O TSE está usando o TikTok para defender a urna eletrônica

Ela tá, tá movimentando (a democracia)!

Reprodução do Tik Tok onde a tela é dividida com uma foto da Urna, acompanhada pelo texto "E depois de votar, o que faz um cidadão", com a outra metade tendo um jovem com cara de desespero.
Reprodução do Tik Tok onde a tela é dividida com uma foto da Urna, acompanhada pelo texto "E depois de votar, o que faz um cidadão", com a outra metade tendo um jovem com cara de desespero.

Reprodução / Tik Tok

A urna uletrônica tem apanhado muito. Jair Bolsonaro não poupa críticas ao sistema, diz que é fraudulento, que sabe de bastidores sobre as tentativas antidemocráticas envolvendo a modernidade da urna - mas se nega a mostrar qualquer tipo de prova sobre o que fala. Em suma, defende o retorno do voto impresso.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai no caminho oposto do presidente, advogando pela urna digital, mostrando por quais motivos essa é a forma mais avançada - e segura - de votar. E agora, o órgão quer levar essas informações para um público nada cringe: os jovens do TikTok. 

O TSE entrou na plataforma e usa o espaço para defender a urna eletrônica. Mas nada de textão! O tribunal tem usado filtros e memes da ferramenta pra comunicar informações sobre o sistema.

Publicidade

E tem dado certo. Esse vídeo abaixo, por exemplo, atingiu 160 mil visualizações, número decente pra plataforma. Principalmente quando, no lugar de dancinhas, estamos falando de um assunto chato como modelos de urna.

Até agora, aliás, o perfil acumula 29 mil seguidores na rede. 

Publicidade

O espaço tem sido usado principalmente para rebater fake news, como a de que urna eletrônica não pode ser auditada...

Combater mentiras sobre a urna...

Publicidade

Informar sobre direitos...

Mas também para trazer algumas curiosidades.

Publicidade

Se é hit ou não, só o tempo dirá. Mas com certeza é mais informativo do que ouvir de novo sobre o Efeito Mandela...

Veja também