O torcedor brasileiro devia ser campeão mundial no protesto com deboche

O homem quando o seu time vai mal quer guerra com TODO MUNDO.

O torcedor brasileiro sempre mantém o tom agressivo, sem perder o deboche.

Reprodução

No dia 3 de maio de 2019, a diretoria do Flamengo se vangloriou, em nota, da conquista da Flórida Cup, mesmo com a torcida criticando as atuações do time. Em abril, o muro do clube foi pichado com os dizeres COPA MICKEY É O CARALHO, em referência a cidade-natal do Mickey. Em seguida, um diretor do clube foi à TV e disse que o protesto era político e não poderia ser feito por torcedores, porque Mickey tava escrito "certinho". Pra mostrar que o protesto ERA SIM de torcedores, a galera voltou lá e pichou o muro de novo, dessa vez com a palavra MICK e o deboche: "Agora foi político também"?

Não vale só xingar o jogador, tem que SAMBAR NA CARA DELE.

Reprodução

Em 2009, a torcida do Fluminense tava bem pistola com o time e, principalmente, com o Eduardo Ratinho. Para deixar claro sua insatisfação com as qualidades técnicas do jogador, um torcedor levou uma faixa ao treino do time com os seguintes dizeres: SE O RATINHO É JOGADOR, EU SOU ASTRONAUTA.

Publicidade

Publicidade

E além de passivo-agressivo, o torcedor também prova que é muito bom de memória

reprodução

Digamos que a torcida do Flamengo tem um apreço por protestos debochados. Ano passado, após empate pela Libertadores, a torcida pichou o muro do clube com "APROVEITEM O GPS E VÃO PRA PQP", em referência à uma entrevista do zagueiro Juan, que disse que o time estava correndo em campo e um GPS que estava com os jogadores poderia provar.

Protesto bom é protesto que cobra mudança imediata!

reprodução

Em 2005, revoltada com o comportamento dos jogadores fora de campo, a torcida do Atlético-MG criou um "canal de comunicação" pra coletar denúncias contra atletas baladeiros e já avisou: se o futebol está ruim, a balada vai ser vigiada. Não quero imaginar o que esses caras faziam quando ganhavam e jogavam bem...

Publicidade

O torcedor brasileiro, por mais revoltado que esteja, não perde a compostura - e o deboche.

Reprodução/Lance

Os árbitros não costumam ser tratados com tanto "carinho" pela torcida. Porém, em 2009, a torcida do Vasco decidiu tratar o árbitro Leonardo Gaciba com certo carinho e, após o juizão não marcar um pênalti a favor do clube, a torcida levou uma faixa ao estádio com a frase: "SR. GACIBA! DA PRÓXIMA VEZ, ROUBE COM MODERAÇÃO".

Mesmo assim, tem hora que nem as palavras conseguem expressar o sentimento do torcedor.

reprodução

Muitas vezes, a tristeza e a revolta é tanta que fica difícil expressar de forma clara. Mas a torcida do Bahia, cansada com a fase do time em 2014, pichou os muros do clube com a frase que melhor resume TUDO: "Não aguentamos mais".

Publicidade

Leia também

Quanto você manja de Campeonato Brasileiro?

Escrito por Raphael Evangelista • há 3 anos

Como eram os uniformes dos times de futebol em 1996 e hoje

Escrito por Raphael Evangelista • há 5 anos

16 provas de que o único signo do brasileiro é o deboche

Escrito por Victor Nascimento • há 3 anos

Veja também