Reality shows para maratonar e nem perceber o tempo passando

Tem pra todos os gostos.

The Circle Brasil

Divulgação / Via Netflix

O que é: Pessoas se trancam em um apartamento (parece familiar?) e só podem se comunicar com as outras usando a rede social "ativada por voz" Circle. Ganha quem for o mais pop entre os participantes.

Eu gostei porque: Os participantes da versão brasileira são bem mais divertidos que os gringos. E sempre engraçado ver alguém mandando uma mensagem com hsahsahahshahsha sem nenhuma expressão no rosto.

Ainori Love van

Divulgação / Via Netflix

O que é: Reality show japonês que ficou anos em hiato até a Netflix resgatar. Sete jovens solteiros embarcam em uma van rosa para viajar pelo mundo com pouco dinheiro no bolso e muita vontade de achar alguém pra se apaixonar.

Eu gostei porque: além de torcer pelos casaizinhos que vão se formando, você ainda aprende mais sobre os países por onde eles passam. E Depparin melhor participante de reality show, gostaria que ela participasse de qualquer outro.

Publicidade

Mandou bem

Divulgação / Via Netflix

O que é: 3 participantes que são iniciantes na cozinha tentam reproduzir aquelas receitas lindas que a gente vê na internet. Vence quem faz a receita menos pior.

Eu gostei porque: além de ver os participantes se virando pra conseguir construir um bolo de sete camadas em formato de Pikachu em apenas 45 minutos, a Nicole Byers e o Jacques Torres são os melhores apresentadores/juízes possíveis. E ainda tem o Wes. Ps: ignore todas as versões e fique somente com a dos Estados Unidos.

Glow Up

Divulgação / Via Netflix

O que é: maquiadores amadores competem para ver quem é o melhor e ter a oportunidade de trabalhar profissionalmente.

Eu gostei porque: adorei passar raiva a temporada inteira com as decisões completamente descabidas dos juízes sobre quem merecia ganhar e quem deveria ser eliminado.

Publicidade

Vidrados

Divulgação / Via Netflix

O que é: vidraceiros competem para ver quem consegue fazer a melhor peça de vidro. Sim, vidraceiros.

Eu gostei porque: nunca na minha vida toda eu parei pra pensar no processo que rola para fazer uma peça de vidro, é interessante ver como é feito. Além disso, os desafios são legais e o elenco bem fofo. Dá até pra dar uma choradinha assistindo.

Next in Fashion

Divulgação / Via Netflix

O que é: duplas de estilistas competem semanalmente para ver quem consegue fazer a melhor roupa em menos de dois dias.

Eu gostei porque: Essa série é basicamente a mesma coisa que Project Runway mas quem apresenta é o Tan France, de Queer Eye, e a Alexa Chung, it girl circa 2006 e inspiração de algumas músicas do Arctic Monkeys. Angel e Minju: contem comigo para absolutamente tudo.

Publicidade

Namoro, amizade ou adeus?

Divulgação / Via Netflix

O que é: Uma pessoa vai em cinco encontros às escuras com cinco pessoas diferentes e precisa escolher quem quer ver de novo.

Eu gostei porque: Além de ser reconfortante ver que não é só você que tem dates ruins, apostar em quem vai ficar com quem acaba meio que virando um joguinho bem divertido. E tem diversidade de participantes: do hétero topzeira ao senhor viúvo procurando uma namorada apropriada pra idade dele. Destaque especial para o rapaz da foto, icônico.

Peles em guerra

Reprodução / Via Netflix

O que é: competição de body-painting apresentada por RuPaul e Rebecca Romjin, a Mística original.

Eu gostei porque: Eu adoro assistir vídeos de maquiagem, e esse programa leva isso ao extremo maquiando o corpo inteiro. Fora que eu fico passada com o que os participantes podem fazer só com tinta e pincel: a foto aí em cima por exemplo não é montagem não, é só tinta e talento mesmo.

Publicidade

Veja também