Penn Badgley quer que "Você" se lembre de que Joe Goldberg é um sociopata e um assassino

"É difícil."

Alerta de spoiler: é melhor não ler se você ainda não assistiu a segunda temporada de "Você", da Netflix.

Agora que a "Você", da Netflix, foi lançada, as pessoas estão assimilando o que realmente aconteceu, e isso inclui o ator Penn Badgley, que estrela a série como Joe Goldberg.

Netflix

Publicidade

Mais uma vez, há spoilers a seguir sobre a segunda temporada:

Até Penn ficou chocado com o arco da segunda temporada: "Com esta temporada, na verdade foi uma surpresa para mim", disse ele à revista "Entertainment Weekly".

Beth Dubber / Beth Dubber/Netflix

Publicidade

"Eu só consegui concluir a segunda temporada porque pensei: 'Bem, pelo menos eles foram feitos um para o outro, no fim das contas.' Se eu tivesse que passar por uma segunda temporada sabendo que alguém morreria, seria difícil".

Beth Dubber / Beth Dubber/Netflix

Ele também ficou meio decepcionado com o fim, pelo menos a princípio: "Quando descobri o caminho que estava tomando, fiquei meio decepcionado porque, egoisticamente falando, eu queria uma resolução mais positiva".

Netflix

Publicidade

Então, ele mudou de ideia: "Mas, assim como a morte de Beck na primeira temporada, percebi que essa era a realidade mais precisa, mais reflexiva, a mais responsável no sentido: 'Não, Joe não merece ter isso.'"

Netflix

Penn também aproveitou a oportunidade para lembrar ao mundo que ninguém deveria torcer por Joe! "Joe não está procurando por amor verdadeiro", explicou. "Ele não é uma pessoa que só precisa de alguém que o ame. Ele é um assassino! Ele é um sociopata. Ele é abusivo. Ele é paranoico. E ele é narcisista."

Netflix

"Você não pode se enganar pensando que ele só precisa de uma pessoa que seja certa para ele. Ninguém é certo para ele! Então, na verdade, o fim é perfeito."

Netflix

"É assim que deve ser porque ele tem um problema irrefutável e se simplesmente fosse acabar do tipo 'eles foram feitos um para o outro, tudo o que ele precisava encontrar era alguém que também mate pessoas', isso não seria justiça. Eu acho que é um reflexo da realidade, porque não acredito que as pessoas que matam pensam: 'só preciso de alguém que também consiga fazer isso'".

Beth Dubber / Beth Dubber/Netflix

Então, sabe aquele final cuidadosamente fechado que quase tivemos ao final do último episódio? Bem, não espere que ele dure.

Netflix

Este post foi traduzido do inglês.