Você comeria essa monstruosidade em forma de cachorro quente?

Compreensivamente dispensável.

Recentemente algumas pessoas compartilharam (por desejo ou curiosidade) este vídeo onde um GIGANTESCO hot dog no prato é produzido.

Esse vídeo original foi um sucesso no Facebook da lanchonete, que na verdade é em Indaiatuba e não no Recife como especulou o autor do vídeo da página "Diário de um Tombé".

Bom caso você não tenha pego, vamos analisar minuciosamente cada parte da produção desse hot dog. Depois de por as salsichas e picá-las, coloque uma quantidade razóavel de mostarda.

Publicidade

O mesmo para o ketchup.

Um pouquinho de milho e vinagrete...

Publicidade

Eu disse "VINAGRETE".

Publicidade

Depois uma considerável camada de frango desfiado.

Hora de tacar bacon. Só um pouquinho.

Publicidade

Tá ficando bom né?

Aí você vem com uma camadinha de queijo.

Publicidade

Uma passadinha de leve de catupiry e maionese pra dar um sabor no miolo.

Publicidade

E então CIMENTA TUDO com purê de batata.

Sim, em São Paulo é aceitável ter purê de batata no cachorro quente (ainda é um cachorro quente, vale lembrar).

Publicidade

Pra dar um acabamento, uma passadinha de catupiry também em cima.

E uma pitadinha de batata palha.

Você acha que tá bom?

Publicidade

Sentiu falta de pão?

Veja também:

Publicidade

Publicidade

Veja também