Mayra Cardi achou que seria boa ideia divulgar jejum de sete dias

Ex-BBB planeja ainda ficar 12 e depois 40 dias sem comer. No país, 10% dos jovens têm transtorno alimentar, diz OMS

Você provavelmente já ouviu falar em Mayra Cardi.

Além de ser uma ex-BBB, ela virou coach de emagrecimento e alimentação de várias famosas.

No ano passado, ela ganhou as manchetes depois de acusar o marido, Arthur Aguiar, de traições.

Volta e meia Mayra publica fotos exibindo sua barriga negativa.

Essa imagem, na verdade, foi para divulgar o banheiro da casa nova.

Publicidade

Não é raro encontrar fotos mostrando a barriga fininha.

Publicidade

A opinião de um médico sobre a prática é a seguinte.

Em entrevista ao portal "Metrópoles", Mateus Barbosa de Queiroz, nutrólogo do Hospital Anchieta de Brasília, explicou que a prática do jejum precisa ser feita com acompanhamento de médicos especializados.

Para o médico, a prática, se feita por longos intervalos, pode trazer prejuízos: “Uma pessoa que passa longos períodos sem se alimentar pode até desenvolver alguma compulsão. O paciente pode ter perda de peso às custas de músculos do que às custas de gordura, o que é o oposto do que se deseja”.

Além disso, pode-se sofrer da Síndrome da Realimentação, que pode acarretar alterações neurológicas, sintomas respiratórios, arritmias e falência cardíaca.

Publicidade

Em vídeo divulgado em seu Instagram, Mayra jura que não vê problemas na prática.

Diz a coach: "Eu quero que um ser humano me apresente um artigo científico que comprove que jejum faz mal, ou seja ao contrário que aí sim eu mudo de opinião sem problema algum pq falar até papagaio fala quero ver provar o que fala! Mais uma vez não estou incentivando ninguém a NADA!"

Talvez alguns médicos, como o doutor Matheus, citado acima, discordem, Mayra.

Publicidade

Achou pouco? Mayra avisou que já planeja fazer um jejum de 12 e outro de 40 dias.

Lembra daquele povo que dizia viver de luz? Parece que temos uma nova versão disso.

Mayra, aliás, afirma que ficou sem comer por que, além de emagrecer, o jejum tem como objetivo a “elevação espiritual” e o “autoconhecimento”.

Talvez exibir a barriga "negativa" faça parte da jornada "espiritual".

A ex-BBB Mayra Cardi mostra barriga "negativa"
A ex-BBB Mayra Cardi mostra barriga "negativa"

Reprodução/Instagram

Publicidade

Em resposta a um seguidor, ela resolveu explicar a parte espiritual.

Fez todo o sentido, hein.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 4,7% dos brasileiros sofrem de distúrbios alimentares, no entanto, na adolescência, esse índice chega a até 10%.

Publicidade

É sempre importante lembrar: tratamentos para emagrecer ou dietas devem ser feitos com acompanhamento médico.

Não é no Instagram ou com influenciadores que divulgam produtos "milagrosos" que você vai encontrar soluções seguras.

Além disso, quão saudável é seguir pessoas quem ostentam a chamada "barriga negativa"? Se isso te faz ficar mal, DÊ UNFOLLOW JÁ.

E se alimentem direitinho, mores.

Em tempos de pandemia, fortalecer o sistema imunológico é importantíssimo! (Não esquece de comer frutas e legumes, tá?)

Publicidade

Veja também