Lady Gaga falou sobre seus problemas com saúde mental, e é triste, mas verdadeiro

"Minha maior inimiga é a Lady Gaga."

Aviso: Esta publicação contém referências a automutilação e suicídio.

Se você já ouviu "Chromatica", provavelmente sabe que essa era da Lady Gaga é muito sincera sobre seus momentos sombrios.

Dimitrios Kambouris / Getty Images

Publicidade

Bem, em uma nova entrevista para o "Sunday Morning", da CBS, Gaga foi bastante sincera sobre sua saúde mental.

“Eu desisti completamente de mim mesma. Eu odiava ser famosa, odiava ser uma estrela, me sentia exausta e esgotada”, começou ela.

CBS Sunday Morning

Publicidade

“'Minha maior inimiga é a Lady Gaga', era isso que eu estava pensando — minha maior inimiga é ela. 'O que você fez?'"

CBS Sunday Morning

"Você não pode mais ir ao mercado. Se você vai jantar com sua família, alguém vem na mesa. Você não pode jantar com sua família sem ser o centro das atenções, é sempre você no centro de tudo. O tempo todo você é o centro das atenções. E suas roupas, olhe só as roupas que você usa. Por que você tem que ser assim?"

Mais ou menos na época em que "Joanne" foi lançado, as coisas pioraram. “Se você tem problemas mentais, nem sempre é fácil deixar os outros verem. Eu costumava mostrar, eu costumava me machucar, eu dizia: 'Olha, eu me cortei, veja como estou sofrendo'. Porque achei que ninguém pudesse ver — porque a saúde mental é invisível."

Behrouz Mehri / Getty Images

Publicidade

"Eu realmente não entendia por que deveria viver se não fosse para ficar ao lado da minha família", observou ela. "Por que eu deveria ficar por aqui?"

CBS Sunday Morning

"Por alguns anos, morei em uma casa em que as pessoas me vigiavam para garantir que eu estava segura."

Sobre desistir da música e da fama, ela diz que não era uma opção. “Juro pelos meus futuros filhos, não sei por quê, mas preciso fazer isso”, continuou ela. "Acontece que, mesmo que eu não queira estar viva, ainda sei como escrever uma música."

Lady Gaga / Via instagram.com

Publicidade

Felizmente, as coisas parecem estar muito melhores agora. “Eu não odeio mais a Lady Gaga. Encontrei uma maneira de me amar novamente, mesmo quando achei que isso nunca iria acontecer."

Lady Gaga / Via instagram.com

No Brasil, você pode entrar em contato com o Centro de Valorização da Vida através do número 188. É possível acessar www.cvv.org.br para chats ou ligações de vídeo, e informações para ligações gratuitas. Em caso de suspeita de conhecidos ou familiares, busque mais informações em https://saude.gov.br/saude-de-a-z/suicidio.

Publicidade

Este post foi traduzido do inglês.

Leia mais

Qual look do clipe de 911 é você?

Escrito por Matheus Saad • há um ano

Você só pode salvar um clipe de cada era da Lady Gaga

Escrito por Matheus Saad • há um ano

Responda duas perguntas e diremos qual música do Chromatica é você

Escrito por Matheus Saad • há um ano

Planeje um casamento e diremos qual diva pop será sua madrinha

Escrito por Matheus Saad • há 2 anos

Publicidade

Veja também