Você PRECISA seguir estes 12 perfis indígenas nas redes

O dia dos povos indígenas passa rápido demais. É importante seguir o ano todo.

Dia 19 de abril é o Dia dos povos indígenas. Uma data pra que o país todo reflita sobre o descaso que indígenas sofrem no Brasil.

Mas apenas um dia não é o suficiente para que isso seja colocado em pauta. Pois isso, listamos aqui 12 perfis de indígenas para você acompanhar durante o ano todo, para aprender, celebrar e defender quem estava aqui antes mesmo do Brasil.

@cunhaporanga_oficial

Jūgoa é uma TikToker completa. Mete dancinhas, faz trends - mas tudo isso enquanto conta sobre seu dia a dia e tira dúvidas sobre a vida indígena no Brasil. Conteúdo bom demais!

Publicidade

Artista indígena trabalha fazendo storyboards na Mauricio de Sousa Produções. Faz um trampo lindo demais, com traços difíceis de encontrar por aí. Vale demais acompanhar.

Publicidade

Tidos com a primeira banda indígena de rap do Brasil, O Bro MCs é revolucionário por si só. Acompanhar eles, na real, está deixando de ser um privilégio e passando a ser uma obrigação pra quem curte se manter antenado em música: com apresentações cada vez mais frequentes na TV, e show marcado no Rock in Rio deste ano, os caras já dominaram o mainstream. Que bom.

Publicidade

@noahalef

TikToker modelo, Noah faz conteúdos recheados de brincadeira – e biscoito. Tudo muito bem feito. Super legal!

Publicidade

Estilista, Day Molina usa a moda como uma arma para nos livrarmos de tantos comportamentos que herdamos do período colonial. Com criações lindas, carregadas de história e sustentabilidade, ela mostra que a luta indígena está no dia a dia do brasileiro. Muito incrível mesmo.

Publicidade

Genilson é um fotógrafo indígena foda. Um daqueles arrobas que dá até uma sobrevida pra esse instagram saturado de influencers meio vazios. Com imagens impecáveis ele registra protestos, eventos, e a rotina de indígenas.

@rafa.kaje

Rafa é bissexual e usa o TikTok pra falar sobre sua vida como um Guarani - e sobre desilusões amorosas. Conteúdo bom demais, facílimo de se relacionar. Follow mais do que justo.

Publicidade

Veja também