebentou a cordinha do OB enquanto tentava tirá-lo e caçou ele dentro da sua vagina com as próprias mãos.

Derramou o sangue do coletor menstrual na mão.

Ou então no chão.

Amarrou uma blusa na cintura para disfarçar a mancha de sangue e acabou sujando a blusa também.

Andou de forma esquisita porque se formou uma bola de ar entre você e o absorvente.

Teve que dar mais de uma descarga porque um coágulo de sangue insistiu em ficar na privada.

Mostrar meu resultado!

Publicidade

Veja também:

Você sobreviveria a um ciclo menstrual?

Quantas destas raivas você já passou por ser mulher?

Quantas vezes o machismo já te deixou PISTOLA?

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil no seu celular? Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.

Veja também