Pazuello não vai depor na CPI da Covid nesta quarta

E a desculpa parece aquela de criança: "o cachorro comeu a minha lição de casa".

Depois de muito vai e vem e muita enrolação, finalmente, no último dia 13 de abril foi instaurada a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19.

Sérgio Lima/ Poder 360 / Via static.poder360.com.br

A CPI tem o objetivo de investigar supostas irregularidades e omissões por parte do Governo federal durante a pandemia de Covid-19 no Brasil, e foi oficialmente instalada no Senado Federal no dia 27 de abril.

E nessa quarta (05), um dos escalados para depor na CPI da Covid era o ex-Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

O depoimento de Pazuello deveria acontecer amanhã, às 10h, segundo cronograma da CPI. Hoje, serão ouvidos Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich, também ex-ministros da saúde.

Publicidade

Mas Pazu meteu o famoso loko, e não vai!

Reprodução

Ele, que recentemente foi flagrado passeando num Shopping sem máscara, alegou que no final de semana teve contato com duas pessoas com Covid, e por isso, vai entrar em quarentena. A Senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) relembrou o fato: "Vai sem máscara pro shopping e não pode vir à CPI".

Pode ser verdade? Mas é claro.

Boris Zhitkov / Getty Images

E de acordo com as recomendações dos especialistas em saúde, quando alguém tem contato com uma pessoa que testou positivo para o Covid-19, é ideal que se mantenha o isolamento por 14 dias, tempo que dura, em média, o ciclo do vírus no organismo humano. Quanto a isso, zero críticas.

Mas vindo de quem veio, a desculpa pegou mal. Afinal, #EstamosdeOlho.

Publicidade

Você pode fazer um teste para descobrir qual seria a sua desculpa perfeita, caso você estivesse numa situação como essas.

Corre aqui! 

Publicidade