Lamento informar, mas "beijar de língua" pode aumentar o risco de pegar gonorreia

Se isso for confirmado por outros estudos, os pesquisadores disseram que isso poderia abrir novas opções preventivas para a gonorreia da garganta, como o antisséptico bucal.

A maioria das campanhas de saúde pública sobre a prevenção da disseminação da gonorreia da garganta se concentra nos órgãos genitais, mas pesquisadores australianos descobriram que a infecção também pode se espalhar através de "beijos de língua".

Lisa Maree Williams / Getty Images

Kath Day-Knight e Kel Knight.

Publicidade

"Nós entrevistamos mais de 3 mil homens gays e bissexuais no Centro de Saúde Sexual de Melbourne e descobrimos que o beijo é associado à gonorreia da garganta", disse o epidemiologista e coautor do estudo, Eric Chow, ao BuzzFeed News.

Publicado no mês de maio na Sexually Transmitted Infections, uma revista oficial da Associação Britânica de Saúde Sexual e HIV, o estudo mostra a primeira evidência empírica de que a gonorreia pode ser transmitida da garganta de um homem para a garganta de outro homem através do beijo de língua.

Antes, geralmente se acreditava que só se podia pegar gonorreia orofaríngea ao entrar em contato com um pênis ou ânus infectado, não a orofaringe de outro homem (a parte da garganta no fundo da boca, atrás da cavidade oral).

Chow disse que os resultados sugerem que beijar com ou sem sexo pode ser um fator de risco para a infecção, mas tem que ser bem mais do que um beijo na bochecha.

"É preciso tempo suficiente para haver uma troca de saliva entre os indivíduos", disse ele. "Como um beijo de língua."

As cepas de gonorreia resistentes a antibióticos estão se tornando mais comuns em muitos países, gerando preocupações de que a infecção se tornará cada vez mais difícil de tratar.

"Estamos ficando sem antibióticos para tratá-la", disse Chow. "Há casos de gonorreia resistente a antibióticos não só na Austrália, mas ela está emergindo como um problema de saúde pública global, pois pode se tornar intratável."

A gonorreia pode ser transmitida através do sexo anal, vaginal ou oral, mesmo sem sintomas.

Getty

Uma ilustração de diplococos das bactérias Neisseria gonorrhoeae e gonoccoccus que causam gonorreia.

Publicidade

A gonorreia pode infectar a garganta, o ânus, a uretra, o colo do útero e os olhos. Ela pode ser diagnosticada por meio de uma amostra de urina ou da área infectada e é tratada com antibióticos.

Embora as campanhas de saúde pública para conter a disseminação da gonorreia da garganta entre homens gays e bissexuais tenham se concentrado em promover o uso do preservativo, Chow disse que o estudo poderia abrir outras opções preventivas, como o antisséptico bucal.

"Se você pode pegar gonorreia [da garganta] ao beijar sem fazer sexo, isso significa que, mesmo usando preservativo, você pode não estar protegido", disse ele.

"Estamos fazendo um ensaio clínico em Melbourne e Sydney [para o qual recrutamos] 500 homens gays e bissexuais para avaliar a eficácia do uso diário de antisséptico bucal na prevenção da gonorreia."

Este post foi traduzido do inglês.

Veja também:

Você manja coisas muito básicas sobre sexo?

Escrito por Davi Rocha • há 4 anos

A Man Has "Super Gonorrhea" And It's As Bad As It Sounds

Escrito por Theresa Tamkins • há 3 anos

Quantas destas 100 coisas para fazer no sexo antes de morrer você já fez?

Escrito por Victor Nascimento • há 3 anos

"Untreatable" Gonorrhea Is Most Definitely Becoming A Thing

Escrito por Azeen Ghorayshi • há 4 anos

The Man With "Super Gonorrhea" Was Cured, But Not Everyone In The US Is Getting The Right Antibiotics

Escrito por Theresa Tamkins • há 3 anos

15 fatos sobre vagina que você nem imagina

Escrito por Juliana Kataoka • há 4 anos

Straight People Living In Major Cities Can't Stop Giving Each Other Gonorrhoea

Escrito por Gina Rushton • há 4 anos

11 conselhos que fizeram do “Ponto Pê” o programa de sexo mais legal da história

Escrito por Davi Rocha • há 4 anos

27 histórias de sexo que vão te fazer feliz por transar pouco

Escrito por Davi Rocha • há 3 anos

Publicidade


Veja também