O trabalho da imprensa foi dificultado ao máximo na cobertura da posse do Bolsonaro

Os repórteres ficaram confinados por horas, com pouco acesso ao básico – como banheiro e água.

Publicidade

Publicidade

Publicidade