Querida Katy Perry, por favor, pare

Está na hora de seguir em frente e arranjar novas "piadas".

Já faz 10 anos desde que Britney Spears teve um dos colapsos nervosos mais notórios da história das celebridades. Nunca havíamos testemunhado algo parecido.

NY Daily News

Como ela era um alvo fácil e era uma época diferente (2007), as pessoas logo começaram a fazer piadinhas sobre cabeças raspadas. Raspar a cabeça, em suma, ficou conhecido como "fazer a Britney".

Ok Magazine

Publicidade

O problema é que esse negócio perdeu a graça muito rápido.

Fox

Como todos sabemos hoje, não é legal fazer piada com transtornos mentais. E Britney foi tratada de uma maneira absurdamente escrota. Estávamos acompanhando uma mulher chegar ao fundo do poço, bem diante de nossos olhos. Ninguém se propôs a ajudá-la, e ver sua autodestruição virou entretenimento para milhões de pessoas.

Us Weekly

Publicidade

E é aí que entra Katy Perry.

Kevin Winter / Getty Images

Katy aparentemente é obcecada pelo fato de Britney ter raspado a cabeça. Ela já mencionou isso diversas vezes ao longo de sua carreira e, ATÉ HOJE, parece continuar achando que isso é uma piada.

Fox

Publicidade

Alô! Não estamos mais em 2007! Essas piadas não têm mais graça.

MTV

"Isso é triste."

A primeira gracinha de Katy aconteceu em 2010, em uma entrevista para a Radio 2. Nela, Katy insinuou que nunca iria surtar, mas que talvez raspasse a cabeça algum dia:

“Meu primeiro disco só estourou quando eu tinha 23 anos, por isso talvez meu estado mental fosse diferente de alguém que alcançou o sucesso bem mais jovem. Se você está começando a carreira aos 14 ou 15 anos, sua maturidade ainda não está totalmente desenvolvida. Não digo que nunca farei nenhuma besteira, porque algum dia eu posso querer raspar minha cabeça. Mas hoje não, senão queimarei minha careca no sol! Eu tenho sorte porque eu tenho uma excelente estrutura de apoio."

Publicidade

Que grosseria...

Em outra entrevista à rádio, ela falou de novo sobre a cabeça raspada: "É como se o fato de ser linda e estar no topo das paradas colocasse muita pressão na gente. Eu vou raspar minha cabeça ano que vem. Não consigo suportar a pressão... vou bater no seu carro com uma sombrinha".

Publicidade

Nada legal.

Depois, em 2015, numa entrevista para a revista "Elle", Katy mencionou a careca de DE NOVO. Ela disse: "Você acha que vai ter de lidar com uma coisa, mas automaticamente surgem centenas de outras coisas. E é por isso que você vê pessoas raspando suas cabeças".

Elle / Via pressparty.com

Publicidade

Publicidade

Muito engraçado.

E, por ÚLTIMO, no Grammy, Katy mencionou DUAS vezes a história de raspar a cabeça.

Mario Anzuoni / Reuters

Publicidade

Ao falar sobre a cor do seu cabelo, Katy disse: "É tipo a última cor no espectro (loiro). Eu usei todas elas. A única coisa que falta é raspar a cabeça, o que é algo que estou guardando para um colapso nervoso. Estou disposta a isso."

Publicidade

*Voz da Jennifer Lopez* JÁ CHEGA!

Publicidade

Prova A:

Publicidade

É tipo: que porra é essa? Katy vem usando o colapso de Britney como piadinha há anos. Ela age como se devesse receber uma medalha por não ter passado por um colapso nervoso como o da Britney. Embora possa não ter sido sua intenção, Katy acaba banalizando um problema de saúde mental grave — algo que estava completamente fora do controle de Britney.

Fox

Alguém precisa dizer a Katy que estamos em 2017 e que essa piadinha não tem mais graça.

Fox

"Seja corajosa em suas escolhas e não tenha medo de ser você mesma."

Publicidade

A "piada" está velha, batida...

Fox

Publicidade

Este post foi traduzido do inglês.

Publicidade

Atualização (15 fevereiro de 2017, 9h10):

Por um erro de tradução, o nome do oitavo disco da cantora Britney Spears estava gravado de maneira incorreta.

Veja também