Um biólogo tem uma possível explicação de porque o fetiche por pés é tão comum, e eu estou passada

Dedos mínimos, dedos mínimos. Onde estão? 🎵 Na verdade, eu acho que não quero saber.

Você conhece o ditado "o lixo de uns é o tesouro de outros"? É isso que eu sinto a respeito de pés. Eu particularmente não sei o que as pessoas veem nessa parte do corpo, mas tem gente que sente um PUTA TESÃO por pés.

20th Century Fox

De acordo com um estudo de 2007 realizado pela Nature, que entrevistou 5 mil pessoas, os fetiches mais comuns envolvem pés ou objetos relacionados a pés (tipo sapatos).

"Fascinante."

NBC

"Fascinante"

Publicidade

Eu nunca pensei sobre as razões por trás da associação sexual com pés até ver um vídeo que investigou o aspecto biológico do fetiche. No TikTok, um biólogo evolucionista de 29 anos chamado Forrest Valkai fez um diagrama do cérebro para chegar na raiz da nossa curiosidade.

@renegadescienceteacher

Reply to @imcyfi I'm a biologist, not a psychologist, but this one actually has a biological reason. #science #biology #foot #kinktok #LearnonTikTok

"Eu sou biólogo, não psicólogo, mas essa pergunta tem uma explicação biológica. #ciência #biologia #pés #kinktok #aprendanoTikTok"

Já que a maioria de nós provavelmente não estudou neurobiologia (ou, se estudou, não lembra de nada), nós conversamos com o Forrest para simplificar ainda mais tudo que ele falou no vídeo. "O nosso cérebro é super rugoso", afirmou o biólogo. "Essas dobras se chamam sulcos, e os fios no meio das dobras são os giros (circunvoluções cerebrais)". Nenhum padrão é igual ao outro (é tipo uma impressão digital gosmenta), mas há certas estruturas que são iguais em todas as pessoas. O córtex somatossensorial é uma delas. É a principal parte do cérebro que sente o toque e fica no giro pós-central (o fio grande), logo atrás do sulco central (um sulco profundo que todos seres humanos têm exatamente no mesmo lugar, em cima do cérebro)".

A diagram of the human brain
A diagram of the human brain

TikTok / renegadescienceteacher / Via tiktok.com

Publicidade

"As diferentes partes do corpo foram mapeadas no desenho do córtex, mostrando que a parte do cérebro que sente os pés e dedos dos pés está logo ao lado da parte que sente os genitais", afirma Forrest. "Por estarem lado a lado, 'as coisas podem se confundir', em termos leigos, então, é como se a pessoa visse ou tocasse em órgãos genitais quando visse ou tocasse pés".

A diagram of the somatosensory cortex
A diagram of the somatosensory cortex

TikTok / renegadescienceteacher / Via tiktok.com

Se você tiver curiosidade de por que o cérebro funciona assim, há muitas teorias. "Existem muitas hipóteses sobre isso. A minha favorita é a de que sentir prazer nos pés pode encorajar as pessoas a deixá-los mais limpos e livres de parasitas. Lembre-se, quando falamos sobre a evolução de comportamentos, não é sobre simplesmente não morrer. É preciso fazer coisas que também nos ajudem a viver", disse o biólogo.

Vice

Publicidade

Forrest também falou sobre o aspecto psicológico por trás do fetiche. "O fetiche por pés tende a aumentar depois de surtos de ISTs", ele afirmou. "Até a pornografia relacionada a pés se tornou mais popular depois de surtos de AIDS ou sífilis ao longo da história. A hipótese mais comum é de que os pés são algo seguro, sem penetração e não contagioso para sexualizar, então o cérebro se apega a isso".

Adult Swim

Embora as teorias discutidas por Forrest façam muito sentido (e sejam divertidas pra caramba), ele gostaria de lembrar a todos de que elas ainda não foram confirmadas cientificamente. "É preciso entender que é difícil as pessoas serem super abertas sobre seus desejos sexuais íntimos com desconhecidos em pesquisas, principalmente sobre temas considerados tabu, então é um grande desafio conseguir boas informações", afirmou. "No entanto, algo que temos certeza é de que pés são um dos fetiches mais comuns do mundo, então não tenha medo de ser honesto(a) com seu parceiro(a)! Você pode se surpreender com o que ele(a) também curte."

ABC

Publicidade

Para mais curiosidades divertidas sobre a evolução e sobre o corpo humano, confira o site, o Instagram e o TikTok do Forrest Valkai!

Este post foi traduzido do inglês.

Publicidade

Veja também