O desfile do Ronaldo Fraga trouxe um monte de beijos para falar de amor e tolerância

Teve um verdadeiro beijaço na passarela.

O desfile do estilista Ronaldo Fraga na SPFW foi na terça (23) e passou uma mensagem de tolerância representada através de beijos, trocados por casais diversos.

A ideia foi falar de respeito, compreensão e convivência pacífica.

Uma das modelos tinha 84 anos!

Publicidade

O conceito da coleção nasceu quando ele estava em Israel, e sentou num café que prometia desconto para a mesa na qual sentassem um judeu e um árabe juntos.

Por isso o desfile aconteceu em volta de uma mesa posta e cheia de quitutes árabes e judaicos.

Publicidade

"Uma mesa posta sempre nos convidará a pôr as armas no chão. Numa mesa cabe mais que comida e bebida quando nela se senta o diverso", postou o estilista.

Em Tel Aviv, ele também ficou admirado ao ver que a cidade, além de ser um centro de coexistência de religiões, podia ser um lugar de aceitação para casais LGBTQ+.

Publicidade

Os looks também remetiam à cultura judaica mas misturada com elementos árabes.

E ele usou muito azul, uma cor que lembra a capital israelense que o inspirou.

Publicidade

Mas sem esquecer que estamos no Brasil: neste look o modelo usou uma camiseta da Seleção como tipoia.

Este outro look foi desfilado por um modelo amputado.

Publicidade

E na estampa deste vestido tem escritos sobrenomes de cristãos novos, os judeus fugidos da Europa que adotaram nomes diferentes para não serem perseguidos.

"O amor como manifesto de re-existência", definiu Ronaldo Fraga.

Publicidade

Veja também:

O desfile da LAB foi muito foda e estas fotos mostram o por quê

Parece que a moda emo pode voltar e eu não estou sabendo lidar

Veja também