O que esperar da última temporada de 'Pose'?

Em sua estreia como colunista no Buzzfeed Brasil, Giovanna Heliodoro investiga os rumos da série que é marco para a comunidade LGBTQIA+

Divulgação

A minha estreia como colunista do "BuzzFeed Brasil" coincidiu com o lançamento da última temporada de uma das séries de drama mais aclamadas pela crítica, "Pose". Criada por Ryan Murphy, Brad Falchuk e Steven Canals, a série fez história na indústria do entretenimento ao apresentar o maior elenco de atores trans como personagens principais de uma trama.

Além do elenco majoritariamente formado por pessoas LGBTQIA+, a série possui também outros profissionais diversos em sua equipe técnica, como a escritora Janet Mock que dirigiu alguns episódios e se tornou a primeira mulher transexual negra a escrever e dirigir produções televisivas. O trabalho de Janet e de tantos outros ajudaram a série a ter um olhar humanizado sobre vivências diversas, criando narrativas que vão além da dor que atravessa pessoas trans. 


Janet Mock, roteirista de "Pose", preparou rumos interessantes para a história.

A roteiristsa Janet Mock
A roteiristsa Janet Mock

Rich Fury/Getty Images

A terceira temporada de "POSE" ainda não possui data confirmada para lançamento aqui o Brasil, mas no último dia 2 a série estreou nos Estados Unidos e já nos deixou ansiosos por aqui ao se tornar um dos assuntos mais comentados no Twitter. Enquanto nosso momento não chega, o que podemos esperar dos episódios finais? 

Ambientada em 1994, a série continuará explorando a Pandemia de HIV/AIDS que se tornou a principal causa de morte entre os estadunidenses de 25 a 44 anos. Foi diante deste contexto que a indústria farmacêutica passou a desenvolver medicamentos mais avançados para o tratamento, mas o acesso a esses remédios ainda era restrito e a série irá representar parte dos inúmeros protestos contra as empresas que detinham medicamentos vitais para o HIV na década de 1990 .


Publicidade

E Blanca Evangelista segue poderosa.

Divulgação

Em meio então a luta no tratamento do HIV, as tarefas como mãe e o seu trabalho como auxiliar de enfermagem, Blanca Evangelista ganha mais foco durante a última temporada junto a Pray Tell (Billy Porter) que terá sua saúde afetada. A história de ambos personagens promete ser ainda mais bem desenvolvida nos últimos episódios, assim como o relacionamento de Angel (Indya Moore) e Papi (Angel Bismark-Curie) também. 

Os Bailes de Vogue que marcaram as temporadas anteriores da série não ficaram de lado em meio a tantos acontecimentos, uma nova casa surgirá nas ballrooms e os membros da Casa Evangelista precisaram lutar para manter todo o seu legado. A atriz Mj Rodriguez, que interpreta a personagem Blanca, promete muitas emoções, música, lágrimas e dança durante essa reta final. 

E aí estão ansiosos para essa última temporada? O que vocês esperam dos episódios finais? 


Aqui dá para assistir o trailer e imaginar o que vem por aí.

Os dois primeiros episódios já saíram.

Publicidade

Veja também