Malas suspeitas de conter bomba em SP tinham apenas roupas

Mulher deixou bagagem na porta de um asilo e policiais fizeram cerco no centro de SP. Com Olimpíada no país, o risco de terror se tornou preocupação das autoridades.

Há 5 anos

Na desta quinta, duas estranhas malas deixadas perto da praça da República, em São Paulo, mobilizaram um grande aparato policial. A notícia de ameaça de bomba surgiu primeiro na Band, que contou que a polícia fez um cerco ao local.

Reprodução de internet / Via noticias.band.uol.com.br

Publicidade

Nas malas, contudo, só havia roupas de uma moça. Ela havia pedido a um idoso, morador de um asilo da rua, para tomar conta dos pacotes. Ela prometeu demorar 15 minutos, mas ficou horas sem aparecer.

Reprodução de internet

Publicidade

Então, os funcionários chamaram a Guarda Municipal para retirar a bagagem. A polícia apareceu e fez toda a operação cercando o local. A vizinhança é cercada por bares e hotéis.

Quando a polícia estava no meio da operação, o namorado da moça apareceu e levou a bagagem embora. Por volta das 19h, tudo já estava normalizado.

Tatiana Farah/BuzzFeed Brasil

Publicidade

Embora pareça exagero, em países que convivem com atentados terroristas, um volume abandonado sempre provoca este tipo de operação.

No Brasil, com a proximidade da Olimpíada, o risco de que o país seja alvo de um ataque se tornou uma das principais preocupações das autoridades.


Veja também