Por onde andam 10 atrizes que foram jovens super estrelas nos anos 90

Elas foram as donas da década pré-virada do milênio.

BuzzShe

Quem assistir "Inventando Anna", na Netflix, vai prestigiar o trabalho de Anna Chlumsky, que ficou famosa como a garotinha de "Meu Primeiro Amor", de 1991, quando ela tinha 11 anos. Os anos 90 tiveram várias jovens atrizes que brilharam muito ainda crianças ou adolescentes, e tomaram rumos diferentes nas décadas seguintes. Listamos 10, você se lembra delas?

Anna Chlumsky

reprodução

A atriz está brilhando na série "Inventando Anna" e manda muito bem desde pequena. Em 1991 protagonizou "Meu Primeiro Amor" aos 11 anos. Nos anos seguintes fez uma continuação do filme e se afastou da atuação para estudar relações internacionais. Voltou nos anos 2010 e teve um papel de destaque na série "Veep", mas nem todo mundo a reconheceu, já que Anna cresceu longe dos holofotes. Ele tem atualmente 40 anos.

Publicidade

Anna arrasa demais em "Inventando Anna" (a série é sobre outra Anna).

Christina Ricci

reprodução

Ela fez sucesso como Wandinha do live-action de "A Família Addams", que estreou em 1991 e teve uma continuação em 1993. Aos 15 anos, em 1995, emendou os filmes "Casper", "Agora & Sempre" e "Caçadoras de Aventuras", e o excesso de trabalho ocasionou distúrbios alimentares e questões emocionais que a fizeram desacelerar a carreira. Desde então Christina segue atuando, mas em projetos menores - seus últimos blockbusters foram "A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça" (1999) e "Speed Racer" (2008). Recentemente ela apareceu em "Matrix Ressurrections" e tem um filho de 7 anos e uma filha que nasceu em dezembro de 2021.

Publicidade

Christina tem hoje 42 anos.

Alicia Silverstone

reprodução

Ela chamou atenção no início dos anos 90 ao aparecer em clipes do Aerosmith, e em 1995, aos 19 anos, estourou como protagonista de "As Patricinhas de Beverly Hills", virando referência de beleza e estilo. Infelizmente, Alicia se provou dona de um único sucesso: seus filmes seguintes foram fracassos de público e crítica, incluindo a superprodução "Batman & Robin" (1997), na qual ela apareceu como Batgirl e foi massacrada pelos fãs de quadrinhos e super-heróis. Em entrevistas recentes, a atriz chegou a falar sobre os comentários terríveis que o público e a mídia fizeram sobre seu corpo na época do filme. Ela seguiu em projetos menores e hoje, aos 45 anos, tem um filho que é a sua cara e luta pelos direitos dos animais.

Publicidade

Alicia com o filho, Bear, de 10 anos.

Mary Kate e Ashley Olsen

reprodução

As gêmeas Olsen estrearam juntas na TV se revezando em um papel na série "Full House" nos anos 80. Na década seguinte, já pré-adolescentes, protagonizaram diversos filmes feitos para o cinema, TV e vídeo. Elas também estamparam produtos licenciados e em 2006 trocaram a atuação pela moda, se tornando estilistas. Até hoje, aos 35 anos, trabalham nesse ramo e não quiseram participar do retorno da série que as lançou.

Publicidade

As gêmeas são irmãs da Elizabeth Olsen, a Feiticeira Escarlate do Universo Cinematográfico da Marvel.

Duda Little

reprodução Instagram

A brasileira dessa lista era repórter do "Xou da Xuxa" aos 6 anos de idade. Em 1990 brilhou dividindo com Xuxa cenas de "Lua de Cristal", e no mesmo ano ainda apareceu em "O Mistério de Robin Hood" com os Trapalhões. Em 1992, aos 13 anos, ganhou seu próprio programa, "Dudalegria", na Manchete, que exibia "Os cavaleiros do Zodíaco", grande sucesso da época. O programa acabou em 96, quando ela tinha 18 anos. Duda seguiu no jornalismo e hoje tem uma filha de 6 anos e trabalha no programa "Mais Você", da Globo.

Publicidade

Duda e a filha, Ana Laura.

Lindsay Lohan

reprodução

Ela era modelo infantil e estreou com atriz em 1998, interpretando irmãs gêmeas em "Operação Cupido". O filme fez sucesso, com muita gente achando que eram, de fato, duas atrizes. Mas Lindsay brilhou sozinha, fez filmes do Disney Channel e nos anos 2000 esteve em clássicos modernos como "Sexta-Feira Muito Louca" (2003) e "Garotas Malvadas" (2004). Entretanto, no final da década a atriz já estava em filmes ruins e chamando mais atenção por seus problemas com a justiça, questões emocionais e vícios em álcool de drogas. Ela tem agora 35 anos.

Publicidade

No jejum de filmes bons desde "Meninas Malvadas".

Mara Wilson

reprodução

Ela ficou famosa aos 6 anos quando apareceu em "Uma Babá Quase Perfeita" (1993) e, em 1996, aos 9 anos, protagonizou "Matilda". Mara já estava afastada de Hollywood antes de completar 20 anos e tem se dedicado a escrever, participar de podcasts e fazer raros trabalhos como atriz. Aos 34 anos, ela fala abertamente sobre os efeitos nocivos da fama na juventude e do assédio que sofria da mídia e do público.

Publicidade

Mara continua com a mesma carinha.

Winona Ryder

reprodução

Ela apareceu em "Beetlejuice" aos 17 anos, no final dos anos 80, mas em 1990 estourou ao estrelar "Edward Mãos de Tesoura" com seu então namorado, Johnny Depp (o astro da época), e "Minha Mãe é uma Sereia", com a Cher. Nos anos seguintes fez filmes que lhe renderam indicações ao Oscar - "A Época da Inocência" (1993) e "Adoráveis Mulheres" (1994) - e tinha tudo para ser uma das grandes em Hollywood. Mas em 2001 foi presa roubando roupas em uma loja em Los Angeles e o caso foi amplamente noticiado, minando seu prestígio e carreira. Winona voltou com tudo em 2016 como a Joyce de "Stranger Things". Em 2021, fez 50 anos.

Publicidade

Salvando o Will já vai fazer quatro temporadas.

Kirsten Dunst

reprodução

Aos 12 anos ela protagonizou, com Brad Pitt e Tom Cruise, "Entrevista com Vampiro" (1994). O filme lhe rendeu uma indicação ao Globo de Ouro e papeis em sucessos como "Jumanji" e "Adoráveis Mulheres". Quando fez 20 anos já estava brilhando em "Homem-Aranha" (2002), tendo interpretado Mary Jane na trilogia. Kirsten fez filmes elogiados, seguiu trabalhando e está indicada ao Oscar 2022 por "Ataque dos Cães".

Publicidade

Plena, só falta o Oscar.

Veja também