6 motivos pelos quais adolescentes precisam se vacinar

"A gente quer vacina, TikTok e arte", cantariam os Titãs hoje?

Phynart Studio / Getty

Na última quinta (16), depois de anunciar que a vacinação para crianças e adolescentes seria implementada em todo país, o ministro da Saúde Marcelo Queiroga voltou atrás. Em uma transmissão ao vivo, Jair Bolsonaro afirmou que saiu dele a ideia de rever a vacinação infanto-juvenil - contrariando as recomendações da Anvisa. 

Mas, afinal, qual a importância de vacinar os jovens? 

1. Eles podem pegar Covid.

Capuski / Getty

O motivo mais óbvio para vaciná-los é o mesmo que faz você aplicar as doses em adultos e idosos: a vacinação diminui as chances de desenvolver casos mais graves da doença. Vacinar adolescentes é protegê-los.

Publicidade

2.  Desmistificar a falsa segurança infantil.

Roberto Jimenez Mejias / Getty

"Mas as crianças já não são menos afetadas pela covid?", você pode se perguntar. E a resposta é: sim. Mas elas não são imunes ao vírus. No mês passado, a Fiocruz emitiu um relatório apontando que ao menos 1.207 menores brasileiros faleceram por conta da covid.

3. O perigo da Delta.

aire images / Getty

Esses números, infelizmente, tendem a crescer. Estudos já estão apontando que a variante Delta afeta ainda mais crianças e adolescentes. O cuidado com esse grupo é mais importante do que já era.

Publicidade

4. Volta às aulas.

Phynart Studio / Getty

Escolas Brasil adentro já voltaram com as aulas presenciais, e essa concentração de pessoas não-vacinadas em uma sala não traz o melhor dos prognósticos. Sem a vacinação, aumenta-se o risco de alunos (que não se viam presencialmente há meses) contaminarem uns aos outros e contraírem casos graves da doença.

5. Parentes protegidos.

Courtney Hale / Getty

Mesmo que os jovens não pegassem o vírus (o que sabemos que é mentira), ainda teríamos o problema da disseminação. Sem se vacinar, e em contato com outros não-vacinados, os jovens viram verdadeiros roteadores de covid. O vírus que você pegou na escola pode ser repassado para a avó que espera a terceira dose. Olha o problemão.

Publicidade

6. Mas e a miocardite?

GeorgiNutsov / Getty

Inflamação no coração - que pode, sim, ser fatal - a miocardite tem sido disseminada como um efeito colateral da vacina entre os mais jovens. O ponto é que pesquisadores do mundo inteiro ainda estão tentando entender se há uma relação entre a vacina e a doença. Até qualquer conclusão, isso é apenas especulação.

Publicidade

Veja também