Sikêra Jr. perde 38 anunciantes e tem perfil do Instagram fora do ar

Atacar a comunidade LGBTQIA+ não foi bom negócio para o apresentador.

Atacar a comunidade LGBTQIA+ não foi MESMO um bom negócio para Sikêra Jr..

Reprodução/RedeTV!

Publicidade

O canal de vídeos do apresentador, aliás, foi "escondido" pela RedeTV! para evitar mais críticas.

Reprodução/RedeTV!

A própria emissora, em comunicado, afirmou não endossar o apresentador, que chamou gays de "raça desgraçada" e "nojentos".

"A emissora reprova veementemente todos os tipos de discriminação e preconceito. Nesse sentido, a RedeTV! vem a público manifestar condenação a qualquer expressão de homofobia. Queremos também agradecer a todos os nossos colaboradores por ajudarem a construir uma empresa cada dia mais forte e plural."

Publicidade

Nos próximos dias, Sikêra deve ser intimado a depor sobre as acusações de LGBTfobia.

Além disso, o Ministério Público entrou com uma ação que pede multa de R$ 10 milhões dele e da RedeTV!. Já a Aliança Nacional LGBT pede uma indenização de R$ 5 milhões.

Publicidade

A comunidade LGBTQIA+ ficou triste com uma notícia dessas.

Ninguém mandou mexer com quem tá quieto - e merece respeito.

Veja também