8 cineastas negros que você precisa conhecer

Dos pioneiros aos atuais, são artistas que se destacaram mundialmente na produção de obras audiovisuais.

1. Gordon Parks

Reprodução

Pioneiro. Muitas das fotografias da luta pelos direitos civis nos EUA foram tiradas por ele. Em 1969 se tornou o primeiro negro a dirigir um filme hollywoodiano, chamado “The Learning Tree”. Seu maior sucesso comercial foi “Shaft”, clássico absoluto do Blaxploitation.

2. Spike Lee

Reprodução

Iniciou seus trabalhos de forma independente e se autofinanciando, conseguindo entrar no circuito hollywoodiano de maneira inédita. De “Ela Quer Tudo” (1986) até hoje, registra nas telas os mais variados aspectos da vida da comunidade negra americana.

Publicidade

3. Ava DuVernay

Reprodução

A primeira mulher negra a ganhar o prêmio de direção do Sundance Film Festival (com “Middle of Nowhere”), a ser indicada ao Globo de Ouro de melhor direção e ao Oscar de melhor filme. Dirigiu sucessos comerciais como “Selma” e a série “Olhos que Condenam”

4. Joel Zito Araújo

Reprodução / Itaú Cultural

Lançou seu primeiro curta, “Memórias de Classe”, em 1989. Com seu primeiro longa de ficção, “Filhas do Vento” (2004), garantiu o prêmio de melhor diretor no Festival de Gramado. No documentário “A Negação do Brasil” (2000), analisa a representação do negro no audiovisual brasileiro.

Publicidade

5. Issa Rae

Danielle Levitt

Ela tem um rosto conhecido por seus trabalhos como atriz, mas sua atuação também acontece por trás das câmeras. Além de estrelar “Insecure”, sua série de maior sucesso, também é criadora, roteirista e produtora executiva.

6. Shonda Rhimes

Reprodução

Diretora, produtora, roteirista e fundadora da produtora Shondaland. Em seu currículo está a criação de fenômenos da cultura pop mundial como “Scandal”, “How To Get Away With Murder” e “Grey’s Anatomy”.

Publicidade

7. Don Letts

Mr. Iain Anderson

Do setor alternativo, é responsável pelos maiores registros da subcultura no mundo. Dirigiu os documentários “Punk: Attitude” e “The Story of Skinhead”. Em “Dancehall Queen”, exibe o estilo de vida das dançarinas da Jamaica nos anos 1990.

8. Barry Jenkins

John Edmonds

Além do sucesso em outras produções, dirigiu “Moonlight” (2016), um marco na história do cinema. O primeiro filme com elenco totalmente negro e também o primeiro com temática LGBT a receber o Oscar de melhor filme, principal premiação da noite.

Publicidade

Texto de Jun Alcantara.

Veja também