O "Tá no Ar" parodiou "Chaves" para criticar o Bolsonaro e o pessoal ficou de cara

"Aí vem a Vila Militar do Chaves / Todos atentos no tocante ao 'tá OK'."

O destaque do "Tá no Ar" desta terça-feira (15) foi o quadro da Vila Militar do Chaves, cujo personagem principal, o Capitão, interpretado pelo Marcelo Adnet, é inspirado no presidente Jair Bolsonaro (PSL). Veja o vídeo na íntegra aqui:

O quadro começa com o Chaves aflito.

Globo / Via gshow.globo.com

Publicidade

Ela anuncia a chegada do novo manda-chuva do pedaço.

Globo / Via gshow.globo.com

E esta é a resposta da Chiquinha:

Globo / Via gshow.globo.com

Publicidade

O Capitão chega, fica sabendo que o Seu Madruga não tem emprego e decreta sua prisão.

Globo / Via gshow.globo.com

E o Seu Madruga faz esta referência nada sutil ao antecessor do Capitão.

Globo / Via gshow.globo.com

Publicidade

A Chiquinha e o Chaves começam a chorar, mas o Capitão não se sensibiliza.

Globo / Via gshow.globo.com

E logo depois o Chaves também se dá mal.

Globo / Via gshow.globo.com

A Dona Florinda aparece e tenta confrontar o Capitão, mas logo leva este combo:

Globo / Via gshow.globo.com

São referências a declarações da ministra Damares e do vice Mourão.

E o Capitão conclui o seguinte sobre o Quico:

Globo / Via gshow.globo.com

Na sequência, o professor Girafales chega e se apresenta.

Globo / Via gshow.globo.com

Mas é logo "desmascarado" pelo Capitão.

Globo / Via gshow.globo.com

E preso também, claro.

E no final tem até paródia da música-tema do Chaves.

Globo / Via gshow.globo.com